Messier 66

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Messier 66
Messier 66, Telescópio Espacial Hubble
Descoberto por Charles Messier
Data de descoberta 1 de marçode 1780
Dados observacionais (J2000)
Constelação Leo[1]
Tipo SAB(s)b galáxia espiral[2]
Asc. reta 11h 20m 15.0s[2]
Declinação +12° 59′ 30″[2]
Distância 36 ± 5 Mal (11 ± 1,5 Mpc)
Redshift 727 ± 3 km/s[2]
Magnit. apar. 8,9[3]
Dimensões 9.1′ × 4.2′[2]
Outras denominações
NGC 3627, UGC 6346, PGC 34695, Arp 16[2]
Mapa
Messier 66
Leo constellation map.png

Messier 66 (NGC 3627) é uma galáxia espiral localizada a cerca de trinta e cinco milhões de anos-luz (aproximadamente 10,73 megaparsecs) de distância na direção da constelação de Leão.[4] Possui uma magnitude aparente de 8,9, uma declinação de +12º 59' 28" e uma ascensão reta de 11 horas, 20 minutos e 15,1 segundos.

A galáxia NGC 3627 foi descoberta em 1780 por Charles Messier.

Descoberta e visualização[editar | editar código-fonte]

A galáxia espiral foi descoberta pelo astrônomo francês Charles Messier, descobrindo na mesma ocasião Messier 65. Ambos foram catalogados em 1 de março de 1780. Ao descrever a descoberta da galáxia, William Henry Smyth atribuiu erroneamente a descoberta de M65, M66 e M68 ao amigo e colega de observatório de Messier, Pierre Méchain, erro propagado historicamente mesmo em livros mais recentes.[5]


Características[editar | editar código-fonte]

A galáxia, juntamente com Messier 66 e NGC 3628, formam um grupo galáctico, conhecido como o Trio do Leão, localizado a cerca de 35 milhões de anos-luz em relação à Terra. A galáxia é maior do que sua companheira de grupo, M65, e tem um núcleo galáctico bem desenvolvido mas não muito definido. Seus braços parecem ser distorcidos e estão deslocados acima do plano galáctico.[5]

Até o momento, quatro supernova foram encontradas na galáxia: SN 1973R, uma supernova tipo II que alcançou a magnitude aparente 15, descoberta em 12 de dezembro de 1973; SN 1989B, descoberta em 31 de janeiro de 1989, alcançando a magnitude aparente 12,2; SN 1997bs, uma supernova tipo IIn descoberta por astrônomos no observatório Lick, alcançando a magnitude aparente 17; e SN 2009hd, descoberta por Berto Monard em 2 de julho de 2009, alcançando a magnitude aparente 15,8.[5]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. In: R. W. Sinnott. The Complete New General Catalogue and Index Catalogue of Nebulae and Star Clusters by J. L. E. Dreyer. [S.l.]: Sky Publishing Corporation/Cambridge University Press, 1988. ISBN 0-933346-51-4
  2. a b c d e f NASA/IPAC Extragalactic Database. Results for NGC 3627. Página visitada em 2006-08-31.
  3. G. de Vaucouleurs, A. de Vaucouleurs, H. G. Corwin, R. J. Buta, G. Paturel, P. Fouque. Third Reference Catalogue of Bright Galaxies. New York: Springer-Verlag, 1991.
  4. Spiral Galaxy M66 (em inglês). Página visitada em 16 de novembro de 2010.
  5. a b c Hartmut Frommert e Christine Kronberg (21 de agosto de 2007). Messier Object 66 (em inglês). SEDS. Página visitada em 28 de maio de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Science.jpg    NGC 3625  •  NGC 3626  •  NGC 3627  •  NGC 3628  •  NGC 3629