Ana de Cleves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ana
Rainha Consorte da Inglaterra
Reinado 6 de janeiro de 1540
a 9 de julho de 1540
Predecessora Joana Seymour
Sucessora Catarina Howard
Marido Henrique VIII de Inglaterra
Casas La Marck (por nascimento)
Tudor (por casamento)
Pai João III de Cleves
Mãe Maria de Jülich-Berg
Nascimento 22 de setembro de 1515
Düsseldorf, Ducado de Berg, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 26 de julho de 1557 (41 anos)
Mansão de Chelsea, Londres, Inglaterra
Enterro 2 de agosto de 1557
Abadia de Westminster, Londres, Inglaterra
Assinatura

Ana de Cleves (22 de setembro, 1515[1] - 16 de julho, 1557) foi a quarta rainha consorte de Henrique VIII de Inglaterra por seis meses em 1540.

Vida[editar | editar código-fonte]

Ana nasceu em Düsseldorf, filha de João III, Duque de Cleves, líder de um dos estados germânicos pioneiros na implementação do Movimento Protestante. A posição de Cleves face à Igreja Católica tornava-o num potencial aliado para Henrique VIII, chefe da recentemente criada Igreja Anglicana, em 1533. A união era diplomaticamente valiosa e foi defendida entre outros por Thomas Cromwell, chanceler do reino. O pintor Hans Holbein, o Jovem foi então contratado para efectuar um retrato de Ana (imagem ao lado), cujo resultado em muito agradou a Henrique VIII. Quando Ana chegou à Inglaterra, ficou evidente o talento de Holbein, pois a pintura superava o modelo em atributos físicos. Ana não era uma mulher bonita e tinha a cara coberta de cicatrizes de varíola, prontamente disfarçadas no retrato. Henrique VIII ficou desconsolado com a escolha da noiva desde o primeiro momento, mas apesar disso casou com Ana a 6 de Janeiro de 1540, em Greenwich. Uma das aias designadas para Ana foi Catarina Howard, uma jovem de quinze anos com quem o rei iniciou uma relação amorosa quase de imediato. O casamento com Ana foi anulado a 9 de Julho do mesmo ano, com base na não consumação, e pouco depois Henrique VIII casou com Howard. Ana decidiu ficar em Inglaterra e foi generosamente recompensada pelo incómodo do divórcio. Henrique VIII conferiu-lhe uma pensão, o usufruto do Castelo de Hever e os títulos de Princesa de Inglaterra e Irmã do Rei. No fim da vida, Ana converteu-se ao Catolicismo e tornou-se confidente das enteadas Maria e Isabel. Ela está enterrada na Abadia de Westminster.

Na mídia popular[editar | editar código-fonte]

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Alison Weir, Britain's Royal Family: A Complete Genealogy (London, U.K.: The Bodley Head, 1999), page 154.


Ana de Cleves
Casa de La Marck
22 de setembro de 1515 – 16 de julho de 1557
Precedida por
Joana Seymour
Coat of Arms of Anne of Cleves.svg
Rainha Consorte da Inglaterra
6 de janeiro de 1540 – 9 de julho de 1540
Sucedida por
Catarina Howard


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ana de Cleves