Nathalia Dill

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nathalia Dill
Nome completo Nathalia Goyannes Dill Orrico
Nascimento 24 de março de 1986 (28 anos)
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
 Brasil
Ocupação Atriz‎ e cantora
IMDb: (inglês)

Nathalia Goyannes Dill Orrico (Rio de Janeiro, 24 de março de 1986) é uma atriz e cantorabrasileira. Ficou conhecida ao interpretar a vilã Débora Rios na décima quinta temporada do seriado Malhação.[1] [2]

Em 2009, Nathalia interpretou sua primeira protagonista: Maria Rita ("Santinha"), na novela Paraíso, remake da novela homônima de Benedito Ruy Barbosa, exibida em 1982.[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nathalia Dill, filha da professora universitária Evellyn Orrico[4] , começou sua carreira se apresentando em peças de teatro, como A Glória de Nelson, em 2005, e Jogos na Hora da Sesta, no mesmo ano. Em 2006 foi convidada para integrar o elenco da série Mandrake, da HBO, onde apareceu no episódio "Rosas Negras". Em 2007, interpretou a vilã Débora Rios na 15º temporada do seriado Malhação; enquanto trabalhava no seriado participou como figurante do filme Tropa de Elite, onde interpretou uma estudante de universidade.

Em 2008, participou dos filmes Feliz Natal e Apenas o Fim. No ano seguinte, Nathalia participou de sua primeira telenovela já como protagonista em Paraíso, onde viveu a personagem Maria Rita (Santinha). No mesmo ano participou do especial de fim de ano da emissora, Dó Ré Mi Fábrica

Em 2010, Nathalia viveu sua segunda protagonista consecutiva em Escrito nas Estrelas, vivendo Viviane.[5] [6] Em 2011 participou da novela Cordel Encantado, no papel da "justiceira" Doralice Peixoto. [7] [8]

Estreou em 2012 no horário nobre da Globo em Avenida Brasil, de João Emanuel Carneiro, onde a personagem Débora é apaixonada por Jorge, papel que cabe a Cauã Reymond.[9]

Em 2013, viveu a vingativa Silvia em Joia Rara, personagem que buscava vingança contra Ernest (José de Abreu) e que acaba se apaixonando pelo filho deste, Viktor (Rafael Cardoso). [10] Em 2014, dá vida à determinada jornalista Laura em Alto Astral. [11] [12]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Ref.
2006 Mandrake Valentina
2007 Malhação Débora Rios (2007-2009)
2009 Paraíso Maria Rita Godói (Santinha)
Dó Ré Mi Fábrica Viola
2010 Escrito nas Estrelas Viviane Ferreira Aguillar [5]
2011 Aline Morte
Cordel Encantado Doralice Guerra Peixoto (Dora / Fubá) [13]
2012 Avenida Brasil Débora Magalhães Queirós [14]
2013 Joia Rara Sílvia Zampari Hauser [15]
2014 Alto Astral Laura

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Personagem Ref.
2007 Tropa de Elite Natália
2008 Feliz Natal Marília
Apenas o Fim Taiara
2009 Alguns Nomes do Impossível Erika [16]
2012 Paraísos Artificiais Erika

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Peça Personagem Direção Ref.
2005 A Glória de Nelson Daniel Herz [17]
Jogos na Hora da Sesta Michel Bercovitch [17]
2006 As Aventuras de Tom Sawyer Michel Bercovitch
2007 O Beijo no Asfalto Michel Bercovitch (assistente de direção)
2008 Boca de Cowboy Michel Bercovitch

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Indicação Resultado
2009 Prêmio TV Contigo Atriz revelação Venceu
Capricho Awards Melhor atriz nacional Indicado
2010 Prêmio Jovem Brasileiro[18] Melhor atriz Venceu
Prêmio Extra de TV[19] Melhor atriz Venceu
2011 Melhores do Ano Melhor atriz Indicado

Referências

  1. Matheus Evangelista (18 de abril de 2008). Entrevista exclusiva com Nathalia Dill (em português). Notícia - iG Jovem. Página visitada em 22 de fevereiro de 2009.
  2. Claudia Dias (10 de outubro de 2008). Novo Rumo. O Fuxico. Página visitada em 22 de fevereiro de 2009.
  3. Nathália Dill cresce encarnando primeira protagonista. Cinema Rapadura Site. TV Press (24 de junho de 2009). Página visitada em 17 de junho de 2012.
  4. http://tvg.globo.com/programas/domingao-do-faustao/programa/platb/tag/evelyn-orrico
  5. a b Fernanda Laskier (11 de abril de 2010). Nathalia Dill e Humberto Martins formam casal. Extra Online. Página visitada em 28 de outubro de 2010.
  6. Rissato, Laís. Nathália Dill: "A beleza não sustenta". Quem. Página visitada em 28 de janeiro de 2013.
  7. Gshow (05 de abril de 2011). Nathalia Dill espera aprender com Doralice. Bastidores - Cordel Encantado. Página visitada em 18 de agosto de 2014.
  8. Patrícia Kogut (21 de dezembro de 2010). 'Cordel encantado' será o título de nova novela das 18h. O Globo. Página visitada em 21 de dezembro de 2010.
  9. Nathália Dill muda o visual para Avenida Brasil (04 de Fevereiro de 2012). Página visitada em 26 de fevereiro de 2012.
  10. Gshow (03 de setembro de 2013). Adeus à mocinha! Nathalia Dill é uma vilã vingativa em Joia Rara: 'Super desafiador'. Extras - Joia Rara. Página visitada em 18 de agosto de 2014.
  11. Gshow (18 de agosto de 2014). Nathalia Dill exibe novo look para viver a protagonista de Alto Astral. Extras - Alto Astral. Página visitada em 18 de agosto de 2014.
  12. Daniel Castro (08 de fevereiro de 2014). Novela das sete terá Torloni, Celulari, Iozzi e Nathalia Dill. UOL. Notícias da TV. Página visitada em 18 de agosto de 2014.
  13. Nathalia Dill estreia em novelas de época com dois papeis
  14. Gshow (15 de abril de 2012). Equilíbrio e desenvoltura: Nathalia Dill encanta com balé nas alturas. Bastidores - Avenida Brasil. Página visitada em 18 de agosto de 2014.
  15. Gshow (22 de fevereiro de 2014). Nathalia Dill diz que filho foi motivo da mudança de Sílvia: 'Divisor de águas'. Extras - Joia Rara. Página visitada em 18 de agosto de 2014.
  16. Alguns Nomes do Impossivel > Nathalia Dill > Erika IMDB
  17. a b Nathalia Dill: de capetinha a santa
  18. Fiuk e Nathalia Dill são destaques de premiação em São Paulo. EGO (15 de setembro de 2010). Página visitada em 28 de outubro de 2010.
  19. Nathalia Dill se consagra como a melhor atriz do ano. Extra Onilne (8 de dezembro de 2010). Página visitada em 7 de dezembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons