Alberto da Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Alberto de Mecklemburgo)
Ir para: navegação, pesquisa
Alberto
Rei da Suécia
Reinado 18 de fevereiro de 1364
a 24 de fevereiro de 1389
Coroação 18 de fevereiro de 1364
Predecessores Magno IV e Haakon II
Sucessora Margarida
Duque de Mecklemburgo-Schwerin
Reinado 1 de setembro de 1384
a 1 de abril de 1412
Predecessor Magno I
Sucessor Alberto V
 
Esposas Ricarda de Schwerin
Agnes de Brunsvique-Luneburgo
Descendência Érico I, Duque de Mecklemburgo-Schwerin
Ricarda Catarina da Suécia
Alberto V, Duque de Mecklemburgo-Schwerin
Casa Casa de Mecklemburgo
Nascimento c. 1338
  Mecklemburgo, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 1 de março de 1412 (74 anos)
  Mecklemburgo, Sacro Império Romano-Germânico
Enterro Abadia de Doberan, Bad Doberan, Alemanha
Pai Alberto II, Duque de Mecklemburgo-Schwerin
Mãe Eufêmia da Suécia

Alberto (c. 13381 de abril de 1412) foi o Rei da Suécia de 1364 até ser deposto em 1389, e também Duque de Mecklemburgo-Schwerin como Alberto III de 1384 até sua morte. Foi chamado à Suécia e eleito rei pela alta nobreza do país, em rebelião contra Magno IV e Haakon VI. A sua presença na Suécia desencadeou um guerra civil durante oito anos. Em 1384, uniu a Suécia e Mecklemburgo. Durante todo o seu reinado, a presença alemã aumentou até criar uma reação geral contra ela - o povo e a nobreza sueca acabaram por pedir à rainha Margarida I da Dinamarca e da Noruega que ajudasse a derrubar Albrekt. Na batalha de Åsle, travada na Västergötland, as tropas de Albrekt foram derrotadas, e o próprio Albrekt foi aprisionado e encarcerado em Lindholmen, na Escânia, durante seis anos. Após o pagamento de um grande resgate, Albrekt pode regressar a Mecklemburg, na Alemanha, onde morreu em 1412, com 74 anos de idade[1][2][3][4]

Alberto foi o segundo filho do duque Alberto II de Mecklemburgo e de Eufemia Eriksdotter, irmã do rei sueco Magno IV. Alberto se declarou herdeiro do trono sueco, porque haviam morrido o rei Magno IV e seu filho Haakon VI. Os duques se Mecklemburgo também se aparentavam com a Casa de Sverker (Sverkerska ätten), que havia reinado anteriormente na Suécia.[2]

Referências

  1. Lagerqvist, Lars; Nils Åberg (2004). «Albrekt av Mecklenburg». Litet lexikon över Sveriges regenter (Pequeno léxico dos regentes da Suécia) (em sueco). Boda kyrkby: Vincent. p. 21-22. 63 páginas. ISBN 91-87064-43-X 
  2. a b «7. Albrekt av Mecklenburg» (em sueco). Kalmar läns museum. Consultado em 21 de março de 2017 
  3. Örjan Martinsson. «Albrekt av Mecklenburg» (em sueco). Tacitus.nu. Consultado em 21 de março de 2017 
  4. «Albrekt av Mecklenburg» (em sueco). Bengans historiasidor: Historien sedd från Västergötland. Consultado em 21 de março de 2017 
Precedido por
Magno IV
Magnus Eriksson
Rei da Suécia
1363 - 1389
Sucedido por
Margarida I
Margareta Valdemarsdotter


Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.