Live and Let Die (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Live and Let Die"
Single de Paul McCartney & Wings
do álbum Live and Let Die (trilha sonora)
Lançamento 1973
Formato(s) Compacto de 7´´
Gênero(s) Rock
Duração 3:12
Gravadora(s) EMI
Composição Paul McCartney/Linda McCartney
Produção George Martin
Cronologia de singles de Paul McCartney & Wings
Último
Último
"My Love"
(1973)
"Helen Wheels"
(1973)
Próximo
Próximo

"Live and Let Die" é uma canção de Paul McCartney e do grupo Wings, composta por Paul e sua esposa Linda para o oitavo filme de James Bond, Live and Let Die. Após seu lançamento em 1973, a música se tornou um grande sucesso, chegando ao segundo lugar nas paradas americanas e o sétimo nas britânicas, e mais tarde foi indicada ao Oscar de melhor canção (perdendo para "The Way We Were").

Após os produtores do filme contratarem o produtor dos Beatles George Martin para a trilha sonora, pediram a ele que chamasse McCartney para compor a música-tema, mas com a intenção de outro artista cantar. Ele concordou, desde que a versão dos créditos fosse dos próprios Wings, e acataram a sugestão. A canção foi gravada durante as sessões do álbum Red Rose Speedway. Durante o filme, outra versão da música é apresentada, cantada por Brenda Arnau enquanto Bond está em um clube, mas esta não aparece no álbum da trilha sonora.

A música também aparece nos filmes Shrek Terceiro, Grosse Pointe Blank e The In-Laws, bem como em um episódio da série de televisão Life on Mars.

Composição[editar | editar código-fonte]

Paul compôs a canção-tema do filme após ler a adaptação do filme em apenas uma tarde de sábado, finalizando-a no domingo. Linda escreveu o trecho “what’s the matter to ya”, em ritmo de reggae. A canção foi gravada durante as sessões do álbum Red Rose Speedway. Durante o filme, outra versão da música é apresentada, cantada por Brenda Arnau enquanto Bond está em um clube, mas esta não aparece no álbum da trilha sonora. O compacto dos Wings com Live and Let Die / I Lie Around foi lançado em 1/6/1973 no Reino Unido e em 18/6 nos Estados Unidos

Covers[editar | editar código-fonte]

A primeira cover da música foi uma versão big band por Stan Kenton e sua orquestra, em 1973.

The Pretenders também fez uma versão da música para o álbum do compositor David Arnold Shaken and Stirred: The David Arnold James Bond Project.

A cantora Fergie gravou a canção para um especial da CBS, e uma versão pela cantora Duffy será lançada no álbum de caridade Heroes, previsto para 2009.

A então ex-Spice Girls Geri Halliwell, gravou a música para o lançamento de Lift Me Up, 3º single do seu primeiro álbum solo, Schizophonic, em 1999.

Guns N' Roses[editar | editar código-fonte]

"Live and Let Die"
Single de Guns N' Roses
do álbum Use Your Illusion I
Lado B "Live and Let Die" (ao vivo)
"Shadow of Your Love"
Lançamento  Estados Unidos Dezembro 1991
Formato(s) Compacto (Vinil de 7"), e CD
Gênero(s) Hard rock
Duração 3:03
Gravadora(s) Geffen
Produção Mike Clink
Guns N' Roses
Cronologia de singles de Guns N' Roses
Último
Último
"Don't Cry"
(1991)
"November Rain"
(1992)
Próximo
Próximo

"Live and Let Die" foi lançado como segundo single do álbum Use Your Illusion I e do quarto para fora de todas as Use Your Illusion singles. Um vídeo da música foi feito em novembro de 1991 com a banda tocando ao vivo no palco e mostrando fotos antigas. O vídeo também foi feito pouco antes Izzy Stradlin sair da banda e foi o último vídeo onde ele aparece. Tornou-se um hit top 40, chegando a 33 na Quadro de avisos Hot 100 e também ficou na 20 no Mainstream Rock.

Créditos[editar | editar código-fonte]

Guns N' Roses
Músicos adicionais
Ícone de esboço Este artigo sobre um single de Guns N' Roses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Rock é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.