Compensão Esporte Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Manaus Compensão
ManausCompensãoEC.png
Nome Compensão Esporte Clube
Alcunhas Compensão
Mascote Águia
Estádio Estádio Francisco Garcia (Chicão)
Capacidade 8.000 pessoas
Competição Amazonas Campeonato Amazonense
Brasil Série D
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

O Manaus Compensão Esporte Clube foi um time de Manaus, Amazonas. Entrou no profissionalismo no ano de 2009 depois de grande existência no Peladão, campeonato amador de Manaus no qual era um dos mais tradicionais, e licenciou-se à FAF em 2011.

História[editar | editar código-fonte]

Logo no seu primeiro ano no campeonato amazonense o clube conseguiu ser campeão da Série B do Campeonato Estadual, chegando a final contra o ASA da Amazônia.

Porém em 2010 o clube não correspondeu a torcida e obteve uma campanha regular e lutou contra o rebaixamento, porém se manteve. Em 2011 o clube que foi grande no amadorismo sentiu as dificuldades do futebol profissional e resolveu não participar do estadual, e foi rebaixado a segunda divisão, só podendo disputar em 2012.

Nome[editar | editar código-fonte]

O Nome do clube é Compensão Esporte Clube, chamado na mídia esportiva local de Manaus Compensão, o nome foi dado em homenagem ao bairro da Compensa.

O clube do crime[editar | editar código-fonte]

Em Janeiro de 2017 uma operação da Polícia Federal descobriu que o clube foi financiado, durante sua primeira temporada, pela facção criminosa Família do Norte, que comanda o tráfico de drogas e a criminalidade no estado do Amazonas.[1]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Facção envolvida em massacre no AM investiu R$ 320 mil em time, diz PF». Globo Esporte AM. 11 de janeiro de 2017. Consultado em 12 de janeiro de 2017 
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.