4 Intimate Nights with Beyoncé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
4 Intimate Nights with Beyoncé
Poster oficial dos shows em Nova Iorque.
Concerto de Beyoncé
Local Roseland Ballroom
Nova Iorque
Álbum associado 4
Data(s) 14 –19 de Agosto de 2011
Cronologia de concertos de Beyoncé
I Am... Yours
(2009)


4 Intimate Nights with Beyoncé são shows de 2011 realizados pela cantora norte-americana Beyoncé para promover seu quarto álbum de estúdio 4. Os concertos foram realizados no Roseland Ballroom em Nova Iorque, nos dias 14, 16, 18 e 19 de Agosto. O primeiro show teve todos seus ingressos esgotados nos primeiros 22 segundos de venda.

Algumas celebridades estavam presente no evento como Adrienne Bailon, Diddy, Lady Gaga, Erica Campbell, Jay-Z, Ne-Yo, Paul McCartney, The-Dream e Russell Simmons.[1][2]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

No dia 5 de Agosto, o site oficial de Beyoncé divulgou que a mesma iria apresentar 4 shows intimistas no Roseland Ballroom na cidade de Nova Iorque, adiantando que Beyoncé iria cantar suas músicas do álbum 4.[3] No dia 10 de agosto começaram as vendas de ingressos para o primeiro show pela na ticketmaster, e dentro de 22 segundos todos os ingressos esgotaram, e os das demais noites venderam dentro de minutos.[4]

Sobre o show[editar | editar código-fonte]

Moda e palco[editar | editar código-fonte]

Durante os shows realizados Beyoncé vestiu um mini-vestido dourado lamé de cortesia de sua mãe, Tina Knowles, e sapatos por Stuart Weitzman.[5][6] Ela usava um slinky dourado cintilante.[7] Beyoncé foi acompanhada no palco por quatro dançarinas vestindo collants pretos cintilantes.[8] Marcus Barnes do Daily Mail descreveu Beyoncé "escolha como fabulosa do jeito que rebolava no palco."[9] Georgette Cline da AOL afirmou que "Tina Knowles acertou no vestido metálico que exibiu suas curvas e exigiu a atenção do público no palco. [10]

Já no palco, Beyoncé foi apoiado por 20 membras da sua banda só de mulheres e uma orquestra.[11] A banda composta por uma baterista, tecladista e guitarrista e uma secção de metais e uma orquestra.[12] A banda também tinha, entre outros, duas saxofonistas, um guitarrista, uma seção de cordas de sete peças, uma pianista e uma maestra.[13] Jon Caramanica do The New York Times observou que "a banda só de mulheres desempenhou um espetáculo importante para o desempenho de Beyoncé".[13] Normalmente conhecida por se apresentar em arenas que acomodam 20 mil ou mais pessoas, Beyoncé cantou no Roseland, que tem uma capacidade máxima de 3.200 pessoas.[14]

Concerto[editar | editar código-fonte]

Beyoncé executando "Run the World (Girls)" durante um dos concertos do evento.

O show começa com Beyoncé subindo no palco dizendo: "Este vai ser um pouco diferente para todos vocês. Vai ser mais íntimo,[7] ela começa revelando várias histórias de sua história musical, incluindo antes das audições com as Destiny's Child a partir dos nove anos, o envolvimento precoce e frequente de seu pai na gestão da carreira de sua filha e o contrato com a Elektra Records.[15] Depois de aprofundar em sua história musical, Beyoncé afirma "Eu só quero ter um bom tempo com vocês", antes de ela começar suas música, ela canta sua versão de "I Wanna Be Where You Are".[16] Após disso, Beyoncé começa um medley dos hits das Destiny's Child, parando a cada faixa para discutir sua vida e mentalidade durante cada estágio de sua carreira.[15] Durante a sua performance de "Independent Women", ela revela como seu pai, Matthew Knowles, apresentou a faixa sem sua permissão, para a trilha sonora de "As Panteras", revelou que ela queria escrever uma canção que, "celebraria as curvas de uma mulher", inspirada por um solo de guitarra de Stevie Nicks na música "Edge of Seventeen" para "Bootylicious" e afirmou: "Com muito sucesso vem muita negatividade ... eles estavam sendo desagradável, mas me inspiraram" disse antes de executar Survivor". .[16]

Depois de "'03 Bonnie & Clyde", a canção final do medley, Beyoncé começou a contar a história de como o seu primeiro álbum foi feito, afirmando que "[A gravadora] me disse que eu não tinha uma canção no meu álbum. Eu acho que eles foram meio que certo. Eu tinha cinco!"[15] Beyoncé que continuou com uma versão desacelerada de "Crazy in Love".[15] Durante "Irreplaceable", Beyoncé tem a multidão para ajudá-la em sua performance. Depois de declarar "Em 04 de abril de 2008, alguém colocou um anel no meu dedo" Beyoncé tem a audiência, que continha tanto os homens e mulheres entre as idades 8 à 38, balançando suas mãos para o hit que ficou em número um na Billboard Hot 100, "Single Ladies (Put a Ring on It)".[16][17]

Beyoncé que começa a realizar praticamente todas as músicas do 4, começando com "1+1", onde ela se encontra de joelhos em cima de um piano envolto em fumaça e luzes vermelhas, lembrando a sua performance no American Idol.[16] Beyoncé continua com a tracklist original do 4, depois de "1+1", com uma interpretação de "I Care", onde ela "bateu" seu cabelo durante a batida sinistra da música, ao trazer a música para a vida com vocais imaculado.[6] "I Miss You" começa com a realização Beyoncé sentada, só para depois ser ficar em pé, enquanto cantava as músicas terminando com vocais adicionais e instrumentação. "Best Thing I Never Had" segue depois, com uma ligeira alteração na melodia músicais. Beyoncé vai para "Party", enquanto a multidão balançava os braços para trás e para frente e estendeu o "hey" para cada verso.[16] Beyoncé que começou a cantar com as The Mamas durante "Rather Die Young", antes de seguir uma versão muito coreografada de "Love on Top", que foi dada uma revisão ótima.[6] Beyoncé iria começar a contagem regressiva de "Countdown" permitindo que o público depois de terminar a contagem regressiva de nove para um. "End of Time" e "Run the World (Girls)" foi as últimas animadas e as mais esperadas[15] O show termina com a última canção, a balada "I Was Here" com "Roseland, estávamos aqui."[15]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

No dia 15 de agosto o jornalista Mike Was do Idolator, que esteve escreveu uma nota sobre o show.

Jason Newman de Rap-Up deu ao show uma análise muito positiva, afirmando que "Para uma cantora muito acostumados a estádios, show de domingo foi o desempenho mais íntimos a maioria dos fãs iria ver a partir do superstar onipresente."[15] Newman favoreceu a a capacidade exibida por Beyoncé tanto a resistência e vigor, o que faz para um show em estádio perfeito.[15]

Brad Wete do Entertainment Weekly deu ao show uma revisão positiva, afirmando que ele prova que "Beyoncé é maior do que qualquer salão".[19] Wete continuou o seu elegio para Beyoncé afirmando "[...] sua excelência é inegável. Seus vocais contemporâneos compete com as lendas, como sua dança", terminando com a sua revisão "Eu estou ansioso para vê-la em um grande palco, onde há mais espaço para sua voz para soar, com mais espaço para sua banda tocar, e espaço para sua seus fãs dançarem."[19]

Gravações[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Live at Roseland: Elements of 4
Logotipo do DVD Live at Roseland

A fotógrafa Myrna Suarez foi a responsável por registrar as fotos oficiais dos concertos.[20][2] Na ultima apresentação de Beyoncé que foi realizada no dia 20 de Agosto, ela anunciou ao publico que o show daquela noite estava sendo filmado para ser lançado em um DVD posteriormente.[21] Como parte da divulgação do DVD, o banco Citibank obteve exclusividade e divulgou quatro vídeos dos bastidores dos shows em um aplicativo da sua conta oficial no facebook.[22]No dia 26 de Outubro o site oficial de Beyoncé anunciou que o DVD iria ser lançado dia 21 de novembro com exclusividade na Walmart e a partir do dia 29 de novembro nas demais lojas.[23]

Um DVD chamado Live at Roseland: Elements of 4 foi lançado com as imagens do concerto. Ele teve duas versões, uma simples com apenas um disco que foi lançado no dia 21 de novembro de 2011 exclusivamente nas lojas Wal-Mart,[24] e outra que foi lançado mundialmente no dia 29 de novembro do mesmo ano contendo dois discos, com um mini-documentário, sete videoclipes referente a faixas do álbum 4 e making-of dos concertos.

Músicas[editar | editar código-fonte]

  1. "I Wanna Be Where You Are" (The Jackson 5 cover)
  2. Destiny's Child Medley:
    1. "No, No, No Part 1"
    2. "No, No, No Part 2"
    3. "Bug a Boo"
    4. "Bills, Bills, Bills"
    5. "Say My Name"
    6. "Independent Women"
    7. "Bootylicious"
    8. "Survivor"
  3. "'03 Bonnie & Clyde"
  4. "Crazy in Love"
  5. "Dreamgirls"
  6. "Irreplaceable"
  7. "Single Ladies (Put a Ring on It)"
  8. "1+1"
  9. "I Care"
  10. "I Miss You"
  11. "Best Thing I Never Had"
  12. "Party"
  13. "Rather Die Young"
  14. "Love on Top"
  15. "Countdown"
  16. "End of Time"
  17. "Run the World (Girls)"
  18. "I Was Here"

Fonte:[25]

Notas
  • Durante as apresentações a faixa "Star Over" foi a única canção da edição standard do 4 a não ser executada. [26]
  • "Bug a Boo" foi adicionada a lista de músicas a partir da segunda apresentação no dia 16 de Agosto.[1]

Datas[editar | editar código-fonte]

Data Cidade País Local
América do Norte [27]
14 de Agosto de 2011 Nova Iorque Estados Unidos Roseland Ballroom
16 de Agosto de 2011
18 de Agosto de 2011
19 de Agosto de 2011

Referências

  1. a b Gavin DeGraw: Posted. «Review: Beyonce 4 Intimate Nights With Beyonce Roseland Ballroom | Vh1 Blog». Blog.vh1.com. Consultado em 17 de agosto de 2011 
  2. a b «Beyoncé Dazzles in New York | The Official Beyoncé Site». Beyonceonline.com. Consultado em 18 de agosto de 2011. Arquivado do original em 29 de março de 2012 
  3. «BEYONCÉ TO PERFORM '4 INTIMATE NIGHTS WITH BEYONCÉ' AT NEW YORK'S ROSELAND BALLROOM» (em inglês). BeyonceOnline.Com. Consultado em 5 de Agosto de 2011. Arquivado do original em 9 de agosto de 2011 
  4. «'4 INTIMATE NIGHTS WITH BEYONCÉ' CONCERTS SELL OUT INSTANTLY» (em inglês). BeyonceOnline.Com. Consultado em 10 de Agosto de 2011. Arquivado do original em 16 de agosto de 2011 
  5. Marcus Barnes. «Beyoncé dazzles on 1st night of sell-out run at Roseland Ballroom in New York | Mail Online». Dailymail.co.uk. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  6. a b c «Beyonce's Intimate Night At Roseland Ballroom: Idolator Review | Music News, Reviews, and Gossip on». Idolator.com. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  7. a b By Jody Rosen. «Beyonce Gets Intimate in First of '4' Roseland Ballroom Shows | Rolling Stone Music». Rollingstone.com. Consultado em 16 de agosto de 2011 
  8. Up for Discussion Jump to Forums (14 de setembro de 2009). «Beyonce Owns NYC in '4' Concert Debut - The Juice». Billboard.com. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  9. Marcus Barnes. «Beyoncé dazzles on 1st night of sell-out run at Roseland Ballroom in New York | Mail Online». Dailymail.co.uk. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  10. Posted Aug 15th 2011 12:55PM by Georgette Cline Comments. «Beyonce Kicks Off Intimate Roseland Shows - Watch». The Boombox. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  11. «Beyonce Ruled New York in '4′ Concert Debut Performance». PopCrush. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  12. Barrett, Annie. «Beyonce performs first of four-night run of her new '4' album at small NYC theater - an EW review | The Music Mix | EW.com». Music-mix.ew.com. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  13. a b Jon Caramanica (15 de agosto de 2011). «Closer to Her Fans and Further Away From Her Past». The New York Times. Consultado em 16 de agosto de 2011 
  14. Gavin DeGraw: Posted. «Beyonce 4 Intimate Nights With Beyonce Roseland Ballroom | Vh1 Blog». Blog.vh1.com. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  15. a b c d e f g h «Concert Review: Beyoncé Reigns at Roseland Ballroom». Rap-Up.com. 18 de outubro de 2010. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  16. a b c d e Up for Discussion Jump to Forums (14 de setembro de 2009). «Beyonce Owns NYC in '4' Concert Debut - The Juice». Billboard.com. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  17. Vena, Jocelyn (4 de abril de 2008). «Beyonce Serves Up Intimate Performance In NYC - Music, Celebrity, Artist News». MTV. Consultado em 17 de agosto de 2011 
  18. «Beyonce's Intimate Night At Roseland Ballroom: Idolator Review». Idolator. 15 de agosto de 2011. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  19. a b Barrett, Annie. «Beyonce performs first of four-night run of her new '4' album at small NYC theater - an EW review | The Music Mix | EW.com». Music-mix.ew.com. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  20. «Beyoncé Dazzles in New York | The Official Beyoncé Site». Beyonceonline.com. Consultado em 15 de agosto de 2011. Arquivado do original em 29 de dezembro de 2011 
  21. «Beyonce Confirms '4 Intimate Nights' DVD Release». That GrapeJuice. 21 de agosto de 2011. Consultado em 21 de agosto de 2011 
  22. «Citi Offers Exclusive Presale for '4 Intimate Nights with Beyonce' in New York». Market Watch. Consultado em 12 de Setembro de 2011 [ligação inativa]
  23. «Beyoncé: Possível data de lançamento do clipe "Party" e novo DVD.». Geração F5. Consultado em 22 de Outubro de 2011 [ligação inativa]
  24. «4 Live At Roseland (Walmart Exclusive) (Music DVD)». Wal-Mart. Consultado em 28 de agosto de 2011 
  25. «CONCERT REVIEW: BEYONCÉ REIGNS AT ROSELAND BALLROOM». Jason Newman. Rap Up. Consultado em 15 de agosto de 2011 .
  26. «Beyoncé Kicks Off Intimate New York Concerts [Video]». Rap-Up.com. 18 de outubro de 2010. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  27. «Beyonce to Perform 4 Nights at the Roseland Ballroom! | The Official Beyoncé Site». Beyonceonline.com. Consultado em 15 de agosto de 2011. Arquivado do original em 16 de agosto de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]