Associação Atlética Coruripe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Coruripe
Escudocoruripe.png
Nome Associação Atlética Coruripe
Alcunhas Hulk
Hulk Praiano
Verdão Praiano
Torcedor/Adepto Coruripense
Mascote Hulk
Fundação 1 de março de 2003 (11 anos)
Estádio Municipal Gerson Amaral
Capacidade 7.000
Localização Coruripe, Alagoas AL,  Brasil
Presidente Brasil Alfredo Raildo
Treinador Brasil Jaelson Marcelino
Patrocinador Brasil Prefeitura de Coruripe e Usina Coruripe
Material esportivo Brasil Onza
Competição Alagoas Campeonato Alagoano
Brasil Copa do Brasil
BandeirasNordesteBrasil.gif Copa do Nordeste
Brasil Campeonato Brasileiro de Futebol
Divisão Alagoas Primeira Divisão
Brasil Série D
Website Site
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A Associação Atlética Coruripe ou simplesmente Coruripe, é um clube brasileiro de futebol da cidade de Coruripe, no litoral Sul do Estado de Alagoas. Foi fundado no dia 1º de março de 2003 e suas cores são verde e branco. Atualmente é a 4ª maior força do futebol alagoano.

História[editar | editar código-fonte]

Como tudo começou[editar | editar código-fonte]

Em 2002, a cidade de Coruripe foi convidada para disputar o campeonato de futebol da AMA (Associação dos Municípios de Alagoas). O convite foi aceito, e logo depois foi montada a Seleção Coruripense, que entrou no torneio sem grandes pretensões mas aos poucos conseguiu avançar e ao final saiu com o merecido título. No ano seguinte, em 2003, a Seleção Coruripense voltou ao campeonato da AMA, voltou a fazer uma boa campanha e ficou com terceiro lugar. Ainda em 2003, Um homem de Teotônio Vilela, cidade vizinha, resolveu pedir o campo da Seleção Coruripense emprestado para que seu time, o Teotônio disputa-se o Campeonato Alagoano da 2ª divisão profissional. O responsável, Roswellington Tavares "O Pato" relatou para o então secretário de esportes da época, Maykon Beltrão.[1]

A fundação[editar | editar código-fonte]

Maykon Beltrão vendo a possibilidade de uma equipe profissional na cidade, se juntou com o pai, Sr. João Beltrão e os mesmos tiveram a iniciativa de também colocar uma equipe para a disputar a segunda divisão. Um dos fatos que mais pesou na decisão dos gestores, foi o grande número de espectadores que acompanhavam as partidas do time amador. Com um time profissional, a cidade ganharia mais visibilidade no estado, além servir como uma forma de lazer para a população.

Com apoio e dicas do Clube/Empresa Corinthians-AL, que ajudou a inexperiente diretoria a aprender um pouco sobre o mundo do futebol. O Coruripe começou a se planejar e montou um time forte, já visando o acesso a elite do futebol alagoano.[1]

Estreia oficial[editar | editar código-fonte]

No dia 15 de junho de 2003 a Associação Atlética Coruripe entrou em campo pela primeira vez para disputar uma partida oficial. A partida aconteceu diante do Bandeirante no Estádio João Carvalho em Maceió, pela primeira rodada do grupo A da Segundona 2003. Em campo o Coruripe venceu por 2x0, com dois gols marcados pelo jogador Araújo (Vovô), aos 21 e 39 minutos do segundo tempo, cravando assim seu nome na história do verdão.[1]

Principais fatos históricos[editar | editar código-fonte]

Apesar da pouca idade o Coruripe é um dos times mais vitoriosos do interior no futebol alagoano.

Em sua partida de estréia o Hulk Praiano venceu o Bandeirantes de Maceió por 2x0 pelo Campeonato Alagoano da 2ª Divisão de 2003. Naquele mesmo ano o Coruripe foi a final e de forma inédita conseguiu o título e o acesso a elite do futebol alagoano.

Em 2004, o Coruripe entrou com status de desconhecido no Campeonato Alagoano e conseguiu surpreender a todos chegando na final e sendo derrotado pelo Corinthians. Em 2005, o Hulk Praiano repetiu o feito do ano anterior chegando nas finais. Só que mais uma vez o Coruripe bateu na trave e amargou mais um Vice-Campeonato, após 2 empates nas finais com o ASA de Arapiraca.

Em 2006, o Coruripe finalmente se sagrou campeão alagoano pela primeira vez em sua história, ao vencer o CSA por 6 a 5 nas cobranças de penalidades. A decisão ocorreu no dia 21 de junho, no Estádio Municipal Gerson Amaral. O zagueiro Luciano Silva converteu em gol a última cobrança de pênalti, que deu o título ao Coruripe.

No dia 22 de abril de 2007, ao vencer, na casa do adversário, o Corinthians por 2 a 0 (gols de Alexsandro e Luciano Rosa), o alviverde conquista seu segundo título estadual, com duas rodadas de antecipação, sem a necessidade de haver uma final. Isto porque o Coruripe venceu os dois turnos do Campeonato Alagoano.

Em 2012, O Hulk Praiano ganhou destaque nacional após enfrentar o Palmeiras pela Copa do Brasil. Naquele mesmo ano o clube fez sua pior campanha e acabou sendo rebaixado no Campeonato Alagoano.

Em 2013, O Coruripe deu a volta por cima, foi Vice-Campeão da Segundona e voltou a elite do futebol alagoano.

Em 2014 o Hulk deu a volta por cima superou tudo e todos, chegou na final do campeonato e conseguiu ser campeão em cima do CRB.

Atualmente, o Coruripe é dono de uma das maiores torcidas do interior alagoano, sendo a 2° maior do interior, atrás apenas da torcida do ASA de Arapiraca.

Símbolos[editar | editar código-fonte]

Mascote[editar | editar código-fonte]

HULK PRAIANO

O "Incrível Hulk" é um dos personagens mais famosos das histórias em quadrinhos. Foi o super-herói da segunda série de histórias criada por Jack Kirbye Stan Lee, em 1962. Por ser verde e demonstrar uma grande força de uma hora para outra, o Hulk se transformou no Mascote/Alcunha da Associação Atlética Coruripe. Com uniforme alviverde, início arrasador e torcida fiel, o apelido de “Hulk” foi inevitável. Em 2004 quando disputou o Alagoano Profissional pela primeira vez, o Coruripe entrou como "azarão", questionado pela imprensa alagoana o time foi demonstrando uma força incrível e chegou ao vice-campeonato.

Como surgiu o apelido Hulk

Tudo começou graças ao torcedor Ricardo Brito dos Santos um morador de Coruripe. Ricardo funcionário público na cidade. Entre uma folga e outra, decidiu comparecer aos jogos da equipe fantasiado e distribuir pirulitos à torcida, ainda pela segunda divisão do futebol alagoano, em 2003. Até que, com ajuda de um amigo, teve a grande ideia de se fantasiar de Hulk para homenagear o Alviverde. A fantasia pegou, o apelido também, e Ricardo era tradição nas partidas da equipe em casa.

Hino[editar | editar código-fonte]

"Alviverde eu sou
Com todo o meu amor
Coruripe eu sou
Por que ele retribui o meu amor

Na Segundona em 2003
O Coruripe, foi a grande sensação
Pois jogando o fino da bola
Foi fazendo escola
Vai ser nosso campeão...

Alviverde eu sou
Com todo o meu amor
Coruripe eu sou
Por que ele retribui o meu amor

Com Bira e Beltrão no comando
E o açúcar Coruripe no coração
A seleção alviverde vai ganhar
O passaporte pra Primeira Divisão

Alviverde eu sou
Com todo o meu amor
Coruripe eu sou
Por que ele retribui o meu amor"

Letra: Clyton Houly.

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Goleiros
Jogador
Brasil Rodrigão
Brasil Batista
Defensores
Jogador Pos.
Brasil Williames José Z
Brasil Anderson Z
Brasil Renato L
Brasil George L
Brasil Fabrício L
Meio-campistas
Jogador Pos.
Brasil Luís Mário V
Brasil Jair V
Brasil Jota V
Brasil Mazinho V
Brasil Léo Maceió V
Brasil Thúlio V
Brasil Tiago Lima M
Brasil João Paulo M
Brasil Deyvinho M
Atacantes
Jogador
Brasil Casagrande
Brasil Ivan
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Wantuill Rodrigues T

Títulos[editar | editar código-fonte]

ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
Alagoas Campeonato Alagoano 3 2006, 2007 e 2014
Alagoas Campeonato Alagoano - Segunda Divisão 1 2003
Alagoas Torneio Início de Alagoas 1 2004

Destaques[editar | editar código-fonte]

Desempenho em competições[editar | editar código-fonte]

Alagoas Campeonato Alagoano - 1ª divisão[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
2004 (Vice-Campeão)
2005 (Vice-Campeão)
2006 (CAMPEÃO)
2007 (CAMPEÃO)
2008
2009
2010
2011 (Vice-Campeão)
2012 (Rebaixado)
2014 (CAMPEÃO)
2015 -

Alagoas Campeonato Alagoano - 2ª divisão[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
2003 (Campeão e Promovido)
2013 (Vice-Campeão e Promovido)

BandeirasNordesteBrasil.gif Copa do Nordeste[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
2015 -

Brasil Campeonato Brasileiro[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
Série C 2004 45º
Série C 2005
Série C 2006 21º
Série C 2007
Série D 2011 12º
Série D 2014 26º

Brasil Copa do Brasil[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
2005 50º
2007 46º
2008 34º
2012 60º
2015 -

Ranking da CBF[editar | editar código-fonte]

  • Posição: 92º
  • Pontuação: 529 pontos[2]

Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol para pontuar todos os clubes do Brasil[3] .

Torcidas organizadas[editar | editar código-fonte]

Força Verde[editar | editar código-fonte]

Com grande destaque no futebol alagoano e nacional o Coruripe conquistou muitos torcedores apaixonados que se uniram para apoiar o time na sua curta, mas vitoriosa jornada. Em 2006/2007 o Coruripe contava com 3 torcidas : Mancha Verde, Furacão Alvi Verde e Torcida Alcoól Verde. Com o passar do tempo e a cada conquista do time praiano essas torcidas foram se unificando formando a Torcida Organizada Força Verde que teve como seu primeiro nome "Força Huck".[4]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Historia da Associação Atlética Coruripe. Visitado em 09 de dezembro de 2014.
  2. RNC - RANKING NACIONAL DOS CLUBES 2015 Confederação Brasileira de Futebol - acessado em 11 de dezembro de 2014
  3. Cruzeiro lidera o Ranking Nacional de Clubes 2015 CBF
  4. Torcida Força Verde - Coruripe. Visitado em 09 de dezembro de 2014.
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.