Chelicerata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde março de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Como ler uma caixa taxonómicaChelicerata
Um Xiphosura com sua parte dorsal virada para o solo

Um Xiphosura com sua parte dorsal virada para o solo
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Animalia
Subreino: Metazoa
(sem classif.) Bilateria
Filo: Arthropoda
Subfilo: Chelicerata
Classes
Arachnida

Xiphosura
Eurypterida
Pycnogonida

Chelicerata é o sub-filo dos artrópodes que inclui as classes Arachnida (aranhas e escorpiões), Xiphosura (o límulo), Pycnogonida (as aranhas-do-mar), e as extintas classes Eurypterida (os escorpiões marinhos) e Chasmataspida.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Todos estes animais têm o corpo dividido em duas partes ou tagmas:

No prossoma, os quelicerados possuem seis pares de apêndices uniramosos (não ramificados):

Ao contrário dos restantes artrópodes, os quelicerados não têm mandíbulas nem antenas e, com excepção do límulo, possuem apenas olhos simples (ocelos).

A sua respiração é realizada por traqueias, pulmão foliáceo ou brânquias traqueais (nas espécies aquáticas).

Filogenia e classificação científica[editar | editar código-fonte]

Estudos recentes de fósseis mostram que os quelicerados já foram muito mais diversificados do que actualmente. Os Pycnogonida (as aranhas-do-mar) são actualmente considerados uma linhagem independente de artrópodes, embora por vezes estejam agrupados com os Chelicerata num clado denominado Cheliceriformes.

Por outro lado, os Merostomata, que tradicionalmente agrupavam em uma classe os límulos e os extintos escorpiões marinhos, parece ser um grupo parafilético e o uso desse táxon vem sendo abandonado.

Sanctacaris, um género extinto encontrado no Burgess Shale (Cambriano), assim como os aglaspídeos, são também considerados por alguns autores (Briggs & Collins, 1988) dentro deste clado, embora a sua filogenia esteja ainda longe de estar totalmente determinada.

Existe uma tendência recente de reunir os Chelicerata, Trilobita e artrópodes do Paleozóico que se assemelham a Xiphosura em um grupo denominado Arachnata ou Arachnomorpha. Porém é difícil encontrar boas características que definam Arachnata além da forma geral do corpo, e não estão claras as relações mútuas entre os "aracnados".

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Briggs, D.E.G. & Collins, D.A., 1988. A Middle Cambrian chelicerate from Mount Stephen, British Columbia. Paleontology, 31:779-798
  • Dunlop, J.A., 1999. Pasando a la revista a la evolución de los Quelicerados (A review of Chelicerate evolution). In: Melic, A., De Haro, J.J., Mendez, M. & Ribera, I. (Eds). Evolución y Filogenia de Arthropoda (Evolution and Phylogeny of Arthropoda). Volumen Monográfico. 806 pp.

Páginas externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Chelicerata

Univ.California, Berkeley – Cheliceramorpha morphology