Melon: Remixes for Propaganda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Melon: Remixes for Propaganda
Álbum de remixes de U2
Lançamento 30 de março de 1995
Gênero(s) Dance
Duração 58:04
Gravadora(s) Island
Produção Nick Angel
Cronologia de coletâneas musicais de U2
Medium, Rare & Remastered
(2009)

Melon: Remixes for Propaganda é uma compilação de remixes pela banda de rock irlandesa U2, lançada exclusivamente para os membros do fã clube da banda, Propaganda, na primavera de 1995. Alguns dos remixes estavam disponíveis anteriormente em singles e alguns têm sido relançados em singles coletâneas posteriores, enquanto alguns permanecem exclusivos para este jogo. O título "Melon" é um anagrama de "Lemon", que é uma referência a uma canção do U2 com o mesmo nome que aparece em duas faixas do álbum.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

A ideia por trás do álbum começou quando o vocalista da banda, Bono, reclamou como as pessoas não dançam a música do U2. O álbum foi então criada para o desenvolvimento da música experimental da banda e, "as pessoas mudam suas percepções sobre o que pensar do U2".[1] Antes de sua liberação, os rumores sobre o novo álbum circulou por três anos. Com exceção de cópias enviadas para as estações de rádio, veículos impressos e amigos da banda, Melon só foi distribuída aos assinantes da revista oficial do U2, Propaganda. Na época do lançamento, Propaganda tinha cerca de 35.000 inscritos, e menos de 50.000 cópias de Melon foram pressionados para o lançamento. Para aqueles que não eram membros da revista, o álbum foi obtida por inscrever-se para um ano de subscrição de Propaganda por US$18 nos Estados Unidos, até que os suprimentos estavam exaustos.[2] O álbum raridade, tornou-se um item de colecionamento, com vendas de cópias em eBay para £30 depois em 2010.[3]

Melon gerou inúmeras imitações de bootleg e foi amplamente pirateado em si. Vários lançamentos, conhecidos como "fruitlegs" ou "fruitboots", foram lançados como compilações de remixes oficiais e não oficiais de várias músicas do U2.[4] Apesar de que dizem ser oficial com o "Remixed for Propaganda" de legendas e direitos autorais falsos, apenas Melon foi aprovado pela banda e lançado através do fã-clube.

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as letras escritas por Bono (exceto "Numb", por The Edge), todas as músicas compostas por U2.

N.º TítuloRemixado por: Duração
1. "Lemon" (The Perfecto mix)Paul Oakenfold, Steve Osborne 8:57
2. "Salomé" (Zooromancer remix)Pete Heller, Terry Farley 8:02
3. "Numb" (Gimme Some More Dignity mix)Rollo, Rob Dougan 8:47
4. "Mysterious Ways" (The Perfecto mix)Paul Oakenfold, Steve Osborne 7:07
5. "Stay (Faraway, So Close!)" (Underdog mix)Underdog 6:45
6. "Numb" (The Soul Assassins mix)Soul Assassins 3:58
7. "Mysterious Ways" (Massive Attack remix)Massive Attack 4:50
8. "Even Better Than the Real Thing" (The Perfecto mix)Paul Oakenfold, Steve Osborne 6:39
9. "Lemon" (Bad Yard Club mix)David Morales 8:36
Duração total:
58:04

"Lemon (The Perfecto Mix)" já apareceu em singles de "Lemon" e "Stay (Faraway, So Close!)". "Lemon (Bad Yard Club Mix)", também apareceu single de "Lemon" "Salomé (Zooromancer Remix)" apareceu pela primeira vez no single "Who's Gonna Ride Your Wild Horses". "Mysterious Ways (The Perfecto Mix)" era um b-side do single de "Mysterious Ways", enquanto que "Even Better Than the Real Thing (The Perfecto Mix)" foi lançada no single de "Even Better Than the Real Thing".

"Numb (Gimme Some More Dignity Mix)", "Stay (Underdog Mix)", "Numb (The Soul Assassins Mix)", e "Mysterious Ways (Massive Attack Remix)", foram todas as faixas inéditas, embora "Numb (The Soul Assassins Mix)" fosse incluída como b-side do single "Last Night on Earth". "Salomé (Zooromancer Remix)", "Even Better Than the Real Thing (The Perfecto Mix)", e "Numb (Gimme Some More Dignity Mix)" foram posteriormente incluídos no disco 2 da coletânea The Best of 1990-2000.

Promo[editar | editar código-fonte]

Além do álbum em CD, a Island Records também lançou oficialmente 4 músicas de vinil de 12" para disc jockeys.[5]

N.º Título Duração
1. "Salomé" (Zooromancer remix) 8:02
2. "Numb" (The Soul Assassins mix) 3:58
3. "Numb" (Gimme Some More Dignity mix) 8:47
4. "Lemon" (Bad Yard Club mix) 8:36

Recepção[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3 de 5 estrelas.[6]

Quando cópias promocionais de Melon foram distribuídas à imprensa, a Island Records pediu que ouvisse o álbum, porém que não publicasse uma resenha. No entanto, foram fornecidos alguns comentários sobre a versão. A Austin American-Statesman mencionou como algumas músicas só manteve uma característica musical, como a faixa vocal ou riff de guitarra, e declarou como os remixes eram "tão radicalmente desconstruídas que o original pode ser difícil de reconhecer".[7] A The Washington Post declarou como o baixista Adam Clayton e o baterista Larry Mullen Jr. foram "praticamente varrido das faixas" e substituída por bateria eletrônica e, o som de guitarra comum de The Edge e a voz de Bono foram bastante modificados. O Post também tinha um número de telefone em que os leitores poderiam chamar para ouvir o estilo do álbum.[1]

Pessoal[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Harrington, Richard (8 de fevereiro de 1995). «A Gift for U2 Fans». The Washington Post: B7 
  2. «U2 gives its fans a nine-track present». San Jose Mercury News: 3C. 23 de janeiro de 1995 
  3. Michaels, Sean (19 de março de 2010). «U2 's remix album on the horizon». guardian.co.uk. Consultado em 11 de fevereiro de 2011 
  4. «Fakes: Fruit Boots». U2Wanderer.org. Consultado em 11 de fevereiro de 2011 
  5. «Melon (Promo)». U2Wanderer.org. Consultado em 10 de janeiro de 2009 
  6. Allmusic review
  7. McLeese, Don (31 de janeiro de 1995). «Album shows breadth of Sir Douglas' blues». Austin American-Statesman: D5 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]