I Was Here

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"I Was Here"
Canção de Beyoncé
do álbum 4
Gravação 2010 - 2011
Gênero(s) New age, R&B, pop, soul
Duração 4:00
Gravadora(s) Columbia
Composição Diane Warren
Produção Ryan Tedder, Brent Kutzle (co-produtor)
Faixas de 4
End of Time
(10)
Run the World (Girls)
(12)

"I Was Here" é uma canção da cantora americana Beyoncé Knowles , de seu quarto álbum de estúdio 4. Ela foi escrita por Diane Warren , enquanto a produção foi feita por Ryan Tedder, Kutzle Brent, Knowles e Kuk Harrell. A canção é uma balada reflexiva, em que Beyoncé está vulnerável as opiniões seu passado, querendo deixar um impacto no mundo antes de seu tempo neste mundo acabe. O desenvolvimento da canção foi motivada pelos ataques de 11 de setembro de 2001.

"I Was Here" recebeu críticas positivas dos críticos de música que favoreceram o desempenho vocal de Beyoncé, que é complementado por piano, teclas e pesado tambor bate. Após o lançamento do 4 no início de julho de 2011, "I Was Here" alcançou o número 131 no UK Singles Chart e no número 74 sobre o Singles Chart Swiss. Mais tarde no mesmo mês, a canção foi incluída na trilha sonora para a final da Copa do Mundo de Futebol Feminino. A canção foi a escolhida pela emissora ABC para uma homenagem às vítimas dos atentados de 11 de setembro, após 10 anos.[1]

Antecedentes e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Diane Warren (foto), queria trabalhar com Knowles desde Destiny's Child, mas revelou que "I Was Here" foi o momento perfeito.[2]

"I Was Here" foi escrita por Diane Warren e foi produzido por Ryan Tedder, Kutzle Brent, Knowles e Kuk Harrell. Warren revelou em uma entrevista para o "PopWrap" no dia 01 de junho de 2011, que ela contribuiu para o álbum "4". Ela declarou: "Eu acabei de escrever algo de uma semana e meia atrás, que Beyoncé está gravado e eu acho que é a melhor coisa que eu já escrevi. Cantou-la incrivelmente. Eu acho que é uma canção da carreira e, provavelmente, minha favorita que eu já escrita [...] agora."[2] A partir de 16 de junho de 2011 a 27 de junho, uma música de 4 estava disponível para ouvir na íntegra a cada dia no site oficial de Beyoncé, com a sua foto do encarte do álbum e uma citação esclarecedora.[3] Em 26 de junho de 2011, "I Was Here" foi a décima primeira música a ser escolhida. A citação encontrada foi por Warren falando da concepção da música:

Em 19 de julho de 2011, "I Was Here" foi a escolhida para trilha sonora para a final da Copa do Mundo de Futebol Feminino.[5] Em 22 de julho de 2011, Knowles falou com a agência Reuters sobre o desenvolvimento da canção.[6] Beyoncé revelou que a canção foi inspirada pelos Ataques do 11 de Setembro, afirmando "Eu recebi um telefonema de Diane, e ela tocou a música na guitarra por telefone, e eu disse: "Oh meu deus, eu tenho que ter essa música." É o décimo aniversário do acontecido e eu pensei: "Uau, isso realmente completa o meu álbum."[6]

Composição[editar | editar código-fonte]

Como afirma Georgette Cline da AOL Music e David de PopMatters , "I Was Here" é um ritmo de baixa balada que liricamente caracterizada por Beyoncé como a protagonista feminina que quer deixar sua marca nesta terra antes de seu tempo aqui."[7][8][9] Matthew Perpetua da revista Rolling Stone a declarou como: "a canção que interrompe o fluxo de canções dançantes na segunda parte do álbum, bem como um clímax emocional agridoce para o álbum [...]",[10] "I Was Here" encontra vocais de Beyoncé acompanhados de piano e batidas de tambores fornecido pelo vocalista Ryan Tedder da banda OneRepublic e seus companheiros.[9]

"I Was Here" começa com a trêmula Reverberação de uma guitarra chorosa estabelecendo um clima apropriadamente sombrio por cerca de quinze segundos antes de batidas da música começar junto da voz de Beyoncé.[8] O último dá um tom silencioso e mórbido na música como ela traz doses de borda e areia, cantando: "Eu quero deixar minhas pegadas na areia do tempo / sei que havia algo que significava algo que deixei para trás / Quando eu deixar este mundo, vou deixar nenhum arrependimento / eu vou deixar algo para recordar, para que não se esqueçer [...]", antes de adotar um tom autoritário para entregar o coro : "Eu estava aqui / eu vivi, eu amei / eu foi aqui / eu fiz, eu fiz / Tudo o que eu queria / E foi mais do que eu pensei que seria / Eu vou deixar a minha marca para que todos saibam / Eu estava aqui [...]".[11] Spencer Kornhaber de The Atlantic elaborado sobre a composição da canção como se segue:

Video promocional[editar | editar código-fonte]

No dia 16 de Novembro Beyoncé liberou um video promocional de "I Was Here" no canal VEVO do Youtube para divulgar o lançamento do DVD Live at Roseland[13] misturadas com vídeos caseiros na infância, adolescência e juventude da Beyoncé, além de cenas com as Destiny's Child, projetos sociais, entrevistas com Oprah e para a CNN, recebimentos de Grammys, encontro com Michael Jackson, Etta James, Barack Obama, Tina Turner, Nelson Mandela, cenas dos DVDs The Beyoncé Experience Live e I Am... World Tour, performances mundialmente notórias como a de "The Star-Spangled Banner" - hino nacional dos Estados Unidos - no Super Bowl XXXVIII, o show realizado no Glastonbury Festival e de "Run the World (Girls)" no Billboard Music Awards 2011 e Surprise, Oprah! A Farewell Spectacular. Além de cenas com seus familiares como Mathew Knowles, Tina Knowles - durante um desfile da House of Deréon -, Jay-Z, Solange Knowles e Julez Knowles, o vídeo também tem cenas de Beyoncé se vestindo para seu casamento real. O vídeo também contém cenas do mini-documentário Mic and Light com vídeos pessoais da cantora.[14][nota 1]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

"I Was Here" recebeu críticas mistas dos críticos, muitos dos quais sentiram a mensagem da canção profunda demais para um artista como Knowles cantar, e criticou a colocação da música na lista de faixas de "4".[15] Horton Mateus da BBC critica a maneira que a canção foi colocação na lista de faixas de 4 , afirmando que "'Run the World (Girls)" parece uma faixa bônus dizendo que "I Was Here", soa como o final perfeito para o álbum."[16] Steve Jones dos USA Today mostrou apreço pela canção: "Aos 29 anos, Beyoncé parece um pouco jovem para se preocupar com seu legado, como ela faz na balada escrita por Warren. Mas ela coloca tanto sentimento nele que acaba sendo a canção mais tocante do álbum"[17]

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Posições[editar | editar código-fonte]

Tabelas musicais (2011) Melhor
posição
 AustráliaAustralian Singles Chart[18] 87
 AustráliaAustralian Urban Singles Chart[19] 26
 BélgicaUrban Singles Chart (Flandres)[20] 36
 Bélgica (Ultratop 40 de Flandres)[21] 16
 Coreia do SulInternational Singles Chart[22] 52
 Estados UnidosHot Dance Club Songs[23] 14
 HungriaHungarian Singles Chart[24] 6
 IrlandaIrish Singles Chart[25] 88
 Reino UnidoUK Singles Chart[26] 131
 Reino UnidoUK R&B Singles Chart[27] 37
SuíçaSwiss Singles Chart[28] 74

Notas

  1. Informação retirada do vídeo que foi liberado no youtube, no dia 16 de Novembro.

Referências

  1. «BEYONCÉ HONORS 9/11: "I WAS HERE"». BeyonceOnline.Com. 11 de setembro de 2011. Consultado em 11 de setembro de 2011 
  2. a b Wieselman, Jarett (1 de junho de 2011). «Diane Warren talks greatest hits, Beyonce & Due Voci». The New York Post. Paul Carlucci. News Corporation. Consultado em 2 de agosto de 2011 
  3. «Join Us As We Count Down To '4'». Beyoncé Knowles' Official Website. Consultado em 2 de agosto de 2011. Cópia arquivada em 18 de junho de 2011 
  4. «Beyoncé's New Album Out Now & Streaming In Full | The Official Beyoncé Site». Please note that you have to click on the cover art of 'I was Here' to see the quote. Beyoncé Knowles' Official Website. Consultado em 2 de agosto de 2011 
  5. «Beyoncé's "I Was Here" Provides The Soundtrack For The 2011 FIFA Women's World Cup Final | The Official Beyoncé Site». Beyoncé Knowles' Official Website. 19 de julho de 2011. Consultado em 2 de agosto de 2011 
  6. a b «Beyoncé Talks 'A Star Is Born' And 'I Was Here' With Reuters | The Official Beyoncé Site». Beyoncé Knowles' Official Website. Jly 22, 2011. Consultado em 2 de agosto de 2011  Verifique data em: |data= (ajuda)
  7. Amidon, David (29 de junho de 2011). «Beyoncé: 4». PopMatters. Consultado em 2 de agosto de 2011 
  8. a b Unterberger (8 de junho de 2011). «Beyoncé: 4 - I Was Here». PopDust. Consultado em 2 de agosto de 2011 
  9. a b Cline, Georgette (22 de junho de 2011). «Beyonce, 'I Was Here' From '4' LP - Exclusive Listen + Photo». The Boombox. AOL Inc. Consultado em 1 de agosto de 2011 
  10. Perpetua, Matthew (8 de junho de 2011). «Beyoncé's '4': A Track-by-Track Breakdown». Rolling Stone. Jann Wenner. Consultado em 2 de agosto de 2011  Texto " Music Reviews " ignorado (ajuda)
  11. Rosen, Jody (28 de junho de 2011). «Beyoncé's '4' Music Reviews». Rolling Stone. Jann Wenner. Consultado em 2 de agosto de 2011 
  12. Kornhaber, Spencer (8 de junho de 2011). «Snap Review: The Mixed Message of Beyoncé's '4'». The Atlantic. Atlantic Media Company. Consultado em 2 de agosto de 2011 
  13. «VIDEO PREMIERE: "I WAS HERE (LIVE AT ROSELAND)"». BeyonceOnline.Com. November 16th, 2011  Verifique data em: |data= (ajuda)
  14. «VIDEO: BEYONCÉ – 'END OF TIME' + 'I WAS HERE' (LIVE AT ROSELAND)». RapUp. November 16th, 2011  Verifique data em: |data= (ajuda)
  15. «Our Little Beyoncé's All Grown Up, and Other Observations From 4's Reviews». Daily News (New York). Mortimer Zuckerman. 30 de junho de 2011. Consultado em 2 de agosto de 2011 
  16. Horton, Matthew (22 de junho de 2011). «BBC - Music - Review of Beyoncé - 4». BBC Online. BBC. Consultado em 2 de agosto de 2011 
  17. Jones, Steve (27 de junho de 2011). «Beyonce shows a vulnerable side in album '4'». Sputnikmusic. Jeremy Ferwerda. Consultado em 2 de agosto de 2011 
  18. «Chartifacts – Week Commencing: 16th January 2012». Australian Recording Industry Association (ARIA). Cópia arquivada em 24 de janeiro de 2012 
  19. «Top 40 Urban Albums & Singles Chart». Australian Recording Industry Association (ARIA). Cópia arquivada em 15 de janeiro de 2012 
  20. «Beyoncé - I Was Here». Ultratop. 15 de janeiro de 2012 
  21. «Ultratop.be – Beyoncé – I Was Here» (em neerlandês). Ultratip. ULTRATOP & Hung Medien / hitparade.ch.
  22. « 에 대한 검색결과 입니다.». Gaon Chart. Consultado em 17 de Julho de 2011 
  23. «Club Dance, Hot Dance Songs». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 17 de setembro de 2012 
  24. «Hungarian Singles Chart – Top 10 lista» (em Hungarian). Mahasz. Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége. 10 de setembro de 2012. Consultado em 19 de setembro de 2012 
  25. «Top 100 Singles - Week ending 30th August 2012». Irish Recorded Music Association. Consultado em 31 de agosto de 2012. Cópia arquivada em 31 de agosto de 2012 
  26. «Chart Log UK: New Entries Update». Zobbel. Consultado em 9 de Setembro de 2011 
  27. «2012 Top 40 R&B Singles Archive 15th September 2012». Official Charts. Consultado em 9 de Setembro de 2011 
  28. «Beyoncé - I Was Here». Consultado em 20 de agosto de 2011