Christiane Amanpour

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Christiane Amanpour
Nascimento 12 de janeiro de 1958 (56 anos)
Londres,  Reino Unido
Ocupação Repórter
Apresentadora
Cônjuge(s) James Rubin
Filho(s) Darius Rubin
Etnia Caucasiana
Nacionalidade Reino Unido britânica
Atividade 1983 - presente
Trabalhos notáveis 60 Minutes
This Week
Amanpour
[amanpour.com Site oficial]

Christiane Amanpour (Londres, 12 de janeiro de 1958; persa: کریستیان امانپور) foi correspondente-chefe da CNN International durante o período de 1992-2010, assim como âncora de Amanpour (2009 - ), um programa de entrevista de 30 minutos. Em 18 de Março de 2010, ela anunciou que se tornará a nova âncora do programa de notícias This Week do canal ABC em Agosto do mesmo ano.

Reputada em sua profissão, a jornalista passou por momentos memoráveis e tensos em sua carreira, um dos quais em uma entrevista via fone ao vivo pela CNN com Yasser Arafat, durante o cerco a seu conglomerado em março de 2002. Em tom nervoso, Arafat disse: “Você está me perguntando por que estou sob cerco completo? Ora, você é uma jornalista excepcional, respeite sua profissão!”[1] e “Seja precisa quando estiver falando com o general Yasser Arafat. Cale-se!”, [1] encerrando a chamada bruscamente com o telefone no gancho, deixando a jornalista numa situação desconfortável, ao vivo.

Referências

  1. a b "Israeli Troops Surround Arafat Compound", CNN, 29 de março de 2002. Página visitada em 28/11/2007.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.