Érico X da Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Érico X
Rei da Suécia
Reinado 31 de janeiro de 1208
a 10 de abril de 1216
Predecessor Sverker II
Sucessor João I
Esposa Ricarda da Dinamarca
Descendência
Sofia da Suécia
Marta da Suécia
Ingeborg da Suécia
Mariana da Suécia
Érico XI da Suécia
Casa Érico
Pai Canuto I da Suécia
Mãe Cecília Johansdotter
Nascimento c. 1180
Morte 10 de abril de 1216 (36 anos)
Castelo de Näs, Visingsö, Suécia
Enterro Abadia de Varnhem, Varnhem, Suécia
Religião Catolicismo

Érico X (c. 118010 de abril de 1216), também chamado de Érico, o Sobrevivente, foi o Rei da Suécia de 1208 até sua morte. Era filho do rei Canuto I e sua esposa Cecília Johansdotter.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Quando seu pai Canuto I faleceu, Érico e seus irmãos eram menores de idade e não tinha possibilidade de ascender ao trono. O rei eleito foi Sverker, que manteve no princípio boas relações com os filhos de Canuto, mas posteriormente os viu como inimigos na linha de sucessão e os irmãos tiveram que se exilar na Noruega.

Em 1205, Érico escapou vivo da batalha de Älgarås e partiu rumo à Noruega, após ter sido derrotado junto com seus irmão pelo rei Sverker II. Seus treis irmãos morreram durante o combate, mas Érico tentou regressar posteriormente a Suécia, a fim de depor o rei. Em 1208, junto com aliados noruegueses, derrotou o rei Sverker na batalha de Lena em 31 de janeiro deste ano, e depois disso o rei Sverker teve que se refugir na Dinamarca. Havendo vencido seu inimigo, Érico pode ser eleito no mesmo ano novo monarca, mas a coroação não aconteceria antes da derrota definitiva de Sverker na batalha de Gestilren no outono de 1210. Nesse mesmo ano, Érico casou-se com Rikissa da Dinamarca, filha de Valdemar I da Dinamarca. Com esse matrimônio melhoraram as relações com a Dinamarca, que tradicionalmente havia apoiado a dinastia de Sverker.

O rei faleceu repentinamente de febre em Visingsö no dia 10 de abril de 1216. Foi sepultado na Igreja do Convento de Varnhem.

Família[editar | editar código-fonte]

Dz-se que Érico X teve várias filhas no seu matrimônio com Riquilda da Dinamarca, mas não se sabe quase nada sobre elas. Os filhos que se conhece são:

Referências[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Precedido por
Sverker II
Reis da Suécia
1208-1216
Sucedido por
João I