Boeing 314 Clipper

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

314 Clipper
New Zealand PW-51.svg
Boeing 314 Clipper voando à baixa altura.
Descrição
Tipo Avião comercial
Fabricante Boeing
País de Origem  Estados Unidos
Primeiro voo 7 de junho de 1938 (76 anos)
Introdução 1939
Produção 1938-1941
12 produzidos
Tripulação/Equipa 11
Capacidade de
passageiros
36-74 passageiros
Capacidade de
carga
4 500 kg (9 920 lb) de correspondência e carga
Dimensões
Comprimento 32,33 metros
Envergadura 46,36 metros
Altura 6,22 metros
Pesos
Peso vazio (Tara) 21900 kg
Peso bruto
(carregado)
38000 kg
Propulsão
Motorização 4x motores a pistão radiais Wright R-2600-3
Potência 1 600 hp (1 190 kW)
Performance
Velocidade máxima 340 km/h
Velocidade de
cruzeiro
0.24 Ma
Altitude máxima 5980 metros
Alcance (MTOW) 5896 km
Notas
Dados da Wikipédia anglófona - 314A Clipper


Boeing 314 Clipper[1] - foi um hidroavião casco com estabilizador triplo na cauda, movido por 4 motores radiais a pistão, de longo alcance que foi produzido pela Boeing entre 1938 e 1941 e é comparável com o Inglês Short Empire.

Um dos maiores aviões do tempo, sua asa foi utilizada maciçamente nos protótipos dos bombardeiros Boeing XB-15 para atingir os voos para todos os oceanos Atlântico e Pacífico. Doze Clippers foram construídas para a PanAm, três dos quais foram vendidos a BOAC em 1941 antes da entrega.

Era um avião muito luxuoso, e o preço da passagem, 675 dólares na época, equivalem hoje a cerca de 7.000 dólares. Operava rotas transatlânticas, possuindo luxos como quartos de vestir para homens e mulheres e restaurante com cozinheiros 4 estrelas, luxo não igualado até hoje.

Com o aumento dos conflitos na Segunda Guerra Mundial, ajudou no transporte de material e tropas. Franklin D. Roosevelt viajou num deles para conferência em Casablanca em 1943 e Winston Churchill também vôou várias vezes neste tipo de avião.

Após a guerra, tornou-se obsoleto, pois foram construídas várias pistas em terra e aviões mais potentes, rápidos e aerodinâmicos.

Operadores[editar | editar código-fonte]

Aeronaves utilizadas pela PanAm
Registro Tipo Nome Tempo de Serviço Notas
NC18601 314 Honolulu Clipper 1939-1945 Vendido para a US Navy.
NC18602 314 California Clipper 1939-1950 Mais tarde foi renomeado para Pacific Clipper e vendido para a World Airways. Destruído em 1950.
NC18603 314 Yankee Clipper 1939-1943 Iniciou o serviço transatlântico de Correio. Acidentado em 22 de fevereiro de 1943 em Lisboa, Portugal.
NC18604 314 Atlantic Clipper 1939-1946 Recuperadas algumas partes.
NC18605 314 Dixie Clipper 1939-1950 Iniciou o serviço de transporte transatlântico de passageiros, depois foi vendido para a World Airways. Destruído em 1950.
NC18606 314 American Clipper 1939-1946 Vendido para a World Airways. Destruído em 1950.
NC18609 314A Pacific Clipper 1941-1946 Mais tarde foi vendido para a Universal Airlines. Destruído por uma tempestade.
NC18611 314A Anzac Clipper 1941-1951 Vendido para a Universal Airlines em 1946, American International Airways em 1947 e World Airways em 1948. Vendido para empresa privada em 1951 e destruído em Baltimore em 1951.
NC18612 314A Cape Town Clipper 1941-1946 Vendido para a U.S. Navy em 1942, vendido para a American International Airways em 1947 e afundado no mar pela United States Coast Guard em 14 de outubro de 1947.

Especificações (314A Clipper)

Dados de: Jane's Fighting Aircraft of World War II.[nota 1]

Descrições gerais
  • Tripulação: 11 - incluindo dois comissários de bordo
  • Capacidade: 4 500 kg (9 920 lb) de correspondência e carga e 36-74 - passageiros
  • Comprimento: 32,33 m (110 ft)
  • Envergadura: 46,36 m (150 ft)
  • Altura: 6,22 m (20 ft)
  • Peso vazio: 21 900 kg (48 300 lb)
  • Peso bruto (carregado): 38 000 kg (83 800 lb)
Motorização
Performance



Notas das especificações

  1. Bridgeman, Leonard. “The Boeing 314-A Clipper.” Jane's Fighting Aircraft of World War II. London: Studio, 1946. ISBN 1-85170-493-0.


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]