Cáli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para a deusa hindu, veja Cáli (deusa hindu).
Município de Cáli
Cali II.jpg
Bandeira oficial de Município de Cáli
Brasão oficial de Município de Cáli
Bandeira Brasão
Município de Cáli está localizado em: Colômbia
Município de Cáli
Localização de Município de Cáli ( Colômbia)
Coordenadas 3° 26' 24" N 76° 31' 11" O
País  Colômbia
Departamento Vale do Cauca
Fundação 25 de maio de 1536 (486 anos)
Prefeito
Área  
  Total 564 km²
Altitude 995 m
População  
  Cidade (2010)
    Densidade   4 099/km²
  Urbana 2 344 734[1]
  Metro 3 500 000[2]
Website: www.cali.gov.co/

Cáli[3][nota 1] (oficialmente: Distrito Especial, Desportivo, Cultural, Turístico, Empresarial e de Serviços de Santiago de Cáli; em castelhano: Cali) é a capital e a maior cidade do departamento do Vale do Cauca, na Colômbia. Está situada entre a cordilheira ocidental e a cordilheira central dos Andes, nas margens do rio Cauca. Fundada em 1536, Cáli é a terceira cidade mais populosa da Colômbia, com mais de 2,34 milhões de habitantes.[7]

A cidade abrange 560,3 quilômetros quadrados com 120,9 quilômetros quadrados de área urbana,[8] tornando Cáli a terceira maior cidade e região metropolitana em população e a segunda maior cidade por área no país. Como a única grande cidade colombiana com acesso à costa do Oceano Pacífico, Cáli é o principal centro urbano e econômico no sudoeste da Colômbia e tem uma das economias que mais crescem no país.[9][10][11] A cidade foi fundada em 25 de julho de 1536 pelo conquistador espanhol Sebastián de Belalcázar.

História[editar | editar código-fonte]

A história da cidade de Cáli começou há mais de 450 anos, quando o explorador espanhol Sebastián de Belalcázar passou pelo interior colombiano, estabelecendo várias povoações, nomeadamente a de Santiago de Cáli, em 1536. Contudo, esta povoação não teve um grande desenvolvimento até aos anos 50 do século XX. Por essa altura, foi construída a linha ferroviária para o porto do Buenaventura, e foi aberto o canal do Panamá. Em 1999 pôs-se em prática um importante projeto hidroelétrico no rio Cauca, o que promoveu o desenvolvimento industrial e a irrigação agrícola. Esse desenvolvimento econômico regional foi seguido por investimentos significativos na indústria da cana-de-açúcar, o que ajudou ao desenvolvimento da cidade.

Cáli sofreu duramente com a crise das máfias como o resto de Colômbia durante as décadas de 70 até a de 90. O rio Cáli, que atravessa a cidade, divide a parte antiga colonial da área mais moderna. A sul do rio fica o centro histórico da cidade, cuja parte principal é a que engloba a Plaza de Cayzedo. Na proximidade dessa praça fica situada a Iglesia de la Merced, uma capela quase tão antiga como a cidade, com um estilo tipicamente colonial. O convento dessa igreja histórica possui dois importantes museus com coleções de artefatos pré-colombianos e de arte colonial.

Segundo o Centro Nacional de Memória Histórica (CNMH), a cidade de Cáli é a mais afetada por esses massacres. Entre 1988 e 2013, cerca de 5.000 pessoas foram assassinadas em operações de limpeza social. Para a CNMH, uma agência governamental, 77% desses assassinatos foram alegadamente cometidos por grupos especificamente dedicados à limpeza social, 18% por grupos paramilitares de extrema direita e 5% por grupos não identificados.[12]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Cáli está localizada no sul do Vale do Cauca, a oeste do rio Cauca e a leste da Cordilheira Ocidental, perto das colinas conhecidas como os Farallones de Cáli. A cidade fica a aproximadamente 1.000 metros acima do nível do mar.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima é tropical de savana. A Cordilheira Ocidental frentes blocos de ar úmido do oceano Pacífico, mas é notável que a brisa do mar chega à cidade. A Cordilheira Ocidental tem altitude média de dois mil metros no norte da cidade e atinge quatro mil metros no sul, o que torna a cidade na região sudoeste mais chuvoso do que o noroeste. A precipitação média anual varia de 900 milímetros nas áreas mais secas a 1.800 milímetros nas áreas mais úmidas, com mil milímetros média durante a maior parte da área metropolitana de Cali. A temperatura média é de 26 graus Celsius (74,4 °F) com uma média mínima de 15 graus Celsius (66 °F) e uma média máxima de 36 graus Celsius (86 °F) , com um máximo absoluto de 42 graus Celsius e pelo menos todos os 13 graus Celsius. Estações secas são de dezembro a fevereiro e de julho a agosto e a estação das chuvas de março a maio e de setembro a novembro.

A temperatura mais alta registrada em Cáli foi de 45 graus Celsius em 16 de agosto de 1979 e a menor foi de 4 graus Celsius em 18 de junho do mesmo ano. Cáli tem traços de acumulação de neve apenas duas vezes registrado nos anos de 1979 e 1983.

Política[editar | editar código-fonte]

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

Cáli junto com o Vale do Cauca é o terceiro centro econômico da Colômbia, sendo um ponto de intercâmbio econômico nacional e internacional. A cidade é uma passagem obrigatória de/para o sul do país e com a fronteira com o Equador, além de estar conectada ao mundo através do porto de Buenaventura.

O DANE não estabelece o produto interno bruto (PIB) por cidades, segundo cálculos da administração de Santiago de Cali, (em seu relatório Cáli em números 2011), a cidade teve participação no PIB da nação em média de 5,8% e participação no PIB do Vale do Cauca, em média, de 52,3% no período 2000-2007.[13]

Panorama da cidade em 2007.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Transportes[editar | editar código-fonte]

Santiago de Cali é servida pelo Aeroporto Internacional Alfonso Bonilla Aragón, localizado na cidade de Palmira. É o terceiro maior aeroporto da Colômbia em termos de passageiros e o quarto em carga. O Alfonso Bonilla Aragón está localizado em um vale longo e estreito que vai de norte a sul e é cercado por montanhas de até 4300 metros de altitude.

O Masivo Integrado de Ocidente (MIO) é um sistema de ônibus de trânsito rápido articulados que correm em corredores de ônibus exclusivos no meio de grandes avenidas, com estações conectadas a calçadas por cruzamentos de pedestres ou pontes. A rede do sistema tem 243 quilômetros e é distribuída em um tronco principal e corredores complementares. O sistema também integrou a renovação e recuperação do espaço público. O sistema MIO não foi projetado apenas para o transporte público, mas construído para uso público com extensas novas calçadas, parques, jardins e praças públicas para o público desfrutar. O sistema também consiste em um teleférico, o chamado MÍO Cable, que é totalmente integrado à rede de transporte público da cidade e atende diretamente os moradores do distrito de Siloé.[14]

A quantidade média de tempo que as pessoas gastam com transporte público em Cali, por exemplo, para e do trabalho, em um dia da semana é de 88 min. 23% dos passageiros do transporte público, viajam por mais de 2 horas todos os dias. A média de tempo que as pessoas esperam em uma parada ou estação para o transporte público é de 21 minutos, enquanto 43% dos passageiros esperam por mais de 20 minutos em média todos os dias. A distância média que as pessoas costumam percorrer em uma única viagem com transporte público é de 5,6 km, enquanto 3% viajam por mais de 12 km em uma única direção.[15]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Esportes[editar | editar código-fonte]

Cáli é também um centro de esportes na Colômbia e é a única cidade colombiana a ter sediado os Jogos Pan-Americanos (em 1971). Cáli recebeu o Campeonato Mundial de Luta Livre de 1992, os Jogos Mundiais de 2013, o Campeonato Mundial de Ciclismo em Pista de 2014 e o Campeonato Mundial Juvenil de Atletismo em 2015.

Cali tem dois estádios de futebol: Estádio Olímpico Pascual Guerrero e o Estádio Deportivo Cali. O Estádio Olímpico Pascual Guerrero é atualmente sede do Club Boca Juniors de Cali[16] e do América de Cali. O Estadio Deportivo Cali é sede doDeportivo Cali. Este último time é o único dono de um estádio de futebol na Colômbia, já que todos os outros estádios de futebol são de propriedade do governo. Outra arena importante é o Coliseo El Pueblo, que recebe todos os tipos de eventos, principalmente partidas de basquete. Aparecem também o Velódromo Alcídes Nieto Patiño para a pratica de ciclismo de pista, o Coliseo Evangelista Mora para basquete, além de outros estadíos e piscinas para a pratica de outros esportes.

Segundo a CONMEBOL, o América ocupa o 2º lugar, enquanto o Deportivo Cali a 3ª posição[17] na classificação nacional colombiana, que se classifica em 3º lugar no ranking da CONMEBOL. O América foi classificado como o segundo melhor clube do mundo em 1996 pela Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS)[18] e 35º no Ranking Mundial de Todos os Tempos da IFFHS.[19]. Tanto o América como o Deportivo Cali chegaram à final da Copa Libertadores, porém, perderam 4 e 2 veces respectivamente. Na liga local, América e o segundo time que mais tem ganhado a liga colombiana, tendo 15 títulos, mesmo do que o Millonarios de Bogotá é só embaixo do Atlético Nacional que tem 16. O Deportivo Cali é o quarto time com 10 títulos, além de um título de Copa da Colômbia e da Superliga da Colômbia. Porém o Boca Juniors de Cáli foi o primeiro time que deu um título à cidade, com uma Copa da Colômbia nos anos 50.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

Referências

  1. DANE - Departamento Administrativo Nacional de Estadística - Estimación y proyección de población nacional, departamental y municipal total por área 1985-2020
  2. Censo DANE 2005
  3. «Decreto Presidencial (Brasil)» 
  4. «Decreto Presidencial que criou o Consulado do Brasil em Cali, Colômbia» 
  5. «Manual de Redação - O Estado de S. Paulo» 
  6. «Dicionário Língua Portuguesa com Acordo Ortográfico [em linha]. Porto: Porto Editora; vocábulo: Cali» 
  7. «DANE - Departamento Administrativo Nacional de Estadística» 
  8. CALI EN CIFRAS 2011- ALCALDÍA DE SANTIAGO DE CALI (DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO DE PLANEACIÓN)
  9. [1]
  10. [2]
  11. [3]
  12. «Cali, la ciudad con mayor número de homicidios por 'limpieza social'». www.elpais.com.co. Consultado em 9 de dezembro de 2018 
  13. Alcaldía de Santiago de Cali. «Cali en cifras 2011» (PDF). Consultado em 28 de fevereiro de 2013. Arquivado do original (PDF) em 31 de janeiro de 2016 
  14. «Archived copy». Consultado em 24 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 8 de julho de 2008  MIO description.
  15. «Cali Public Transportation Statistics». Global Public Transit Index by Moovit. Consultado em 23 de agosto de 2017 
  16. «Universitario de Popayán pasará a ser Boca Juniors de Cali». web.archive.org. 27 de mar. de 2019 
  17. [4] Arquivado 2006-10-27 no Wayback Machine
  18. Ingo Faulhaber. «International Federation of football History and Statistics IFFHS». Iffhs.de. Consultado em 17 de maio de 2012 
  19. Ingo Faulhaber. «All-Time Club world Ranking of the IFFHS». Iffhs.de. Consultado em 17 de maio de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Cáli