Glenn Hughes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Glenn Hughes
Glenn Hughes 20080626.jpeg
Informação geral
Nascimento 21 de Agosto de 1952 (62 anos)
Origem Cannock, Staffordshire
País  Reino Unido
Gênero(s) Hard rock
Heavy metal
Blues rock
Rock cristão
Funk
Instrumento(s) Vocal e baixo
Período em atividade 1968 – presente
Gravadora(s) Frontiers, Pony Canyon, SPV GmbH, Yamaha Music, Zero Corporation
Afiliação(ões) Deep Purple
Black Sabbath
Black Country Communion
Página oficial Official website

Glenn Hughes (Cannock, Inglaterra, 21 de agosto de 1951) é um músico inglês conhecido pelos seus trabalhos em bandas como Trapeze, Deep Purple e Black Sabbath[1] . Atualmente é vocalista e baixista da banda California Breed.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Deixou a escola aos 15 anos para tocar guitarra em uma banda local antes de mudar para o baixo e começar a cantar. Ele é conhecido pelo seu trabalho em grupos como Trapeze e Deep Purple na primeira metade dos anos 70, ganhando o apelido de “The Voice Of Rock”. Hughes também trabalhou com Yngwie J. Malmsteen e Joe Lynn Turner do Rainbow. O Baixista/Vocalista do Trapeze, Glenn Hughes, deixa a banda em 1973 quando recebe um convite de Jon Lord e Ian Paice para substituir Roger Glover no baixo que havia deixado a banda ao lado do vocalista Ian Gillan. Hughes, que já tinha recusado o convite do Electric Light Orchestra, aceitou o convite dos Deep Purple deixando os Trapeze.

Em 1976 Glenn Hughes deixa os Deep Purple, vai morar em Los Angeles, e lança o primeiro disco solo, Play Me Out. Com o sucesso e reconhecimento, passou a trabalhar com diversos artistas e a desenvolver parcerias em composições, como em Hughes/Thrall (1982) que não teve o sucesso comercial esperado e, em 1985, canta como convidado no Run for Cover, de Gary Moore. Já trabalhou também com Phenomena e Black Sabbath. Nos anos 90, Glenn obteve um grande sucesso participando da música "América: What Time Is Love?". Voltou a lançar vários discos a solo. Nos seus mais recentes discos a solo, Glenn está cantando melhor que nunca; basta ouvir o "Songs in the key of rock", os dois CD's do “HTP-Project”(ao lado de Joe Lynn Turner) e o novíssimo “Voodoo Hill” (com o incrível Dario Mollo nas guitarras). Hughes também já trabalhou com Tony Iommi (Black Sabbath) como vocalista. Recentemente, abriu a sua gravadora, a Pink Cloud Records.

Integrou até recentemente o projeto Black Country Communiom, juntamente com Joe Bonamassa, Jason Bonham e Derek Sherinian. O grupo se desfez em março de 2013[3] , devido a desavenças entre Hughes e Bonamassa. Depois do fim do grupo, Hughes montou com Bonham a banda California Breed.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Trapeze
  • Trapeze (1970)
  • Medusa (1970)
  • You Are the Music...We're Just the Band (1972)
  • Hot Wire (1974)
  • Live In Texas - Dead Armadillos (1981)
  • Welcome to the Real World - live 1992 (1993)
  • High Flyers: The Best of Trapeze - best of 1970-1976 (1996)
  • On the Highwire - best of 1970-1994 (2003)
Deep Purple
  • Burn (1974)
  • Live in London (1974)
  • Stormbringer (1974)
  • Made in Europe (1975)
  • Come Taste the Band (1975)
  • Last Concert in Japan (1976)
  • Singles A's & B's (1993)
  • On The Wings of a Russian Foxbat: Live In California 1976 (1995)
  • California Jamming: Live 1974 (1996)
  • Mk. III: The Final Concerts (1996)
  • Days May Come and Days May Go, The California Rehearsals, June 1975 (2000)
  • 1420 Beachwood Drive, The California Rehearsals, Part 2 (2000)
  • This Time Around: Live in Tokyo (2001)
  • Listen Learn Read On (2002)
  • Just Might Take Your Life (2003)
  • Perks And Tit (2004)
  • Live In Paris 1975 (2004)
  • Burn 30th Anniversary Edition (2004)
  • Live In California 74 (DVD) (2005)
  • Stormbringer (remastered) (2007)
Black Sabbath
  • Seventh Star (1986)
Iommi/Hughes
  • Dep Sessions (2003) - Lançado não-oficialmente como 'Eight Star' em 1996, foi oficialmente remixado como 'Dep Sessions' e lançado em 2003.
  • Fused (2005)
Black Country Communion
  • Black Country Communion (2010)
  • 2 (2011)
  • Afterglow (2012)

Carreira solo[editar | editar código-fonte]

  • Play Me Out (1977)
  • L.A. Blues Authority Volume II: Glenn Hughes - Blues (1992)
  • From Now On... (1994)
  • Burning Japan Live (1994)
  • Feel (1995)
  • Addiction (1996)
  • Greatest Hits: The Voice Of Rock (1996) (compilation)
  • Talk About It (EP) (1997) (previously-unreleased live and acoustic tracks)
  • The God Of Voice: Best Of Glenn Hughes (1998) (compilation)
  • The Way It Is (1999)
  • From The Archives Volume I - Incense & Peaches (2000)
  • Return Of Crystal Karma (2000)
  • A Soulful Christmas (2000)
  • Days Of Avalon (2001) (first official solo video release)
  • Building The Machine (2001)
  • Different Stages...Best Of Glenn Hughes (2002)
  • Songs In The Key Of Rock (2003)
  • Soulfully Live In The City Of Angels (DVD and CD) (2004)
  • Soul Mover (2005)
  • Freak Flag Flyin' (2005)
  • Music For The Divine (2006)
  • Live At The Basement (DVD and CD) (2007)
  • F.U.N.K. - First Underground Nuclear Kitchen (2008)

Referências