Rhizaria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaRhizaria
Ammonia tepida, um foraminífero

Ammonia tepida, um foraminífero
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Rhizaria
Cavalier-Smith, 2002
Filos
Cercozoa

Retaria

Foraminifera
Radiolaria

Rhizaria é um dos principais grupos de protistas. Os seus membros variam consideravelmente na sua forma, mas a maior parte são amebóides com pseudópodes filiformes, reticulados ou suportados por microtúbulos. Muitos produzem conchas ou esqueletos, que podem ser de estruturas bastante complexas e que constituem a grande maioria dos fósseis de protozoários. Quase todos possuem mitocôndrias com cristas tubulares. Existem três grupos principais de Rhizaria:

Alguns outros grupos podem ser incluidos nos Cercozoa, ainda que por vezes sejam considerados mais próximos dos Foraminifera. São os casos dos Phytomyxea e dos Ascetosporea, parasitas de plantas e de animais, respectivamente, e a peculiar amiba Gromia. Os diversos grupos de Rhizaria presumem-se parentes próximos, principalmente com base em semelhanças genéticas e têm sido tomados como uma extensão dos Cercozoa. O nome Rhizaria para o grupo ampliado foi introduzido por Cavalier-Smith em 2002, que também incluiu Centrohelida e Apusozoa.

Alguns investigadores consideram que Rhizaria, Excavata, Chromalveolata (que inclui Chromista e Alveolata) e Primoplantae tomam parte do clado Bikonta (células eucariotas com dois flagelos, pelo menos ancestralmente).

Referências gerais[editar | editar código-fonte]

  • Cavalier-Smith, T. (2002). "The phagotrophic origin of eukaryotes and phylogenetic classification of Protozoa". International Journal of Systematic and Evoluionary Microbiology 52: 297-354.
  • Sergey I. Nikolaev et al. (2004). "The twilight of the Heliozoa and rise of the Rhizaria, an emerging supergroup of amoeboid eukaryotes". Proceedings of the National Academy of Sciences 101: 8066-8071.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]