Boy (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Boy
Álbum de estúdio de U2
Lançamento 20 de outubro de 1980
Gravação Março – Setembro de 1980
  • Windmill Lane Studios, Dublin
Gênero(s) Rock, pós-punk
Duração 42:14
Gravadora(s) Island
Produção Steve Lillywhite
Cronologia de U2
Último
Último
October
(1981)
Próximo
Próximo
Singles de Boy
  1. "A Day Without Me"
    Lançamento: 1 de agosto de 1980
  2. "I Will Follow"
    Lançamento: 1 de outubro de 1980


Boy é o primeiro álbum de estúdio (álbum de estréia) da banda de rock irlandesa U2, lançado em 20 de outubro de 1980. Produzido por Steve Lillywhite, o álbum recebeu resenhas positivas em geral. Os temas comuns entre canções do álbum são os pensamentos e frustrações da adolescência.[1] O álbum incluía o primeiro single de sucesso da banda no Reino Unido, "I Will Follow". A liberação de Boy foi seguido pela primeira turnê continental do U2, da Europa e nos Estados Unidos.[2]

Gravação e composição[editar | editar código-fonte]

Originalmente, o produtor da banda pós-punk Joy Division, Martin Hannett (que também produziu o single do U2, "11 O'Clock Tick Tock"), deveria produzir o primeiro single da banda, mas estava muito abalado após o suicídio de Ian Curtis. Boy foi gravada no Windmill Lane Studios, em Dublin com o produtor musical Steve Lillywhite. Lillywhite veio à fama com seu trabalho em 1978 com o single de estréia da banda Siouxsie and the Banshees, "Hong Kong Garden", que inclui um gancho peculiar desempenhado por um glockenspiel. A banda, que já ouviu Siouxsie and the Banshees,[3] é usada por Lillywhite para adicionar capacidades de parte do glockenspiel distinta em "I Will Follow".

Algumas das canções, incluindo "An Cat Dubh" e "The Ocean", foram escritas e gravadas em estúdio. Muitas das canções retiradas de bandas dos anos 40 pelo repertório da música na época, incluindo "Stories for Boys", "Out of Control" e "Twilight".[4] The Edge gravou todas as suas músicas usando a sua guitarra elétrica Gibson Explorer.[5]

Grande parte das letras do álbum concentram pensamentos e frustrações de infância. Algumas canções, incluindo "I Will Follow", o foco sobre a morte da mãe de Bono quando ele tinha 14 anos de idade. "I Will Follow", também foi amplamente percebido como uma canção religiosa, afirmando a fé cristã da banda, embora isso não fosse confirmado até 2007, em sua entrevista na revista britânica NME. O álbum também tem conotações de sexualidade.

A última faixa do álbum, "Shadows and Tall Trees", dá um aceno de cabeça para William Golding da novela Lord of the Flies; que partilha o nome com um capítulo do livro.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Boy foi lançado originalmente em 20 de outubro de 1980.

O garoto da capa é Peter Rowen (irmão do amigo de Bono, Guggi (Virgin Prunes), e agora renomado fotógrafo irlandês).[6] Ele também aparece nas capas do EP Three, do terceiro álbum de estúdio War, da coletânea musical The Best of 1980-1990 e do EP Early Demos. O fotógrafo Hugo McGuiness, e o designer de manga, Steve Averill (um amigo do baixista Adam Clayton), que passou a trabalhar no álbum da banda com diversas capas. A imagem foi retirada para uma imagem distorcida da banda para o lançamento americano e canadense, devido ao registro da empresa a temer que a banda fosse acusada de pedofilia.[7] Sandy Porter é creditado como o fotógrafo da capa americana. No entanto, a foto de Rowen apareceu no encarte do álbum nos Estados Unidos e no Canadá. Em 2008, o trabalho artístico das edições remasterizadas, juntos com b-sides e raridades. Três formatos diferentes de remasterizar foram disponibilizados.

Singles[editar | editar código-fonte]

"Another Day" e "I Will Follow" foram lançados como singles. "I Will Follow" alcançou a posição de número #20 no Mainstream Rock charts, tornando-se um hit na rádio de faculdade e criou um burburinho em torno da estréia do grupo. O álbum foi precedido por Three, um com três canções do EP com diferentes gravações de "Out of Control" e "Stories for Boys", bem como uma música chamada "Boy/Girl".

Recepção[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[8]
The Austin Chronicle 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[9]
The Boston Globe (favorável)[10]
Robert Christgau (C+)[11]
Hot Press (11/12)[12]
Pitchfork Media (8.3/10)[13]
Rolling Stone 3.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg[14]
Piero Scaruffi 7 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svgStar empty.svg[15]
Sputnikmusic 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[16]

A posição mais alta de Boy na Billboard 200 foi de número #63, mas após o sucesso do U2 depois do material, que reentrou nas paradas americanas para uma demorada magia. No Reino Unido atingiu a posição de número #52. Apesar das críticas de seus shows ao vivo como previsível e Bono usando "muito eco",[17] esses primeiro concertos ao vivo, no entanto, ajudou a demonstrar o potencial da banda, como os críticos observaram que Bono era um "carismático" e "apaixonado" showman, uma reminiscência da versão jovem de Rod Stewart.[17] Boy é o único álbum do U2 que todas as músicas (assim como os B-sides) tem sido realizado ao vivo pelo menos uma vez. O álbum terminou na #18 posição no "Melhores Álbums" na lista da revista The Village Voice, dos críticos da enquete Pazz & Jop.[18]

Em 2003, o álbum ficou na #417 posição na lista dos "500 Melhores Álbuns de Todos os Tempos".[19] Três anos depois, a Uncut classificou-a no número #59 na sua lista dos "100 Greatest Debut Albums".[20]

Conotações sexuais do álbum levou à aceitação entusiástica por clubes gays americanos logo após o seu lançamento. Bono comentou sobre esse fenômeno, dizendo: "Primeiro de tudo que começou e fez de Boy, que é um LP sexual, e nós mudamos a capa nos Estados Unidos para evitar qualquer preocupação em relação a pedofilia coisas do gênero, porque foi nossa primeira cópia do álbum. Mas a importação de cópias entrou e, como você sabe, na América, um monte de músicas estão quebrando em boates gays e, por isso, tivemos um público gay, um monte de pessoas que estavam convencidas de que a música era especificamente para eles. Então, houve um equívoco, como você preferir."[21]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções escritas e compostas pelo U2, com letras de Bono.

Lado 1
N.º Título Duração
1. "I Will Follow"   3:36
2. "Twilight"   4:22
3. "An Cat Dubh"   4:47
4. "Into the Heart"   3:28
5. "Out of Control"   4:13
Lado 2
N.º Título Duração
6. "Stories for Boys"   3:02
7. "The Ocean"   1:34
8. "A Day Without Me"   3:14
9. "Another Time, Another Place"   4:34
10. "The Electric Co."   4:48
11. "Shadows and Tall Trees"   4:36
Duração total:
42:14

No início do vinil e algumas cópias do cassete do álbum não tem cotado e sem o título da segunda amostra instrumental do demo "Saturday Night", uma canção que se tornaria "Fire" (no álbum de 1981, October) no final do álbum, após "Shadows and Tall Trees". Este foi retirado da maioria das capas de vinil e das versões iniciais em CD. Foi restabelecida em 2008 em edições remasterizadas de Boy e apareceu pela primeira vez como "Saturday Night" no edição deluxe de CDs B-sides incluídos com a versão remasterizada de 2008 de Boy. Até a versão remasterizada de Boy, presente nos 30 segundos da amostra foi pensado para ser "Fire".

Algumas prensagens do álbum, principalmente na América do Norte, indexados a durações de faixas de "An Cat Dubh" e "Into the Heart" em "6:21" e "1:53", respectivamente. A edição remasterizada de 2008 do álbum original restabelecido a duração europeu de 4:47 e 3:28. O primeiro compacto dos disco liberado (identificado por estar na Alemanha Ocidental pressionado e um digipak) combinado a duas canções em uma única faixa de 8:14.

Edição 2008 remasterizada[editar | editar código-fonte]

Em 9 de abril de 2008, o site oficial U2.com anunciou que Boy, junto com mais três álbuns da banda, October e War, seria relançado em versões remasterizadas.[22] O álbum foi lançado em 21 de julho de 2008 no Reino Unido, com a versão dos Estados Unidos no dia seguinte. Tal como acontece com The Joshua Tree, a arte da capa foi padronizado para o lançamento original no Reino Unido. A remasterização foi lançado em três formatos diferentes:[22]

  1. Formato Padrão (Standard): Um único CD, remasterizado e áudio restaurado. Inclui um livreto de 16 páginas com fotos, letras completas e um encarte novo de Paul Morley. As 11 faixas correspondem a versão anterior do álbum.
  2. Formato Deluxe: Um CD acima do formato padrão e um CD bônus, incluindo B-sides, músicas ao vivo e raridades. Também inclui um livreto, porém essa, com 32 páginas com fotos inéditas, letras completas, encarte novo por Paul Morley, e notas explicativas sobre o material de bônus por The Edge.
  3. Formato Vinil: Um único álbum remasterizado de versão com embalagem "180gram" restaurado.

CD bônus (Edição Deluxe)[editar | editar código-fonte]

Todas as canções escritas e compostas pelo U2.

N.º Título Versão original Duração
1. "I Will Follow" (previamente um mix inédito) Previamente inédita 3:38
2. "11 O'Clock Tick Tock" (remasterizado) A partir do single "11 O'Clock Tick Tock" 3:47
3. "Touch"   A partir do single "11 O'Clock Tick Tock" 3:26
4. "Speed of Life"   Previamente um outtake inédito das sessões de "Boy" 3:19
5. "Saturday Night"   Previamente um outtake inédito das sessões de "Boy" 5:13
6. "Things to Make and Do"   A partir do single "A Day Without Me" 2:17
7. "Out of Control" (versão single remasterizado) A partir do EP Three 3:53
8. "Boy/Girl" (remasterizado) A partir do EP Three 3:23
9. "Stories for Boys" (versão single remasterizado) A partir do EP Three 2:42
10. "Another Day"   A partir do single "Another Day" 3:28
11. "Twilight" (versão single remasterizado) A partir do single "Another Day" 4:35
12. "Boy/Girl" (Live at The Marquee, Londres – remasterizado) A partir do single "I Will Follow" 3:26
13. "11 O'Clock Tick Tock" (Live at The Marquee, Londres) Previamente inédita 4:59
14. "Cartoon World" (Live at The National Stadium, Dublin) Previamente inédita 4:22
Duração total:
52:21

Gráficos e certificações[editar | editar código-fonte]

Pessoal[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Henke, James (19-02-1981). U2: Here Comes the "Next Big Thing" Rolling Stone. Visitado em 26-03-2011.
  2. de la Parra (2003), pages 16,17
  3. McCormick, Neil (ed), (2006). U2 by U2. HarperCollins Publishers, pp. 56, 58 and 96
  4. Kings of the Celtic Fringe NME magazine (14-02-1981). Visitado em 26-03-2011.
  5. On the Edge of Success U2 Magazine no.3 (01-05-1982). Visitado em 26-03-2011.
  6. Interview with Peter Rowen
  7. U2: U2faqs.com - History FAQ - Three to Under a Blood Red Sky<!
  8. Erlewine, Stephen Thomas. Boy – U2 Allmusic. Visitado em 26-03-2011.
  9. Moser, Margaret. "Record Reviews – The U2 Catalog: Boy", 30-03-2001. Página visitada em 26-03-2011.
  10. McAdam, Sean. "Album review: 'Boy'", 05-03-1981.
  11. U2 – Consumer Guide Reviews Robert Christgau. Visitado em 26-03-2011.
  12. Lynch, Declan. (11-10-1980). "Review of Boy". Hot Press.
  13. Tangari, Joe (24-07-2008). Albums Review: U2: Boy / October / War Pitchfork Media. Visitado em 26-03-2011.
  14. Cohen, Debra Rae. (16-04-1981). "Music Review: Boy". Rolling Stone (341).
  15. U2: biography, discography, reviews, links Piero Scaruffi. Visitado em 2010-12-30.
  16. Sputnikmusic Review
  17. a b "A new sound under pressure", The Boston Globe, 07-03-1981.
  18. The 1981 Pazz & Jop Critics Poll robertchristgau.com. Visitado em 26-03-2011.
  19. (11-12-2003) "The 500 Greatest Albums of All Time". Rolling Stone (937).
  20. (2006-08) "100 Greatest Debut Albums". Uncut (111).
  21. Bono Speaks U2 Magazine No. 10 (01-02-1984). Visitado em 26-03-2011.
  22. a b Boy, October, War: Remastered U2.com (09-04-2008). Visitado em 01-08-2010.
  23. Top 100 Longplay Media Control Charts.
  24. Ultratop.be (Flanders)
  25. Ultratop.be (Valônia)
  26. Search Results: Boy U2 RPM (30-05-1981). Visitado em 01-08-2010.
  27. Spanish charts
  28. U2 Album & Songs Chart History Billboard 200 (13-06-1987). Visitado em 30-04-2012.
  29. Dutch charts
  30. Charts.org.nz
  31. Boy. Chart Stats (05-09-1981).
  32. Swedish charts
  33. a b c d U2 Charts Classifiche
  34. a b CRIA Certification Results: U2 Music Canada (1987-12-03). Visitado em 01-08-2010.
  35. Gold and Platinum Database Search RIAA. Visitado em 01-08-2010.
  36. BPI (01-08-1985)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]