Paleogeno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Geografia.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde Julho de 2011.

Período Paleogeno
65.5–65.5 milhões de anos atrás


Teor médio de o2 atmosférico durante o período ca. 26 Vol %[1]
(130 % do nível atual)
Teor médio do CO2 atmosférico durante o período ca. 500 ppm[2]
(2 vezes o nível pré-industrial)
Temperatura média da superfície durante o período ca. 18 °C[3]
(4 °C acima do nível atual)



Na escala de tempo geológico, o Paleogeno ou Paleogénico é o período da era Cenozoica do éon Fanerozoico que está compreendido entre 65 milhões e 500 mil e 23 milhões e 30 mil anos atrás, aproximadamente. O período Paleogeno sucede ao período Cretáceo da era Mesozoica de seu éon e precede o período Neogeno de sua era. Divide-se nas épocas Paleocena, Eocena e Oligocena, da mais antiga para a mais recente.

Paleocénico (65-53 milhões de anos atrás)[editar | editar código-fonte]

A primeira época do período foi a época em que a Terra se recuperou da catástrofe que extinguiu os dinossauros. Os pequenos mamíferos proliferaram e as aves assumiram o topo da cadeia alimentar. O clima ainda era bem quente, e o mundo, de uma forma geral, se assemelhava ao do final do Cretáceo.

Eocénico (53-35 milhões de anos atrás)[editar | editar código-fonte]

No início da época as aves ainda eram os predadores dominantes, porém com o tempo mamíferos carnívoros se desenvolveram e as substituíram. Também surgiram os primeiros grandes mamíferos. No início da época o clima tropical se espalhava até as regiões polares; porém, ao final dessa época, o clima começa a se esfriar, a vegetação próxima aos polos começa a se tornar semelhante às de tundra e taiga e tem início o processo de congelamento dos polos. Estas alterações causam uma considerável extinção, o que marcou o final desta época.

Oligocénico (36-23 milhões de anos atrás)[editar | editar código-fonte]

O clima começa a se tornar mais semelhante ao atual, embora ainda seja, em geral, mais quente. O domínio dos mamíferos se confirma, com exceção das regiões mais isoladas. A flora já se torna bem semelhante à atual.

Fauna e flora do período[editar | editar código-fonte]

A fauna do paleogénico se caracteriza pelos mamíferos primitivos (com parentesco distante aos atuais) e pelas aves do terror. As aves do terror foram as primeiras a ocupar o topo da cadeia alimentar após a extinção dos dinossauros, porém já em meados do Neogénico mamíferos primitivos carnívoros, como os mesoniquíos e os creodontes, já as haviam substituído na maior parte do mundo, exceto nas regiões mais isoladas do globo. No tocante a flora do paleogénico, esta era, ainda, bem semelhante à predominante no Cretáceo, embora se destaque um maior desenvolvimento das angiospermas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Paleogeno
Ícone de esboço Este artigo sobre Geologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.