Cúpula entre Estados Unidos e Coreia do Norte em 2018

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção se refere ou tem relação com um evento atual.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (Editado pela última vez em 12 de junho de 2018.)
Cúpula entre Estados Unidos e Coreia do Norte em 2018
Kim Jong-un e Donald Trump durante o encontro
Sede Hotel Capella, Sentosa[1]
Cidade(s) Singapura
Data 12 de junho de 2018
Participantes Donald Trump
Kim Jong-un

Cúpula entre Estados Unidos e Coreia do Norte em 2018, ou Cúpula de Singapura, é a primeira cúpula entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder supremo da Coreia do Norte, Kim Jong-un. A reunião ocorreu em 12 de junho de 2018, no Hotel Capella, na ilha de Sentosa, em Singapura.[2]

A Casa Branca confirmou o encontro entre Trump e Kim Jong-un em 8 de março de 2018. A secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, disse que "enquanto isso, todas as sanções e pressão máxima devem permanecer".[3] Kim referenciou os preparativos para a reunião em comentários ao Politburo do Partido dos Trabalhadores da Coreia em 9 de abril.[4][5]

A Coreia do Norte interrompeu abruptamente as negociações com a Coreia do Sul em 15 de maio de 2018 e ameaçou cancelar a cúpula que havia sido planejada, citando os exercícios militares entre os Estados Unidos e a Coreia do Sul. Em 24 de maio, Trump cancelou a cúpula citando uma retórica agressiva de uma das autoridades norte-coreanas.[6] No entanto, no dia seguinte, Trump inverteu o curso, em resposta a uma mensagem de Kim, que disse que ele ainda estava disposto a se encontrar com Trump e discutir a desnuclearização "a qualquer momento".[7] Posteriormente, os Estados Unidos retomaram os preparativos para a cúpula e convidaram Kim Yong-chol, vice-presidente do Partido dos Trabalhadores da Coreia, a ir na Casa Branca. Em 1 de junho, Trump anunciou que a cúpula seria realizada em 12 de junho.[8]

Singapura fez muitas preparações para sediar o encontro.[9] De acordo com o primeiro-ministro Lee Hsien Loong, a cúpula custará 15 milhões de dólares, metade dos quais apenas para medidas de segurança.[10]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sarah Sanders [PressSec] (4 de junho de 2018). «Sarah Sanders on Twitter: "UPDATE: The venue for the Singapore summit between @POTUS and Leader Kim Jong Un will be the Capella Hotel on Sentosa Island. We thank our great Singaporean hosts for their hospitality."» (Tweet) – via Twitter 
  2. Nakamura, David; Wagner, John (10 de maio de 2018). «Trump announces June 12 summit in Singapore with North Korean leader». The Washington Post. Consultado em 10 de maio de 2018. 
  3. Richardson, Matt (8 de março de 2018). «Trump will accept Kim Jong Un's invitation to meet, White House says». Fox News (em inglês). Consultado em 9 de março de 2018. 
  4. Smith, Nicola (12 de março de 2018). «North Korea silent on meeting with Donald Trump». The Telegraph. Consultado em 12 de março de 2018. 
  5. Cheng, Jonathan. «North Korea's Kim Jong Un breaks silence, confirms summit with Trump» 
  6. Stokols, Eli; Stiles, Matt (24 de maio de 2018). «Trump pulls out of planned nuclear summit, says he will be 'waiting' if North Korea changes its approach». Politics. Los Angeles Times. Washington: Tronc. Consultado em 25 de maio de 2018.. Cópia arquivada em 25 de maio de 2018. In a dramatic diplomatic setback, Trump abruptly reversed course Thursday and pulled out of his scheduled nuclear summit with North Korean leader Kim Jong Un, releasing a letter to Kim that blamed the 'tremendous anger and open hostility displayed' by Pyongyang. 
  7. «Trump leaves open possibility of Jun 12 Singapore summit with North Korea». Channel NewsAsia. 25 de maio de 2018. Consultado em 25 de maio de 2018. 
  8. «Trump confirms North Korea summit is back on for June 12». www.msn.com. Consultado em 2 de junho de 2018. 
  9. «Singapore gears up to host Trump-Kim summit». ABC News (em inglês). 6 de junho de 2018. Consultado em 7 de junho de 2018. 
  10. Sim, Royston (10 de junho de 2018). «Trump-Kim summit will cost about $20m to host - a cost Singapore willing to pay for regional stability: PM Lee». The Straits Times (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre relações internacionais, diplomacia ou sobre um diplomata é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.