Messier 19

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Messier 19
Messier 11 pelo Telescópio Espacial Hubble
Messier 11 pelo Telescópio Espacial Hubble
Descoberto por Charles Messier
Data 1764
Dados observacionais (J2000)
Constelação Ophiuchus
Tipo VII
Asc. reta 17h 02m 37,69s[1]
Declinação -26° 16′ 04,6″[1]
Distância 28 000 anos-luz (8,6 kpc)
Magnit. apar. 7,47[1]
Dimensões 17',0
Características físicas
Raio 70 anos-luz
Outras denominações
NGC 6273
Messier 19
Ophiuchus constellation map.png

Messier 19 (NGC 6273) é um aglomerado globular de estrelas localizado na constelação de Ofiúco. Foi descoberto pelo francês Charles Messier em 1764, que o adicionou ao seu catálogo de objetos de aparência semelhante a cometas.

Messier 19 é o mais oblato dos aglomerados globulares conhecidos. Está a uma distância de cerca de 28 000 anos-luz do Sistema Solar, e está bastante próximo ao Centro Galáctico, com apenas cerca de 5.200 anos-luz de distância.

Descoberta e visualização[editar | editar código-fonte]

O aglomerado globular foi uma das descobertas originais do astrônomo francês Charles Messier, catalogado em 5 de junho de 1784. William Herschel, descobridor de Urano, foi o primeiro a resolver as suas estrelas mais distantes vinte anos mais tarde.[2]

Características[editar | editar código-fonte]

Messier 19, junho de 2009

É um dos aglomerados globulares mais oblatos (achatados) conhecidos. Essa deformidade pode estar relacionado à proximidade do aglomerado ao centro galáctico: embora esteja a cerca de 28 000 anos-luz da Terra, está apenas a 5 200 do núcleo da Via-Láctea, ou cerca de 9° acima do núcleo galáctico na esfera celeste. Afasta-se radialmente do Sistema Solar a uma velocidade aproximada de 146 km/s.[2]

O aglomerado globular é razoavelmente denso e rico, pertecente à classe VII em densidade estelar, segundo a classificação de aglomerados globulares de Harlow Shapley e Helen Sawyer Hogg, onde aglomerados de classe I são os mais densos e os de classe XII são os menos densos. Considerando sua distância e seu diâmetro aparente de 17 minutos de grau, seu diâmetro real é de aproximadamente 140 anos-luz em seu semi-eixo maior. Em telescópios amadores, seu diâmetro aparente é menor, cerca de 6 minutos, enquanto que em fotografias típicas seu diâmtero aparente seja de 13,5 minutos. Tem uma magnitude absoluta -9.[2]

As estrelas mais brilhantes do aglomerado têm uma magnitude aparente 14 em média, embora a magnitude aparente média de suas estrelas seja 15,3. Segundo Sawyer Hogg, sua classe espectral é F5. Conhece-se apenas quatro estrelas variáveis no aglomerado, todas RR Lyrae.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c SIMBAD Astronomical Database Results for NGC 6273.. Página visitada em 16/11/2006.
  2. a b c d Hartmut Frommert e Christine Kronberg (21 de agosto de 2007). Messier Object 19 (em inglês) SEDS. Página visitada em 27 de maio de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Science.jpg    NGC 6271  •  NGC 6272  •  NGC 6273  •  NGC 6274  •  NGC 6275