Forças Armadas da Argentina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Forças Armadas da Argentina
Fuerzas Armadas de la Republica Argentina
Coat of arms of Argentina.svg
Bandeira de armas argentino.
País  Argentina
Forças armadas Exército
Marinha
Força Aérea
Lideranças
Comandante em chefe Presidente Cristina Kirchner
Ministro da Defesa Agustín Rossi
Chefe do Estado-maior Tenente-general Jorge Chevalier
Pessoal ativo 73 100[1]
Pessoal na reserva + 31 240[1]
Despesas
Orçamento US$ 5 bilhões (2012)
Percentual do PIB 1,1%
Indústria
Fornecedores estrangeiros  Estados Unidos
 França
 Alemanha
Flag of Spain.svg Espanha
 Israel
 Brasil
 Peru
 Rússia
 China
 Itália
A então presidente Cristina Fernández em uma reunião com o Estado-Maior das forças armadas.

As Forças Armadas da República Argentina (em espanhol: Fuerzas Armadas Argentinas) são a principal força de combate da República Argentina. O Comandante em Chefe é o Presidente da Nação e seu Ministro da Defesa. Estão compostas pelo Exército, a Marinha e a Força Aérea.

Em 2007, o efetivo da força aérea era de 21.569 homens e mulheres. Do total de militares, 2.497 são oficiais, 9.394 são suboficiais e 1.718 são soldados voluntários.[2]

Referências

  1. a b "Argentina Military Strength". Página acessada em 5 de dezembro de 2014.
  2. Efetivo
Bandeira da Argentina Argentina
Bandeira • Brasão • Hino • Cinema • Culinária • Cultura • Demografia • Economia • Forças Armadas • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Turismo • Imagens
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.