Luciano Figueroa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lucho Figueroa
Informações pessoais
Nome completo Luciano Gabriel Figueroa Herrera
Data de nasc. 19 de Maio de 1981 (33 anos)
Local de nasc. Santa Fé,  Argentina
Altura 1,83 m
Destro
Apelido Lucho, Novo Figo, LuchoGol
Luchador, Matador, El principito
Informações profissionais
Clube atual Malásia Johor Darul Takzim
Número 19
Posição Atacante
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20012003
2003
2004
20042006
2006
20062008
20082009
20092011
2012
2013
2013-
Argentina Rosario Central
Inglaterra Birmingham City
México Cruz Azul
Espanha Villarreal
Argentina River Plate
Itália Genoa
Argentina Boca Juniors
Argentina Rosario Central
Equador Emelec
Grécia Panathinaikos
Malásia Johor Darul Takzim
0057 000(35)
0001 0000(0)
0034 000(21)
0024 0000(6)
0007 0000(3)
0029 0000(5)
0023 0000(8)
0036 000(12)
0034 000(14)
0015 0000(6)
0022 000(10)
Seleção nacional3
20042005 Flag of Argentina.svg Argentina 0015 0000(9)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 8 de Junho de 2013.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 18 de Janeiro de 2006.

Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Atenas 2004 Equipe

Luciano Gabriel Figueroa Herrera conhecido por Lucho Figueroa, (Santa Fé, 19 de Maio de 1981) é um futebolista argentino. Atualmente joga no Johor Darul Takzim.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início no Rosario Central[editar | editar código-fonte]

Figueroa começou sua carreira profissional no Rosario Central da Argentina, onde formou uma parceria com o César Delgado. Em 2003 foi artilheiro da Clausura Argentina com 17 gols, inclusive marcando cinco no último jogo da temporada contra o Boca Juniors.

Esta foi a sua última temporada no Rosario Central. Tanto ele como Delgado se transferiram para o exterior no verão de 2003. Figueroa foi para o Birmingham City jogar a Premier League por 2,5 milhões de libras esterlinas.

Transferência para a Inglaterra[editar | editar código-fonte]

Assim que assinou com o Birmingham City, surgiu uma controvérsia quando o clube espanhol Osasuna, que afirmava ter assinado um contrato com o jogador antes de sua transferência para o clube inglês, invalidando assim a transferência. No final de agosto de 2003, a FIFA decidiu provisoriamente em favor de Birmingham. Porém, a decisão foi confirmada apenas em outubro. Lucho, livre então para atuar, foi entrando gradualmente nas partidas através do time reserva. Depois de uma temporada regular, o contrato do jogador foi rescindido.

Passagem pelo México[editar | editar código-fonte]

Após deixar o Birmingham City, assinou com o Cruz Azul do México, onde reencontrou o ex-companheiro Delgado.

Depois de um começo lento, Figueroa retornou para sua antiga forma no Cruz Azul, marcando 9 gols nos últimos 7 jogos da Clausura em 2004. Ele manteve a sua forma na Apertura de 2004, marcando 10 gols em 14 jogos pelo clube.

Villarreal[editar | editar código-fonte]

Suas performances excepcionais pelo Cruz Azul levou à uma transferência para a Espanha, onde assinou um contrato de 5 anos e meio com Villarreal em novembro de 2004. A taxa de transferência não foi oficialmente revelada, mas foi estimada pela mídia em 3 milhões de euros.

Figueroa não obteve muito sucesso no Villarreal. Mesmo assim, ele ajudou o clube a conquistar o terceiro lugar da La Liga 2004-05 e contribuiu nas primeiras rodadas da progressão do Villarreal para a semi-final da Champions League 2005-06 - inclusive marcando pela primeira vez na Liga dos Campeões contra o Everton na terceira pré-eliminatória.

Volta à Argentina[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2006, aparentemente preocupado com que a falta de tempo de jogo prejudicaria suas chances de ir com a seleção Argentina para Copa do Mundo de 2006, Figueroa retornou ao seu país de origem. Juntou-se River Plate, que comprou 50% dos direitos do jogador. Ele começou bem lá, marcando três gols em seus primeiros sete jogos do Clausura 2006, mas em 05 de março do mesmo ano, uma fatalidade rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho, lesão que pôs fim às suas esperanças de disputar a Copa do Mundo.

Passagem pela Itália[editar | editar código-fonte]

Em 1 º de agosto de 2006, o Villarreal vendeu Figueroa para Genoa da Itália por 13 milhões de dólares. Ele assinou um contrato de quatro anos com o clube. Embora ainda não totalmente recuperado de sua lesão, a opinião médica era que Figueroa deveria ter sido capaz de jogar novamente em meados de outubro. No entanto, tornou-se claro que a reconstrução de joelho não tinha sido completamente bem sucedida e que outra operação seriam necessários. A previsão era de que essa nova cirurgia iria impedi-lo de jogar a temporada.

Figueroa finalmente fez sua estréia pelo Genoa no dia 28 de outubro de 2007 contra a Fiorentina. Marcou seu primeiro gol pelo clube cerca de seis semanas mais tarde, nos acréscimos em uma derrota por 3-1 para o Siena.

Boca Juniors[editar | editar código-fonte]

Lucho foi emprestado pelo Genoa ao Boca Juniors em outubro de 2008. Ele desempenhou um papel importante durante o Torneio Apertura marcando gols importantes. A disputa pelo título ficou entre Boca Juniors, Tigre e San Lorenzo, que estavam empatados em pontos no a parte superior da mesa. Eventualmente, as performances de Figueroa ajudaram o Boca a ganhar o Torneo Apertura daquele ano.

Rosario Central[editar | editar código-fonte]

Depois que o Genoa liberou o jogador, ele voltou ao seu primeiro clube, o Rosario Central. Assinou um contrato de 2 anos e meio em 20 de janeiro de 2010.

Emelec[editar | editar código-fonte]

Em 7 de janeiro de 2012, ele foi contratado pelo Club Sport Emelec do Equador. Se tornou um jogador muito importante para a equipe, anotando um total de 14 gols (10 no Campeonato Nacional, 3 Copa Libertadores e 1 na Copa Sul-Americana). Uma de suas performances mais memoráveis ​​no clube equatoriano foi na Copa Libertadores de 2012 na vitória por 3-2 contra o Flamengo de Ronaldinho Gaúcho, quando marcou dois gols na equipe brasileira.

Panathinaikos[editar | editar código-fonte]

Em 06 de fevereiro de 2013, se transferiu de forma livre para o clube grego Panathinaikos até o final da temporada. Fez sua estréia em um jogo crucial contra o AEK Atenas, onde o Panathinaikos venceu por 0-2. Em 09 de março de 2013, ele marcou seu primeiro gol pela equipe grega, numa bela cobrança de pênalti contra o AO Kerkyra. Pelo clube grego, fez 8 partidas e marcou 3 gols, um deles contra o rival Olympiacos.

Johor Darul Takzim[editar | editar código-fonte]

Desde 2013 é jogador do time da Malásia.

Carreira Internacional[editar | editar código-fonte]

Final da Copa das Confederações 2005

Figueroa apareceu chegou à Seleção Argentina quando jogava pelo Cruz Azul e Villarreal CF. Fez jogos impressionantes na Copa América 2004, onde marcou 2 gols, e na Copa das Confederações 2005, competição que terminou com a vice-artilharia (4 gols) e vice-campeonato.

Também fez parte Seleção Argentina ganhadora da medalha de ouro nas Olimpíadas de 2004. A nível internacional, ele possui uma taxa de aproveitamento de 60%, com nove gols em 15 jogos. Infelizmente, uma lesão no ligamento cruzado o privou da oportunidade de representar o seu país na Copa do Mundo de 2006.

Conquistas[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Seleção[editar | editar código-fonte]

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

  • Torneio Clausura Argentina de 2003: Artilheiro (17 gols)

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Div. Liga Copas
Nacionais
Copas
Internacio.*
Total Prop.
Gol marcado
J G J G J G J G
Rosario Central
 Argentina
2001/02 1.ª 20 8 - - - - 20 8 0,40
2002/03 37 27 - - - - 37 27 0,72
Total 57 35 - - - - 57 35 0,61
Birmingham
 Inglaterra
2003 1.ª 1 0 1 0 - - 2 0 0,00
Total 1 0 1 0 - - 2 0 0,00
Cruz Azul
 México
2004 1.ª 19 11 - - - - 19 11 0,57
2004/05 14 10 - - - - 14 10 0,71
Total 33 21 - - - - 33 21 0,63
Villarreal
Flag of Spain.svg Espanha
2004/05 1.ª 15 2 - - 6 2 21 4 0,09
2005 12 2 2 0 7 1 21 3 0,14
Total 27 4 2 0 13 3 42 7 0,16
River Plate
 Argentina
2006 1.ª 7 3 - - 3 0 10 3 0,30
Total 7 3 - - 3 0 10 3 0,30
Genoa
 Itália
2006/07 2.ª 0 0 - - - - 0 0 0,00
2007/08 1.ª 21 3 - - - - 21 3 0,14
2008/09 0 0 1 0 - - 1 0 0,00
Total 21 3 1 0 - - 22 3 0,12
Boca Juniors
 Argentina
2008/09 1.ª 17 7 - - 6 1 23 8 0,34
Total 17 7 - - 6 1 23 8 0,34
Genoa
 Itália
2009 1.ª 2 0 - - 5 2 7 2 0,28
Total 2 0 - - 5 2 7 2 0,28
Rosario Central
 Argentina
2010 1.ª 11 2 - - - - 11 2 0,18
2010 2.ª 27 10 - - - - 27 10 0,37
Total 38 12 - - - - 38 12 0,31
Emelec
Equador
2012 1.ª 23 10 - - 13 4 36 14 0,38
Total 23 10 - - 13 4 36 14 0,38
Panathinaikos
 Grécia
2013 1.ª 8 3 - - - - 8 3 0,38
Total 8 3 - - - - 8 3 0,33
Total na carreira 234 98 4 0 40 10 278 108 0,39

Seleção Argentina[editar | editar código-fonte]

Torneo PJ Goles
Pre-olímpico Sul-americano Sub-23 5 3
Copa América 4 2
Eliminatórias Sul-americanas 5 3
Copa das Confederações 2005 4 4
Amistosos 2 0
TOTAL 20 12

Total[editar | editar código-fonte]

Equipe J Gols Média
Clubes 278 108 0.39
Seleção 20 12 1.10
TOTAL 298 120 0.40

Referências

Bandeira de ArgentinaSoccer icon Este artigo sobre um futebolista argentino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.