Luciano do Valle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo é sobre uma pessoa que morreu recentemente.
Algumas informações relativas às circunstâncias da morte podem mudar a qualquer instante.

Nota: A Wikipédia não é um jornal, se pretende elaborar um resumo das notícias recentes relacionadas a esse evento utilize o Wikinotícias que é a Wiki adequada a essa função.
Editado pela última vez em 20 de abril de 2014.

Luciano do Valle
Nascimento 4 de julho de 1947
Campinas, Brasil
Morte 19 de abril de 2014 (66 anos)
Uberlândia, Brasil
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação locutor, apresentador de TV, empresário
Principais trabalhos Rede Bandeirantes, Rede Globo, Rede Record

Luciano do Valle Queirós (Campinas, 4 de julho de 1947[1]Uberlândia, 19 de abril de 2014) foi um locutor esportivo, apresentador de televisão e empresário brasileiro. Narrou várias Copas do Mundo e trabalhou em várias emissoras de televisão, como Rede Globo (1971-1982), Rede Record (1982-1983, 2003-2006) e Rede Bandeirantes (1983-2003, 2006-2014).[2]

Biografia

Iniciou a carreira na Rádio Central de Campinas e ganhou destaque trabalhando na Rádio Nacional, em São Paulo,[3] onde participou da cobertura da Copa do Mundo do México de 1970. Naquele mesmo ano, passou a fazer parte da equipe da Rede Globo de Televisão, na qual trabalhou por onze anos e onde sua primeira transmissão foi feita no basquete masculino, no Troféu Governador do Estado de São Paulo.[4] Foi locutor de Fórmula 1 e transmitiu a fase áurea de Emerson Fittipaldi nessa categoria, que o transformou em um ídolo do esporte brasileiro.

Depois que saiu da Rede Globo no início dos anos 80, mais precisamente após a Copa de 1982, desenvolveu paralelamente uma carreira de empresário e promotor, tendo papel fundamental no esporte brasileiro, uma vez que ele impulsionou diversas modalidades que não tinham espaço na TV aberta do país.[5] Seu primeiro grande sucesso nessa carreira foi a promoção da Seleção Brasileira de Voleibol masculina, quando transmitiu um campeonato em São Paulo pela Rede Record. Seu trabalho tornou ídolos nacionais jogadores como Bernard, William, Montanaro e Renan, que depois ficaram conhecidos como a "Geração de Prata" do vôlei brasileiro.

Logo depois, já trabalhando na Rede Bandeirantes, organizou o jogo memorável entre Brasil e União Soviética, no Maracanã, que mudou o vôlei brasileiro.[5] Na emissora, do Valle foi responsável pela ênfase nas transmissões esportivas (seu slogan passou a ser "Canal do Esporte"), exibindo aos domingos o programa de longa duração Show do Esporte, que apresentava todo os tipos de evento esportivo, desde jogos de sinuca, boxe, automobilismo e esportes olímpicos. Apresentou ao Brasil a Fórmula Indy e a Seleção Brasileira Masters de Futebol, que contava com seus grandes amigos Rivelino, Edu e Dario (ver Copa Pelé). Durante o verão brasileiro, transmitia várias modalidades de esportes de praia, em programas especiais de verão. Abriu espaço para Hortência e Paula do basquete feminino, transmitiu jogos de futebol feminino, alavancou a carreira do lutador de boxe Maguila e deu o início para transmissões da NBA, da Fórmula Indy e do futebol americano no Brasil.[5]

Nos últimos anos de carreira, reduziu suas atividades empresariais, tendo continuado a narrar o Campeonato Brasileiro e provas da IRL pela Band. Apresentou o programa Apito Final, pela TV Bandeirantes, durante a Copa do Mundo de 2006, e transmitiu os jogos do Brasil na mesma copa pelo canal de televisão a cabo chamado Band Sports.[6]

Também comandou com sua esposa Flávia do Valle, o programa "Tudo em Dia", programa local exibidos aos domingos, na Band RS.[7]

Morreu aos 66 anos, em 19 de abril de 2014, em Uberlândia, onde narraria a partida Atlético Mineiro vs. Corinthians, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2014.[4] As causas da morte ainda são desconhecidas.[8]

Referências

  1. Luciano do Valle - Memória Globo
  2. Stycer, Mauricio. Narrador e empresário, Luciano do Valle ampliou espaço do esporte na TV. UOL. Página visitada em 20/04/2014.
  3. 19/04/2014 17h48 - Atualizado em 19/04/2014 20h35 Jornalista que ia no mesmo voo relata últimos momentos de Luciano do Valle. globoesporte.com. Página visitada em 20/04/2014.
  4. a b Fernanda Resende e Gullit Pacielle (19 de abril de 2014). Luto no esporte brasileiro: morre o narrador Luciano do Valle. Globoesporte.com. Página visitada em 19 de abril de 2014.
  5. a b c O Estado de S.Paulo (19 de abril de 2014). Narrador Luciano do Valle morre aos 70 anos após passar mal em avião. O Estado de S.Paulo. Página visitada em 19 de abril de 2014.
  6. Band contrata Luciano do Valle e reforça programação esportiva. Band. Página visitada em 20/04/2014.
  7. Paixão atemporal de Luciano Do Valle e sua Flávia. Caras. Página visitada em 20/04/2014.
  8. Narrador Luciano do Valle morre após passar mal em Uberlândia. G1. Página visitada em 19/04/2014.

Ligações externas