Coco de roda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Coco (dança))
Ir para: navegação, pesquisa
Coco
Instrumentos típicos ganzá, surdo, pandeiro, triângulo, tamanco
Popularidade Região nordeste do Brasil

O coco é um ritmo típico da Região nordeste do Brasil. Há controvérsias sobre o estado em que se originou, sendo citados os estados de Pernambuco, da Paraíba e de Alagoas.[1] [2] [3] [4] [5] O nome refere-se também à dança ao som deste ritmo.

"Coco" significa cabeça, de onde vêm as músicas, de letras simples. Com influência africana e indígena, é uma dança de roda acompanhada de cantoria e executada em pares, fileiras ou círculos durante festas populares do litoral e do sertão nordestino. Recebe várias nomenclaturas diferentes, como pagode, zambê, coco de usina,[6] coco de roda, coco de embolada, coco de praia, coco do sertão, coco de umbigada, e ainda outros o nominam com o instrumento mais característico da região em que é desenvolvido, como coco de ganzá e coco de zambê. Cada grupo recria a dança e a transforma ao gosto da população local.

O som característico do coco vem de quatro instrumentos (ganzá, surdo, pandeiro e triângulo), mas o que marca mesmo a cadência desse ritmo é o repicar acelerado dos tamancos. A sandália de madeira é quase como um quinto instrumento, talvez o mais importante deles. Além disso, a sonoridade é completada com as palmas. Existe uma hipótese que diz que o surgimento do coco se deu pela necessidade de concluir o piso das casas no interior, que antigamente era feito de barro. Existem também hipóteses de que a dança teria surgido nos engenhos ou nas comunidades de catadores de coco.

Artistas notáveis[editar | editar código-fonte]

Coco de zambê[editar | editar código-fonte]

O coco de zambê, também conhecido como bambelô, coco de praia,[8] zambê do pau furado e zambê, é uma dança típica do estado brasileiro do Rio Grande do Norte.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Bambelô" é um termo originário da língua quimbunda.[9] "Zambê" é um vocábulo de origem africana.[10] "Pagode" é originário do termo sânscrito bhagavati, através do termo dravídico pagôdi.[11]

Referências

  1. *Origem da dança do coco
  2. *Fundaj: coco (dança)
  3. *Dança do coco alagoano
  4. *Coco de roda
  5. *Mesmo sem origem definida, ritmo musical é tradição nordestina
  6. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 424.
  7. Música de Pernambuco
  8. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 226.
  9. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 226.
  10. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 802.
  11. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 246.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre dança é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.