Álvares Machado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Álvares Machado
  Município do Brasil  
Santuário Morada de Deus
Santuário Morada de Deus
Símbolos
Bandeira de Álvares Machado
Bandeira
Brasão de armas de Álvares Machado
Brasão de armas
Hino
Lema Omnia patria
"Tudo Pela Pátria"
Apelido(s) "Cidade dos Caminhoneiros"
"Brejão"
Gentílico machadense
Localização
Localização de Álvares Machado em São Paulo
Localização de Álvares Machado em São Paulo
Álvares Machado está localizado em: Brasil
Álvares Machado
Localização de Álvares Machado no Brasil
Mapa de Álvares Machado
Coordenadas 22° 04' 44" S 51° 28' 19" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Municípios limítrofes Alfredo Marcondes(N), Tarabai (S), Pirapozinho (S), Presidente Prudente (L), Presidente Bernardes (O)
Distância até a capital 576 km
História
Fundação 19 de março de 1916 (103 anos)
Aniversário 30 de novembro
Administração
Prefeito(a) Roger Gasques (PSDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 346,283 km²
População total ([2]) 24 651 hab.
Densidade 71,19 hab./km²
Clima subtropical (Cfb)
Altitude 475 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [3]) 0,772 alto
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 179 006,468 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 7 554,93

Álvares Machado é um município brasileiro do estado de São Paulo. Sua população estimada em 2004 era de 24.609 habitantes. O município é formado pela sede e pelo distrito de Coronel Goulart[5][6].

História[editar | editar código-fonte]

O fundador de Álvares Machado, Manuel Francisco de Oliveira, natural de Alfenas, em 1916 chegou ao local denominado Brejão, próximo ao córrego do Leite, adquirindo as terras de propriedade da viúva de Manuel Pereira Goulart, na Fazenda Pirapó. Lá construiu sua casa e um estabelecimento comercial, que passou a atrair outros moradores para o local.[7]

No ano de 1919, os trilhos da Estrada de Ferro Sorocabana atingiram a região. Manoel, diante do interesse dos povoadores, loteou as terras em 1921. O governo do estado alterou o nome da estação ferroviária de Brejão para Álvares Machado, em homenagem a Francisco Álvares Machado e Vasconcelos. O transporte ferroviário, aliado à fertilidade das terras, foi o fator de desenvolvimento do núcleo, que passou a Distrito de Paz em 26 de dezembro de 1927.[7]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Eventos[editar | editar código-fonte]

Dia da Independência Nacional e no dia da fundação do município, acontecem desfiles, onde alunos de escolas e academias, entre outros, desfilam pela Avenida das Américas, a principal da cidade, com fantasias e faixas.

  • Undo-kai - Gincana esportiva familiar nipo-brasileira. Geralmente realizada em Setembro dentro associação japonesa;
  • Shokon-sai - Realizada no 2º domingo de julho, no cemitério japonês, desde 1920, em homenagem aos falecidos.
  • SBIRIGNIGHT FEST - Antiga festa realizada pela família Bordin em um sítio no bairro Jardim Horizonte
  • Festa do Asilo - No mês de julho, desde 1980. Toda renda é destinada ao Asilo São Vicente de Paulo.
  • Torneio nacional de karatê Wadoryu - Realizado em julho no ginásio municipal de esportes.
  • Semana da Criança - Realizada anualmente no mês de outubro, desde 1989, oferecendo lazer a todas as crianças do município.
  • Semana do município - Realizada na última semana do mês de novembro, desde 1989. São desenvolvidas nesta semana :
  • Exposição de artes; desfiles com todas as entidades do município e fanfarras das cidades vizinhas; shows musicais; Concurso de fanfarras; Gincanas esportivas e culturais.
  • Clube Costa & Cia Lazer - Motocross finais de semana, rota de ciclistas, aeromodelistas, e som automotivo.
  • FACAM- Feira Agropecuaria e Comercial de Alvares Machado, sempre realizada no mês de novembro em comemoração ao aniversário da cidade.

Pontos Turísticos[editar | editar código-fonte]

  • Cemitério Japonês
  • Museu do Padre Nakamura (Monsenhor Domingos Nakamura)
  • Museu Histórico Municipal "Manoel Francisco de Oliveira"
  • Praça Getúlio Vargas
  • Praça da Igreja Matriz
  • Santuário Morada de Deus
  • Hotel Resort Campo Belo
  • Facam
  • Clube Luso-Brasileiro
  • Micro@rt lan house
  • Casa do Slash
  • Recanto da Miriam
  • Chacrinha
  • Pracinha do Carlito
  • Bar do Pradinho

Geografia[editar | editar código-fonte]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Diversos córregos: do Limoeiro; São Geraldo; do Macaco; do Matadouro; da Paca; do Brejão; Ouro Verde; e Pirapozinho.

Transporte[editar | editar código-fonte]

Linha de ônibus Jandaia, intermunicipal, que liga às cidades limítrofes e a seus distritos.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Saneamento Básico (SABESP)

  • Sede

Água 5147 ligações (SABESP)

Esgoto 3.054 ligações

  • Coronel Goulart

Água 148 ligações

  • Parque dos Pinheiros

Água 1.644 ligações (SABESP)

Energia Elétrica (ENERGISA)

  • Sede 4.330 ligações
  • Parque dos Pinheiros e Jardim Panorama 1.260 ligações

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade foi atendida pela Empresa Telefônica Paulista[8][9] até 1973, quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[10], que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[11], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[12] para suas operações de telefonia fixa.

Economia[editar | editar código-fonte]

  • Estabelecimentos Comerciais 301
  • Estabelecimentos Industriais na Sede 50
  • Estabelecimentos Industriais no Núcleo Industrial 07

Bancos[editar | editar código-fonte]

  • Banco Brasileiro de Descontos S.A. - Bradesco
  • Banco do estado de São Paulo - SANTANDER
  • Banco do Brasil S.A.
  • Banco do Povo

Agricultura[editar | editar código-fonte]

Produz: milho, algodão, feijão, amendoim, macadâmia, grande variedade de frutas e verduras, sendo que a uva Itália, o produto mais destacado.

Pecuária[editar | editar código-fonte]

Rebanho Bovino de Corte - 17.000 cabeças

Rebanho Bovino de Leite - 2.000 cabeças

Rebanho Bovino Misto - 14.000 cabeças

Produção de Leite Anual

Tipo B - 239.000 litros

Tipo C - 2.375.000 litros

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  2. São Paulo » Álvares Machado » síntese das informações » população residente - cartogramas
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. Arquivado do original em 3 de outubro de 2009 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  5. «Municípios e Distritos do Estado de São Paulo» (PDF). IGC - Instituto Geográfico e Cartográfico 
  6. «Divisão Territorial do Brasil». IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 
  7. a b «Álvares Machado». IBGE. Consultado em 12 de janeiro de 2018 
  8. «Relação do patrimônio da Empresa Telefônica Paulista incorporado pela Telesp» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo 
  9. «Telesp assume controle da Cia. Telefônica Rio Preto e da Empresa Telefônica Paulista». Acervo O Estado de São Paulo 
  10. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  11. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  12. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Álvares Machado
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.