Chlorophyta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaChlorophyta
Clorófitas

Clorófitas
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Divisão: Chlorophyta
Reichenbach, 1834; Pascher [1] [2]
Classes[3]
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Chlorophyta

Chlorophyta é uma divisão de algas verdes, composta por cerca de 8000 espécies[4] pertencente ao reino Protista. Possui clorofila dos tipos a e b e pigmentos acessórios do tipo carotenóides. Tem como material de reserva o amido (polissacarídeo), que é armazenado no pirenóide, e parede celular de celulose, em alguns casos de glicoproteínas, glicocálix, mucilagem ou quitina e celulose. Muitas espécies possuem flagelos em alguma fase da vida e de 1-8 isocontos com mastigonemas. O cloroplasto contém duas membranas e se reproduzem por conjugação ou mitose (divisão simples). O talo pode ser protococoidal, tetraspórico, cenobial, cenocítico, filamentoso, parenquimatoso, fitáceo ou foliáceo.

Dentre as Chlorophyta, encontramos micro e macroalgas. As macroscópicas são minoria, mas mantêm as características básicas de uma clorófita:

Classes[editar | editar código-fonte]

Classificação de acordo com Hoek, Mann & Jahns 1995.[4]

  • Prasinophyceae
  • Chlorophyceae
  • Ulvophyceae
  • Cladophorophyceae
  • Bryopsidophyceae
  • Dasycladophyceae
  • Trentepoliophyceae
  • Pleurastrophyceae (Pleurastrales e Prasiolales)
  • Klebsormidiophyceae
  • Zygnematophyceae
  • Charophyceae

Classificação de acordo com Bold & Wynne (Introduction to the Algae, Second Edition, Prentice Hall NJ)

As Clorófitas macroscópicas costumam ser agrupadas nas seguintes ordens:

  • Ulvales: Que geralmente crescem na zona média ou baixa intertidal e produzem gametas com mancha ocelar. As ulvales, representadas aqui pela Ulva, costumam ter a morfologia alterada se crescerem num ambiente que não possua bactérias.
  • Cladophorales: Que apresentam células multinucleadas, e um cloroplasto parietal ou reticulado.
  • Caulerpales: Que são as espécies cenocíticas e exclusivamente marinhas, de talos não-septados e relativamente grandes. O grupo do Codium mostra ainda células com diversos cloroplastos, alguns amiloplastos, carotenóides exclusivos (sifoxantina e sifoneína), e a celulose da parede substituída por ß 1-3 xilano ou ß-1,4 manano. (LEE, 1992). As codiáceas constituem uma fração numerosa da população de algas dos trópicos.

Os gêneros Ulva e Enteromorpha são típicos de costas em que há nutrientes abundantes e poucos movimentos nas águas. São tolerantes ao estresse ambiental e por isso sua presença indica presença de água fresca (parada) ou poluição. Outras algas são importantes na produção de sedimentos marinhos (Halimeda), como ocorre no Caribe (LITTLER, 1989).

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Pascher A. (1914). "Über Flagellaten und Algen". Berichte der deutsche botanischen Gesellschaft 32: 136–160.
  2. Adl SM, Simpson AGB, Farmer MA, Andersen RA, Anderson OR, Barta JR, Bowser SS, Brugerolle G, Fensome RA, Fredericq S, James TY, Karpov S, Kugrens P, Krug J, Lane CE, Lewis LA, Lodge J, Lynn DH, Mann DG, McCourt RM, Mendoza L, Moestrup Ø, Mozley-Standridge SE, Nerad TA, Shearer CA, Smirnov AV, Speigel FW, Taylor MFJR. (2005). "The new higher level classification of eukaryotes with emphasis on the taxonomy of protists". Journal of Eukaryotic Microbiology 52: 399–451.
  3. Guiry, M.D. & Guiry, G.M. (2007). Phylum: Chlorophyta taxonomy browser AlgaeBase version 4.2 World-wide electronic publication, National University of Ireland, Galway. Página visitada em 2007-09-23.
  4. a b Hoek, C. van den, Mann, D.G. and Jahns, H.M. 1995. Algae An Introduction to Phycology. Cambridge University Press, Cambridge. ISBN 0 521 30419 9
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Chlorophyta
Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.