Under a Blood Red Sky

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Este artigo é sobre o álbum ao vivo. Para o filme-concerto, ver Live at Red Rocks: Under a Blood Red Sky.
Under a Blood Red Sky
U2 - Under a Blood Red Sky.jpg
Álbum ao vivo de U2
Lançamento 7 de novembro de 1983
Gravação 6 de maio de 1983 — 20 de agosto de 1983, Effanel Mobile
Gênero(s) Rock, pós-punk
Duração 35:29
Gravadora(s) Island Records
Produção Jimmy Iovine
Cronologia álbuns ao vivo de U2
Hasta la Vista Baby!
(2000)
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3.5 de 5 estrelas.[1]
Pitchfork Media 9.0/10[2]
Robert Christgau A-[3]
Rolling Stone 4 de 5 estrelas.[4]

Under a Blood Red Sky é um mini-LP de músicas ao vivo da banda de rock irlandesa U2, produzido por Jimmy Iovine e lançado em 7 de novembro de 1983. Junto com o filme-concerto, Live at Red Rocks: Under a Blood Red Sky, o lançamento ajudou a estabelecer a reputação do U2 como uma banda ao vivo, fazendo da banda um gênero musical de college rock.

História[editar | editar código-fonte]

O álbum é composto por gravações ao vivo de três shows da banda durante a War Tour de Colorado, em Boston, e na Alemanha. Em destaques do álbum, inclui a versão de "Sunday Bloody Sunday" (famosa por Bono introduzir com as palavras, "esta não é uma canção de rebeldia") e um animado b-side, "Party Girl".

Um vídeo que o acompanha, intitulado Live at Red Rocks: Under a Blood Red Sky foi lançado no ano seguinte. Ao contrário do álbum, o filme foi gravado inteiramente no exterior do "Red Rocks Amphitheatre" em 5 de junho de 1983. O desempenho da banda de "Sunday Bloody Sunday" do filme tem sido citado como uma dos "50 momentos que mudaram a história do rock n' roll".

O título é tirado da letra da canção "New Year's Day", lançado originalmente no álbum, War. Mais tarde, foi lançado em CD remasterizado em 29 de setembro de 2008.[5]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções foram escritas e compostas pelo U2, com letras de Bono.

Lado 1
N.º TítuloGravado em Duração
1. "Gloria"  Denver, Colorado, em 5 de junho de 1983 4:32
2. "11 O'Clock Tick Tock"  Boston, Massachusetts, em 6 de maio de 1983 4:34
3. "I Will Follow"  Sankt Goarshausen, Alemanha, em 20 de agosto de 1983 3:36
4. "Party Girl"  Denver, Colorado, em 5 de junho de 1983. 2:52
Lado 2
N.º TítuloGravado em Duração
1. "Sunday Bloody Sunday"  Sankt Goarshausen, Alemanha, em 20 de agosto de 1983 4:55
2. "The Electric Co."  Sankt Goarshausen, Alemanha, em 20 de agosto de 1983 5:18
3. "New Year's Day"  Sankt Goarshausen, Alemanha, em 20 de agosto de 1983 4:29
4. "40"  Sankt Goarshausen, Alemanha, em 20 de agosto de 1983 3:36

Durante a gravação de "The Electric Co.", Bono incluiu um snippet com 27 segundos de Stephen Sondheim da canção "Send in the Clowns". No Under a Blood Red Sky, o U2 não conseguiu obter permissão e pagar o licenciamento adequado e taxas de royalty para incluir esse pedaço de música de Sondheim no álbum. Quando Sondheim opôs, a banda concordou em pagar multa de $50.000 (US) para a utilização não autorizada e para pressionar todas as versões futuras com uma nova versão que inclui o trecho.

Basicamente, existem agora duas versões do disco de vinil: o original de "The Electric Co.", com duração de 5:18 e a versão editada de 4:51. No entanto, os vários CDs prensados em todo o mundo variam as versões da canção que estão incluídos.

  • O CD digipack com três dobras prensado nos Estados Unidos com listas corretas de "The Electric Co." às 4:51 e contém a versão editada da música.
  • Posteriormente, as prensagens nos Estados Unidos do CD em formato padrão com listas incorretas de "The Electric Co." às 5:18, mas contém a versão editada da música.
  • Algumas prensagens, e talvez todos os CDs europeus com a lista correta de "The Electric Co." às 5:18 e tem uma versão não editada da música (o mesmo é provavelmente verdadeiro de outras prensagens do CD em todo o mundo).
  • Uma prensagem do CD australiano com as trilhas em listas de 4:57, mas a música realmente executa os 5:18.
  • Todas as edições remasterizadas contém a versão editada da música.

Paradas e certificações[editar | editar código-fonte]

Pessoal[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Erlewine, Stephen Thomas. «Under a Blood Red Sky - U2». Allmusic. Consultado em 12 de agosto de 2011. 
  2. Plagenhoef, Scott (29 de setembro de 2008). «Album Reviews: U2: Under a Blood Red Sky». Pitchfork Media. Consultado em 12 de agosto de 2011. 
  3. Christgau, Robert. «U2 – Consumer Guide Reviews». robertchristgau.com. Consultado em 13 de outubro de 2009. 
  4. Connelly, Christopher (19 de janeiro de 1984). «Music Review: Under a Blood Red Sky». Rolling Stone (413). Consultado em 5 de fevereiro de 2012. 
  5. «LIVE AT RED ROCKS AND UNDER A BLOOD RED SKY». U2.com. 11 de agosto de 2008. Consultado em 27 de fevereiro de 2011. 
  6. Music line.de - U2
  7. Australian charts
  8. Ultratop.be (Flanders)
  9. Ultratop.be (Valônia)
  10. Spanish charts
  11. Dutch charts
  12. Charts.org.nz
  13. Portuguese charts
  14. Swedish charts
  15. "Under a Blood Red Sky" (03-12-1983). Página visitada em 05-02-2012.
  16. U2 Album & Song Chart History (06-06-1987).
  17. Catalog Albums (18-10-2008).
  18. "Gold-/Platin-Datenbank (U2; 'Under%a%Blood%Red%Sky'" (em alemão). Bundesverband Musikindustrie.
  19. "CRIA Certification Results: U2" (17-05-1988).
  20. "Under a Blood Red Sky - RIAA"
  21. "Certifications Albums Platine – année 1995" (em francês). Disque en France. Syndicat National de l'Edition Phonographique.
  22. "TOP 40 OFFICIAL UK ALBUMS ARCHIVE – 3rd December 1983" The Official UK Charts Company.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]