Paraceratherium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaParaceratherium
Paraceratherium bugitense

Paraceratherium bugitense
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Classe: Mammalia
Infraclasse: Placentalia
Ordem: Perissodactyla
Superfamília: Rhinocerotoidea
Família: Hyracodontidae
Subfamília: Indricotheriinae
Tribo: Indricotheriini
Género: Paraceratherium
Espécies
P. transouralicum

P.bugitense
P.orgosensis
P.prohorovi
P.zhajremensis

O chamado "rinoceronte-girafa" ou Paraceratherium (tido como sinônimo de Indricotherium e Baluchitherium por alguns especialistas) foi um rinoceronte extinto gigantesco (sendo provavelmente o maior mamífero terrestre que o mundo já conheceu), tendo vivido durante o Oligoceno na Ásia, há aproximadamente 30 milhões de anos. Ele chegava a pesar mais de 17 toneladas e medir pouco mais de 5,5 metros de altura e 9 de comprimento, sendo que normalmente alcançava 4,5 metros de altura e pesava 15 toneladas os machos e 12 as fêmeas.

Os rinocerontes desse gênero são considerados os mais pesado dos mamíferos terrestres. Os hábitos do Paraceratherium lembrariam os da girafa, comendo folhagens a 7 metros de altura onde outros animais menores não alcançariam. Esses animais definitivamente preencheram o nicho ecológico deixado pelos dinossauros, que posteriormente seria ocupado até o presente momento pelos elefantes.

Sua área de ocorrência devia ser limitada apenas a Ásia Central e ao extremo sul do Paquistão. Seus fósseis nunca foram encontrados em qualquer outra região.

Os rinocerontes-girafa foram os maiores mamíferos que já andaram sobre a face da terra. Eram tão grandes que, segundo sugerido pelo documentário Walking with Beasts, produzido pela BBC de Londres, um espécime de três anos apenas, longe de alcançar o tamanho do macho adulto, já não tinha qualquer inimigo natural, podendo tomar conta de si mesmo. O único mamífero terrestre que poderia um dia rivalizar em tamanho com o indricotherium foi o gigantesco Mammuthus sungari, uma espécie de mamute que habitou o deserto de Gobi até 10 000 anos atrás, muito tempo depois do "reinado" dos rinoceronte girafa.

Ícone de esboço Este artigo sobre Perissodáctilos pré-históricos, integrado ao WikiProjeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.