Copa Espírito Santo de Futebol de 2017

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Copa Espírito Santo de 2017
Copa ES 2017
Espírito Santo (estado)
Dados
Participantes 9
Organização FES
Anfitrião  Espírito Santo
Período 29 de julho14 de outubro
Gol(o)s 100
Partidas 38
Média 2,63 gol(o)s por partida
Campeão Itapemirim Atlético Itapemirim (1º título)
Vice-campeão Vitória Espírito Santo
Melhor marcador 7 gols:
Edinho (Desportiva Ferroviária)
Maior goleada
(diferença)
Sport Linharense Bandeira-linhares.png 0 – 6 Cariacica Desportiva Ferroviária
Estádio Kleber AndradeCariacica
10 de setembro
Público 13 603
Média 358 pessoas por partida
◄◄ Espírito Santo (estado) Copa Espírito Santo 2016 Soccerball.svg Copa Espírito Santo 2018 Espírito Santo (estado) ►►

A Copa Espírito Santo de 2017 foi a 15ª edição do segundo torneio mais importante do estado do Espírito Santo. Com início em 29 de julho e término em 14 de outubro com a participação de nove equipes.[1][2]

Atlético Itapemirim conquista o título pela primeira vez em sua história e a vaga na Copa Verde de 2018, além de ser o primeiro clube a vencer o Campeonato Capixaba e a Copa Espírito Santo no mesmo ano. O vice-campeão, Espírito Santo, garante vaga na Série D do Brasileiro de 2018.[3]

Regulamento[editar | editar código-fonte]

Na Primeira Fase, as nove equipes estão divididas em dois grupos: o Grupo A com quatro times e o Grupo B com cinco times. As equipes jogam em turno e returno dentro de cada grupo. Os dois melhores colocados de cada grupo disputarão as Semifinais, que serão disputadas em partidas de ida e volta. Os vencedores das Semifinais decidem o título também em partidas de ida e volta. O campeão garante vaga no Série D do Brasileiro de 2018 e na Copa Verde de 2018. Apenas os participantes da Série A do Capixabão de 2017 estão aptos à vaga na Série D do Brasileiro.[4]

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

Os critérios de desempate serão aplicados na seguinte ordem para cada fase:

Primeira Fase
  1. Maior número de vitórias
  2. Maior saldo de gols
  3. Maior número de gols pró (marcados)
  4. Confronto direto
  5. Menor número de cartões vermelhos
  6. Menor número de cartões amarelos
  7. Sorteio
Semifinais
  1. Maior saldo de gols nos dois jogos
  2. Melhor classificação na Primeira Fase
Finais
  1. Cobrança de pênaltis

Participantes[editar | editar código-fonte]

Clube Cidade Temporada 2016 Estádio Capacidade[5] Títulos (último)
Atlético Itapemirim Itapemirim Itapemirim 4º Colocado José Olívio Soares 1 000 0 (não possui)
Desportiva Ferroviária Cariacica 5º Colocado Engenheiro Araripe 7 700 2 (2012)
Espírito Santo Bandeira de Vitória.svg Vitória Vice-campeão Kleber Andrade[a] 21 000 1 (2015)
Linhares Linhares 10º Colocado Sernamby[b] 4 500[6] 0 (não possui)
Real Noroeste Águia Branca 6º Colocado José Olímpio da Rocha 3 200 3 (2014)
Rio Branco Bandeira de Vitória.svg Vitória Campeão Kleber Andrade[a] 21 000 1 (2016)
Serra Serra. Serra 7º Colocado Robertão 2 000[7] 0 (não possui)
Sport Linharense Linhares 8º Colocado Sernamby[b] 4 500[6] 0 (não possui)
Vitória-ES Bandeira de Vitória.svg Vitória 3º Colocado Salvador Costa 3 000 2 (2010)

Obs.:

Primeira Fase[editar | editar código-fonte]

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados do Grupo A
Pos Times Pts J V E D GP GC SG % M Classificação ou rebaixamento
1 Vitória Rio Branco 14 6 4 2 0 9 3 6 77,8 Estável Classificado às Semifinais
2 Vitória Espírito Santo 13 6 4 1 1 8 3 5 72,2 Estável
3 Bandeiraaguiabranca.png Real Noroeste 3 6 0 3 3 5 9 -4 16,7 Estável
4 Bandeiradaserra.JPG Serra 2 6 0 2 4 2 9 -7 11,1 Estável

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados do Grupo B
Pos Times Pts J V E D GP GC SG % M Classificação ou rebaixamento
1 Cariacica Desportiva Ferroviária 19 8 6 1 1 25 9 16 79,2 Estável Classificado às Semifinais
2 Itapemirim Atlético Itapemirim 16 8 5 1 2 14 7 7 66,7 Estável
3 Vitória Vitória-ES 16 8 5 1 2 14 9 5 66,7 Estável
4 Bandeira-linhares.png Sport Linharense 4 8 1 1 6 9 20 -11 16,7 Estável
5 Bandeira-linhares.png Linhares 3 8 1 0 7 5 22 -17 12,5 Estável

Semifinais[editar | editar código-fonte]

Jogos de ida
Sábado, 23 de setembro Atlético Itapemirim Itapemirim 1 – 0 Vitória Rio Branco Estádio José Olívio Soares, Itapemirim
15:00
Marcos Felipe Gol marcado aos 53 minutos de jogo 53' Relatório Público: 600
Renda: R$ 7.330,00
Árbitro: Espírito Santo (estado)ES Rudimar Goltara
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-ES
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Rio Branco

Sábado, 23 de setembro Espírito Santo Vitória 2 – 1 Cariacica Desportiva Ferroviária Estádio Kleber Andrade, Cariacica
15:00
Ranieri Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71'
Zé Gatinha Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85'
Relatório Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51' Diego Neves Público: 837
Renda: R$ 12.885,00
Árbitro: Espírito Santo (estado)ES Felipe Varejão
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Espírito Santo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Desportiva
Jogos de volta
Domingo, 1 de outubro Rio Branco Vitória 0 – 1 Itapemirim Atlético Itapemirim Estádio Kleber Andrade, Cariacica
11:00
Relatório Gol marcado aos 90+1 minutos de jogo 90+1' Kaio Público: 1 149
Renda: R$ 14.120,00
Árbitro: Espírito Santo (estado)ES José Wellington Bandeira
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Rio Branco
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-ES

Sábado, 30 de setembro Desportiva Ferroviária Cariacica 1 – 1 Vitória Espírito Santo Estádio Engenheiro Araripe, Cariacica
15:00
David Gol marcado aos 45+1 minutos de jogo 45+1' Relatório Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24' Vitinho Público: 1 212
Renda: R$ 18.720,00
Árbitro: Espírito Santo (estado)ES Devarly do Rosário
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Desportiva
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Espírito Santo

Finais[editar | editar código-fonte]

Jogo de ida
Sábado, 7 de outubro Espírito Santo Vitória 0 – 0 Itapemirim Atlético Itapemirim Estádio Kleber Andrade, Cariacica
15:00
Relatório Público: 550
Renda: R$ 6.315,00
Árbitro: Espírito Santo (estado)ES José Wellington Bandeira
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Espírito Santo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-ES
Jogo de volta
Sábado, 14 de outubro Atlético Itapemirim Itapemirim 1 – 1 Vitória Espírito Santo Estádio Sumaré, Cachoeiro de Itapemirim
15:00
Geraldo Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89' Relatório Gol marcado aos 90+1 minutos de jogo 90+1' Makelele Público: 1 579
Renda: R$ 16.850,00
Árbitro: Espírito Santo (estado)ES Rudimar Goltara
    Penalidades  
Juninho Convertido
Rodolfo Convertido
Rhayne Convertido
Chiquinho Convertido
Wagner Carioca Convertido
5 – 3 Convertido Makelele
Convertido Serrano
Convertido Ranieri
Erro (defesa) Matheus do Rosário
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-ES
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Espírito Santo

Premiação[editar | editar código-fonte]

Copa Espírito Santo de 2017
Itapemirim
Atlético Itapemirim
Campeão
(1º título)

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Gols Jogador Time
7 Brasil Edinho Desportiva Ferroviária
5 Brasil Diego Neves Desportiva Ferroviária
4 Brasil Chiquinho Atlético Itapemirim
Brasil Hércules Vitória-ES
Brasil Carlos Vitor Vitória-ES

Referências

  1. «Federação de Futebol (FES) divulga tabela da Copa Espírito Santo 2017». globoesporte.com. 31 de maio de 2017. Consultado em 20 de junho de 2017 
  2. «Guia da Copa Espírito Santo 2017: vaga direta na Série D valoriza a competição». globoesporte.com. 28 de julho de 2017. Consultado em 29 de julho de 2017 
  3. «Nos pênaltis, Atlético-ES vence o Espírito Santo e conquista a Copa ES 2017». globoesporte.com. 14 de outubro de 2017. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  4. «Regulamento da Copa Espírito Santo 2017». FES. Consultado em 20 de junho de 2017 
  5. «Cadastro Nacional de Estádios de Futebol - Revisão 6 (CNEF)» (PDF). Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 18 de janeiro de 2016. Consultado em 20 de junho de 2017 
  6. a b «Sernamby é liberado e São Mateus pode jogar em casa do Capixabão». globoesporte.com. 6 de fevereiro de 2017. Consultado em 20 de junho de 2017 
  7. «Serra define preços e venda antecipada de ingressos para a final da Série B». globoesporte.com. 5 de junho de 2017. Consultado em 20 de junho de 2017 
  8. «Meia Edinho, da Desportiva, termina como o artilheiro da Copa Espírito Santo 2017». globoesporte.com. 14 de outubro de 2017. Consultado em 15 de outubro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]