Messier 96

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Messier 96
Messier 96, ESO
Descoberto por Pierre Méchain
Data de descoberta 20 de marçode 1781
Dados observacionais (J2000)
Constelação Leo
Tipo SAB(rs)ab[1]
Asc. reta 10h 46m 45.7s

[1]

Declinação +11° 49′ 12″[1]
Distância 31 ± 3 Mal (9,6 ± 1,0 Mpc[2] )
Redshift 897 ± 4 km/s[1]
Magnit. apar. +10,1[1]
Dimensões 7′,6 × 5′,2[1]
Outras denominações
NGC 3368, UGC 5882, PGC 32192[1]
Mapa
Messier 96
Leo constellation map.png

Messier 96 (NGC 3368) é uma galáxia espiral localizada a cerca de trinta e oito milhões de anos-luz (aproximadamente 11,65 megaparsecs) de distância na direção da constelação do Leão. Possui aproximadamente cem mil anos-luz de diâmetro, uma magnitude aparente de 9,3, uma magnitude absoluta de -21,1, uma declinação de +11º 49' 25" e uma ascensão reta de 10 horas 46 minutos 45,9 segundos.

A galáxia NGC 3368 foi descoberta em 20 de Março de 1781 por Pierre Méchain, na mesma ocasião descobriu-se a galáxia vizinha M95. Esta galáxia pertence ao Grupo de Galáxias Leão I.

Descoberta e visualização[editar | editar código-fonte]

A galáxia espiral foi descoberta pelo astrônomo francês Pierre Méchain em 20 de março de 1781, juntamente com Messier 95. Após quatro dias, seu colega de observatório Charles Messier decidiu observá-la e foi incluída em seu catálogo.[3]

Também foi uma das primeiras galáxias espirais reconhecidas como tal, por William Parsons, que a incluiu em seu catálogo de "14 nebulosas espirais" em 1850.[3]

Características[editar | editar código-fonte]

É uma galáxia espiral, dominante em seu grupo galáctico, o grupo M96, juntamente com Messier 95, Messier 105 e outras galáxias menores. Sua distância em relação à Terra de 41 milhões de anos-luz foi estimada por meio do estudo de estrelas variáveis cefeidas. Seu grupo galáctico situa-se a 38 milhões de anos-luz. Seu diâmetro aparente de 6 minutos de grau correspondem a um diâmetro real de 66 000 anos-luz.[3]

Sua magnitude aparente em 9,2 corresponde a uma magnitude absoluta -21,1. Seu disco interno, de acordo com James D. Wray, é composta de estrelas envelhecidas, amarelada, que termina em um anel de estrejas jovens e azuis. Até o momento, apenas uma supernova foi descoberta em M96, a SN 1998bu, por Mirko Villi em 9 de maio de 1998, alcançando uma magnitude aparente máxima em 11,8.[3]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g "NASA/IPAC Extragalactic Database", Results for NGC 3368, http://nedwww.ipac.caltech.edu/, visitado em 2006-10-24. 
  2. Jensen, Joseph B.; Tonry, John L.; Barris, Brian J.; Thompson, Rodger I.; Liu, Michael C.; Rieke, Marcia J.; Ajhar, Edward A.; Blakeslee, John P.. (2003). "Measuring Distances and Probing the Unresolved Stellar Populations of Galaxies Using Infrared Surface Brightness Fluctuations". Astrophysical Journal 583 (2): 712–726. DOI:10.1086/345430. Bibcode2003ApJ...583..712J.
  3. a b c d Hartmut Frommert e Christine Kronberg (21 de agosto de 2007). Messier Object 96 (em inglês) SEDS. Visitado em 29 de maio de 2012.
Science.jpg    NGC 3366  •  NGC 3367  •  NGC 3368  •  NGC 3369  •  NGC 3370