Ricardo Eletro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ricardo Eletro Ltda.
Ricardoeletro.JPG
Filial no Shopping Cidade, em Belo Horizonte.
Slogan AQUI TEM DONO!
Tipo Privada
Indústria Varejista
Fundação 1989
Sede Belo Horizonte, Brasil
Proprietário(s) Máquina de Vendas
Página oficial www.ricardoeletro.com.br

Ricardo Eletro, pertencente a varejista Máquina de Vendas, é uma rede brasileira de varejo especializada em eletrodomésticos, com sede em Belo HorizonteMinas Gerais. Foi fundada por Ricardo Nunes em 1989, como a primeira loja na cidade de DivinópolisMG tendo apenas 20m², atualmente possuindo sob sua marca lojas espalhadas por nove estados do país.

O projeto de expansão teve início em 2007, com a compra da rede Mig[1] . Atualmente,a Ricardo Eletro tem 268[2]  lojas em Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás, Distrito Federal, Bahia, Sergipe, Rio de Janeiro e interior de São Paulo (cidades de Pontal, Orlândia, São Joaquim da Barra, Jardinópolis, Franca, Ituverava, Sertãozinho e Monte Alto) e divididas em 3 modelos diferenciados; lojas de rua, lojas de shopping e megastore. Além disso, são cinco grandes centros de distribuição localizados estrategicamente e garantem a entrega em todo o país[3] .

A primeira loja foi inaugurada em meados dos anos 90, em Divinópolis, cidade natal do fundador, Ricardo Nunes, e hoje é líder em Minas Gerais[4] . A Ricardo Eletro cresceu com a disposição de cobrir qualquer oferta dos concorrentes.[5]

Mudança[editar | editar código-fonte]

No dia 29 de março de 2010 a rede Ricardo Eletro se juntou a rede de varejo Insinuante[6] [7]   Empresa que fora fundada em Vitoria da ConquistaBahia e começou a operar em 1959 e atualmente possui 268 lojas, em todos os Estados do Nordeste mais Rio de Janeiro e Espírito Santo. O modelo de negócios da Máquina de Vendas prevê a manutenção de ambas as bandeiras por acreditar que o forte da atuação é a marca, que atende as demandas e expectativas regionais de seus consumidores.[8]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. 1.    Cade aprova compra das Lojas Mig pela Ricardo Eletro. Estadão.10/10/2007. Página visitada em 13/02/2014. (http://www.estadao.com.br/noticias/economia,cade-aprova-compra-das-lojas-mig-pela-ricardo-eletro,63087,0.htm)
  2. 3.   A máquina ajusta as engrenagens. IstoÉ Dinheiro (11/10/2013). Página visitada em 12 de fevereiro de 2014.  (http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/131544_A+MAQUINA+AJUSTA+AS+ENGRENAGENS)
  3. 1.  Ricardo Eletro e Insinuante criam nova gigante do varejo. G1. 29/3/2010. Página visitada em 13/02/2014 (http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,MUL1548809-9356,00.html)
  4. 1.    Ricardo Nunes:“Aprendi vendendo mexerica”. Época. 01/4/2010. Página visitada em 13/02/2014. http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI130817-15259,00.html
  5. 1.    DE VENDEDOR DE TANGERINAS A DONO DE REDE BILIONÁRIA. Época Negócios. 20/5/2013. Página visitada em 13/02/2014 (http://epocanegocios.globo.com/Inspiracao/noticia/2013/05/de-vendedor-de-tangerinas-dono-de-rede-bilionaria.html)
  6. http://economia.ig.com.br/empresas/comercioservicos/insinuante+e+ricardo+eletro+anunciam+fusao/n1237565573638.html
  7. http://oglobo.globo.com/economia/fusao-de-ricardo-eletro-insinuante-bem-recebida-mas-analistas-dizem-que-gestao-sera-um-3032056
  8. 1.    Máquina de Vendas compra rede Eletro Shopping e retoma 2ºlugar no varejo. Estadão (21/07/2011). Página visitada em 12/02/2014. (http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,maquina-de-vendas-compra-rede-eletro-shopping-e-retoma-2-lugar-no-varejo,747824,0.htm)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.