Michela Marchi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Michela Dauzacker Marchi)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde junho de 2011) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.

Michela Dauzacker Marchi é uma ex-miss brasileira.

Foi a segunda representante do Mato Grosso do Sul a ser eleita Miss Brasil, num concurso realizado em 1998 em São Paulo, seguida pelas Misses Rondônia (Miss Brasil Mundo), Rio Grande do Sul (Luize Altenhofen, que seria uma das modelos brasileiras consagradas e foi eleita Miss Brasil Beleza Internacional), Rio Grande do Norte e Acre.

Miss Universo 1998[editar | editar código-fonte]

No Miss Universo, realizado no dia 12 de maio em Honolulu, Hawaii, foi uma das semifinalistas[1] , juntamente com as Misses África do Sul, Rússia, Irlanda, Índia, Venezuela (Veruska Ramirez, segunda colocada no concurso), EUA, Colômbia, Porto Rico e Trinidad e Tobago (Wendy Fitzwilliam, eleita Miss Universo nesse ano).

Miss Brasil 1998 nos dias atuais[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2004, Michela e outras 31 ex-misses foram homenageadas na festa dos 50 anos do Miss Brasil, realizada em São Paulo. Atualmente, a Miss Brasil 1998 trabalha em um órgão do Poder Judiciário na cidade paulista de Santos e coincilia essa atividade com sua carreira de modelo. Também participa de júris de concursos de beleza em nível estadual e nacional.

Referências

  1. Brasil tenta o tricampeonato do Miss Universo (26 de Maio de 2007). Visitado em 8 de Junho de 2012.
Precedido por
Nayla Micherif
Miss Brasil
1998
Sucedido por
Renata Fan