Bermudas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bermudas
Bermudas
Bandeira das Bermudas
Brasão das Armas
Bandeira Brasão de Armas
Lema: Quo Fata Ferunt
"Para onde o destino nos levar"
Hino nacional: God Save the Queen
Gentílico: bermudenho(a)
bermudense

Localização  Bermudas

Localização das Bermudas
Capital Hamilton
32°18′N 64°47′W
Cidade mais populosa Hamilton
Língua oficial Inglês[1]
Língua não-oficial Português[1]
Governo Território Britânico Ultramarino
 - Rainha Isabel II do Reino Unido
 - Governador George Fergusson
 - Premier Craig Cannonier
Dependência Do Reino Unido 
Área  
 - Total 53.3 km² (224.º)
 - Água (%) 26
População  
 - Estimativa de 2007 66.163 hab. (205.º)
 - Densidade 1.239 hab./km² (8.º)
PIB (base PPC) Estimativa de 2005
 - Total US$ 4.857 bilhões USD (165.º)
 - Per capita US$ 76.403 USD (1.º)
IDH (n/d) n/d (n/d.º) – n/d
Gini (n/d) n/d
Moeda Dólar bermudense (BMD)
Fuso horário (UTC-4)
Org. internacionais Comunidade do Caribe
Cód. Internet .bm
Cód. telef. +1441
Website governamental http://www.gov.bm

As ilhas Bermudas, em geral designadas por Bermuda, são territórios britânicos ultramarinos localizadas no Oceano Atlântico, constituídas por uma ilha principal e um conjunto de pequenas ilhas separadas por estreitos canais, hoje ligadas por pontes rodoviárias. O território mais próximo é a costa leste dos Estados Unidos, mais especificamente o Cabo Hatteras, e por esse motivo (e também porque as ilhas fazem parte da Placa Norte-americana), inclui-se as Bermudas na América do Norte.

Uma das maiores inovações da moda foi criada nas Bermudas, se trata do calção tipo bermuda. Na época da criação da roupa, havia uma lei que proibia das mulheres de mostrar as pernas, então elas usavam shorts grandes, abaixo do joelho, que foram batizados com o nome da ilha e hoje são usados por homens e mulheres.

História[editar | editar código-fonte]

Descoberta pelo espanhol Juan Bermúdez, provavelmente entre 1503 e 1511, Bermudas é ocupada pelos britânicos em 1609, mas apenas em 1684 se torna colônia.

A Constituição de 1968 garante ao arquipélago autonomia em assuntos internos, mantendo sob responsabilidade da metrópole as políticas externa e de defesa.

Desde as primeiras eleições legislativas sob essa Constituição, a maioria das cadeiras do Parlamento pertence ao Partido das Bermudas Unidas (UBP).

Sua política é baseada na cooperação racial e na defesa do status de território dependente do Reino Unido. A principal oposição ao UBP é o Partido Trabalhista Progressista (PLP), constituído principalmente de negros e cuja maior bandeira é a independência de Bermudas.

Em 1978, uma comissão britânica defende a independência do território e uma reforma eleitoral que permita maior representação do PLP. A maioria da população, no entanto, rejeita.

A tensão racial foi violenta na década de 1970. Bases militares canadenses, norte-americanas e inglesas, instaladas durante a Guerra Fria em virtude da posição estratégica do território, retiram-se entre 1993 e 1995.

Em 27 de março de 1997, Pamela F. Gordon (UBP) torna-se a primeira mulher em Bermudas a exercer o cargo de primeira-ministra.

Política[editar | editar código-fonte]

A Casa da Assembleia das Bermudas foi o primeiro parlamento das Américas.

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

As Bermudas encontram-se divididas em 9 paróquias (parishes) e 2 municípios.

Geografia[editar | editar código-fonte]

O arquipélago é formado por 360 ilhas de coral; há muita chuva, mas sem rios nem lagos de água doce.

Economia[editar | editar código-fonte]

Hamilton, a capital das Bermudas.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Vista de Bermudas e suas ilhas adjacentes.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Bermuda (overseas territory of the UK) (em inglês). Central Intelligence Agency (CIA) - The World Factbook (18/12/2008). Página visitada em 04/01/2009.