Uniformitarismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

[1] O uniformitarismo é princípio científico originalmente proposta por James Hutton, que é considerado um dos precursores da geologia moderna. A teoria uniformitarista baseia-se na reprodução uniforme das dados observáveis em fenómenos geológicos atuais, para a interpretação da ocorrência destes fenómenos no passado. Seus primeiros defensores procuravam refutar o Catastrofismo.

Os princípios da teoria são:

Assim, James Hutton concluiu que "...em nossas investigações não logramos encontrar nenhum indício de um começo e nenhum vestígio de um fim...".

As leis da natureza são constantes. O estudo dos processos geológicos atuais permite interpretar a evolução geológica, "encaixando" os registos geológicos impressos nas rochas e em suas estruturas como em um quebra-cabeças.

A teoria do uniformitarismo foi posteriormente desenvolvida por Charles Lyell e corroborada por Charles Darwin através do estudo do evolucionismo.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Geologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. FARIA, Felipe. . "O Atualismo entre uniformitaristas e catastrofistas". Revista da Sociedade Brasileira de História da Ciência. DOI:2176-3275 ISSN: 2176-3275. Visitado em 23 de fevereiro de 2015.