Invasão do Kuwait

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Invasão do Kuwait
Parte da Guerra do Golfo
Data 2 de agosto a 4 de agosto de 1990
Local Kuwait
Combatentes
Flag of Iraq (1991-2004).svg Iraque Kuwait
Comandantes
Flag of Iraq (1991-2004).svg Saddam Hussein
Flag of Iraq (1991-2004).svg Ali Hassan al-Majid
Kuwait Jaber III
Forças
100.000+ 16.000
Baixas
Muitas baixas na infantaria
37 aeronaves abatidas
20 aviões perdidos
200 mortos
600 prisioneiros

A Invasão do Kuwait, também conhecida como a Guerra Iraque-Kuwait, foi um grande conflito entre a República do Iraque e o Estado do Kuwait, o que resultou em sete meses de uma longa ocupação do Kuwait pelo Iraque, que posteriormente levou à intervenção militar direta por forças lideradas pelos Estados Unidos na Guerra do Golfo.

Em 1990, o Iraque acusou o Kuwait de roubar petróleo iraquiano por perfuração inclinada, embora algumas fontes iraquianas indicavam que a decisão de Saddam Hussein de atacar o Kuwait foi feita poucos meses antes da invasão real,[1] sugerindo que o regime estava sob severos sentimentos de pressão em tempo. Alguns sentiam que havia várias razões para o movimento do Iraque, incluindo a incapacidade iraquiana de pagar mais de US$ 80 bilhões, que haviam sido emprestados para financiar a Guerra Irã-Iraque e a superprodução de petróleo do Kuwait, que manteve os rendimentos abaixo para o Iraque.[2] A invasão começou em 2 de agosto de 1990, e após dois dias de intenso combate, a maior parte das Forças Armadas do Kuwait foi saturada pela Guarda Republicana Iraquiana, ou escapou para a vizinha Arábia Saudita e o Bahrain. O estado do Kuwait foi anexado, e Saddam Hussein anunciou em poucos dias que este era a 19ª província do Iraque.

Causas[editar | editar código-fonte]

O Kuwait foi um forte aliado do Iraque durante a Guerra Irã-Iraque e funcionou como um importante porto do país, uma vez que Basra foi fechada pelos combates.[3] No entanto, após o fim da guerra, as relações de amizade entre os dois países árabes vizinhos azedaram, devido a várias razões econômicas e diplomáticas, que finalmente culminaram com a invasão iraquiana do Kuwait.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Gause, F. Gregory, III. “The International Politics of the Gulf” in Louise Fawcett (ed.), “International Relations of the Middle East”. [S.l.]: Oxford: The University Press, 2005. 263–274 pp. ISBN 0-19-926963-7
  2. Cooper, Tom (September 16, 2003). Iraqi Invasion of Kuwait; 1990 Air Combat Information Group. Página visitada em June 08, 2011.
  3. Stork, Joe. (1990). "Background to the Crisis: Why War?". Middle East Report 167 (November–December): 11–18.