Azincourt (livro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Azincourt
Agincourt (PT)
Azincourt (BR)
Capa original do livro.
Autor (es) Bernard Cornwell
Género Romance histórico
Editora HarperCollins
Lançamento 1 de outubro de 2008
Páginas 366
ISBN ISBN 978-0007271214
Edição portuguesa
Editora Planeta Editora
Lançamento maio de 2009
ISBN 9789727312665
Edição brasileira
Tradução Alves Calado
Editora Record
Lançamento agosto de 2009
Páginas 462
ISBN 9788501085160

Azincourt (ou Agincourt) é um romance histórico do escritor britânico Bernard Cornwell, publicado no ano de 2008. A trama se desenrola em torno de eventos relacionados à Guerra dos Cem Anos, tendo como ápice a famosa Batalha de Azincourt.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Nicholas Hook é um arqueiro inglês que envolve-se em um massacre a hereges de uma pequena comunidade junto de desafetos seus, o padre Martin e seus filhos, Tom e Robert Perril. Após tentar proteger uma garota cujo pai fora executado, Nicholas acaba atacando o padre Martin, o que provoca sua prisão e julgamento.

Condenado em seu país, foge para a Borgonha, onde envolve-se na luta contra os franceses. Sua trupe de arqueiros acaba sendo atacada e dizimada, mas Nicholas consegue escapar e ainda leva consigo uma garota, Melisande, depois de salvá-la de uma tentativa de estupro.

De volta à Inglaterra, tendo Melisande como sua amante, Nicholas entra para o serviço de Sir John Cornewaille, o qual une-se ao exército do rei que parte confiante para a conquista do trono francês.

Após unir-se ao exército de Henrique V, Nicholas participa de eventos marcantes da guerra na França. Os ingleses experimentam, inicialmente, grandes dificuldades em impor cerco a Harfleur, onde a defesa francesa mostra-se resistente, enquanto a fome, a doença e o desânimo tomam conta do exército inglês. Henrique V acaba sendo obrigado a partir em direção a Calais, mas tem que enfrentar um exército francês a meio caminho, nas proximidades de Azincourt. Em uma grande batalha, o rei inglês conhecerá sua maior vitória, e Nicholas enfrentará finalmente seus inimigos.

Base histórica[editar | editar código-fonte]

Neste romance, Bernard Cornwell buscou mostrar um dos momentos mais marcantes da História Inglesa. A vitória na Batalha de Agincourt surpreende pela diferença das condições entre o exército francês e o inglês. Doentes, famintos e em grande desvantagem numérica, os ingleses contrariam todas as expectativas e impõem uma pesada derrota ao forte exército francês.

A vitória é atribuída, principalmente, à destreza e à valentia dos arqueiros ingleses, que já foram tema de outra história de Cornwell, A Busca do Graal.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]