Paul McGrath

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paul McGrath
Informações pessoais
Nome completo Paul McGrath
Data de nasc. 22 de outubro de 1964 (49 anos)
Local de nasc. Ealing,  Reino Unido
Altura 1,88
Apelido God
Informações profissionais
Posição Zagueiro (aposentado)
Clubes de juventude
Pearse Rovers
Dalkey United
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1981–1982
1982–1989
1989–1996
1996–1997
1997
1997-1998
República da Irlanda St Patrick's Athletic
Inglaterra Manchester United
Inglaterra Aston Villa
Inglaterra Derby County
Inglaterra Sheffield United (E.)
Inglaterra Sheffield United
27 (4)
163 (2)
252 (9)
24 (0)
7 (0)
5 (0)
Seleção nacional
1985-1997 Flag of Ireland.svg Irlanda 083 0(8)

Paul McGrath (Ealing, Inglaterra, 4 de dezembro de 1959) é um ex-futebolista inglês que preferiu atuar pela Seleção da Irlanda.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nascido em Ealing, pequena cidade próxima a Londres, devido ao fato de sua mãe temer uma desaprovação da família pelo fato do pai da criança ser negro, McGrath passou por vários orfanatos em Dublin antes de sua mãe o reencontrar.

Antes de ser tornar profissional, ele trabalhou na indústria e como segurança particular. Enquanto isso, treinava em clubes menores onde chamou a atenção de um olheiro do Manchester United, chamado Billy Behan. Na Irlanda, atuou alguns anos no St Patrick's, clube da capital Dublin, onde brilhou e foi premiado como jogador do ano.

Em 1982, foi trazido para os Red Devils, onde atuou inicialmente como meio-campista, só depois sendo recuado para a defesa. Foi nesta posição que ele se encontrou, sendo vigoroso na marcação e inteligente no modo de antecipar a jogada dos atacantes. No Manchester, no entanto, conquistou apenas um título: a FA Cup de 1984.

Novos ares e decadência[editar | editar código-fonte]

Na “era Ferguson”, seguidas lesões no joelho e os problemas com o alcoolismo começaram a atrapalhar a carreira do defensor, que não conseguiu se firmar na equipe. Em 1989, ele acabou trocando o United pelo Aston Villa.

Em sua temporada de estreia, Paul quase foi campeão inglês com os Villains, e na segunda, depois de enfrentar a briga contra o rebaixamento, viu sua equipe ficar de novo com o vice-campeonato. Considerado um "God" (Deus) para os torcedores do Villa, McGrath teve uma ótima fase na equipe, mesmo enfrentando problemas com lesões e o abuso de álcool.

Em 1996, deixou a equipe para atuar no Derby County, onde ficou apenas uma temporada. Logo se transferiu para o Sheffield United, onde encerrou a carreira em 1998, aos 38 anos. Mergulhado no vício da bebida, o defensor lançou uma biografia (“Back from the Brink”), contando como acabou superando o vício e os problemas físicos.

Ídolo de verde e branco[editar | editar código-fonte]

Vestindo a camisa da seleção da Irlanda, foi um dos astros da ascensão deste país a partir do final dos anos 80. Estreou em 1985, e durante o começo da era dourada vivida sob o comando de Jack Charlton, jogava no meio-campo, devido à grande concorrência na defesa.

Em 1988, foi com a Irlanda para a Eurocopa daquele ano, mas sua equipe ficou ainda na primeira fase. Dois anos depois, porém, experienciou a maior conquista do país na história do futebol: a campanha da Copa do Mundo.

Naquela Copa, a Irlanda praticou um futebol que não tinha medo nem pudor de ser excessivamente defensivo. Já na defesa, McGrath protagonizou a histórica campanha de uma seleção que não venceu um jogo da Copa e, mesmo assim, foi para as quartas-de-final, só caindo com uma derrota para a os anfitriões italianos.

Quatro anos depois, estava defendendo sua seleção nos Estados Unidos. Na estreia, ele e seus companheiros se vingaram da Itália, e garantindo a surpreendente vitória ao salvar um gol que seria feito por Roberto Baggio. Desta vez, a sorte irlandesa pararia diante dos holandeses, nas oitavas-de-final.

Em 1997, encerrou a carreira na seleção, sendo um dos símbolos da geração mais bem sucedida do futebol irlandês.

Bandeira de República da IrlandaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas irlandeses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.