Abelisauridae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Como ler uma caixa taxonómicaAbelisauridae
Ocorrência: Jurássico? - Cretáceo
Abelisauridae figure 01.JPG

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Sauropsida
Superordem: Dinosauria
Ordem: Saurischia
Subordem: Theropoda
Infraordem: Ceratosauria
Superfamília: Abelisauroidea
Família: Abelisauridae
Bonaparte & Novas, 1985
Géneros

Abelisauridae é uma família (ou clado) de ceratossauros terópodes. Os abelisaurídeos existira em maior número durante o período Cretáceo, no antigo supercontinente austral de Gondwana, e hoje em dia os seus restos fósseis podem ser encontrados nos actuais continentes da África e América do Sul, bem como na Índia e em Madagáscar (e, mais recentemente, na península arábica[1] ).

Como a maioria dos terópodes, os abelisaurídeos eram carnívoros bípedes. Caracterizavam-se pelos fortes membros posteriores e pelos crânios extensivamente ornados, com sulcos e depressões. Nos abelisaurídeos mais tardios, como Carnotaurus, os membros anteriores tornaram-se vestigiais, o crânio ficou mais curto e desenvolveram-se cristas ósseas acima dos olhos. A maioria dos abelisaurídeos conhecidos teriam entre 5 e 9 metros de comprimento, desde a ponta do focinho à da cauda.

Em Portugal, é reconhecida a existência de Abelisauridae no Jurássico Superior na Formação da Lourinhã[2] .

Referências

  1. http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=678273
  2. Hendrickx, C., & Mateus O. (2014).  Abelisauridae (Dinosauria: Theropoda) from the Late Jurassic of Portugal and dentition-based phylogeny as a contribution for the identification of isolated theropod teeth. Zootaxa. 3759, 1-74.