Digex Cargo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Douglas DC-8-62(F) PP-DGP

A Digex Cargo é uma empresa aérea de transporte de cargas aberta pelo Grupo Di Gregório em outubro de 1990.[1] A empresa possuiu uma frota de dois aviões: um Boeing 727-44CF, com o qual iniciou suas operações e um Douglas DC-8-62F que foi adicionado para atender melhor a sua demanda de cargas, pois chegou a ter 13% de participação no mercado doméstico de carga em 1996.[1][2]

Em 1997 a Digex começou a operar para Córdoba (Argentina) o seu primeiro e único destino internacional; porém, esse foi o mesmo ano em que a companhia deixou de ser uma empresa de transporte de cargas e passou a trabalhar apenas com a manutenção de aeronaves.[1][3] A companhia passou a se chamar Digex Aircraft Maintenance e foi adquirida pelo Synergy Group em 2010.[1][3] Atualmente se chama Digex MRO.

Estrutura Física[editar | editar código-fonte]

As instalações são compostas:

• Dois hangares (2.500 m² cada) • Salas para clientes e Pilotos (76m²) • Almoxarifado de materiais e ferramentas (525m²) • Oficinas de apoio (416m²): Materiais Compostos, Pintura, Chapeamento, Interiores, Aviônica, NDT, Usinagem e Limpeza técnica • Escritórios (298m²): Administrativo, Compras, Engenharia, Qualidade, Planejamento e TI

Os hangares comportam 16 aeronaves executivas, 4 aeronaves B737- 200/300/400/500, 4 C-130, 2 B727-200, 2 B757-200, 4 A318/319/320 ou combinações destes modelos.

Frota[editar | editar código-fonte]

Frota da Digex Cargo
Aeronave Total Ano de Utilização
Boeing 727-44CF 1 1990-1997
Douglas DC-8-62F 1 1995-1997

Referências

  1. a b c d Barros, Alexandre (26 de junho de 2008). «Digex Cargo (Brasil)». Portal Aviação Brasil. Consultado em 16 de junho de 2020 
  2. «História da Aviação no Brasil – Parte 25». ABRAPAC - Associação Brasileiro da Aviação Civil. 14 de fevereiro de 2020. Consultado em 16 de junho de 2020 
  3. a b Rocha, Alisson Henrique Saraiva; Júnior, Álvaro Marcelo de Mello Rodrigues; Santos, Claudelita da Silva; Teixeira, Maurício Andrade; Moura, Samuel Silva de. «Investigação dos fatores de influência no desempenho das empresas aéreas cargueiras brasileiras» (PDF). ABRAPAC - Associação Brasileiro da Aviação Civil. pp. 6–7. Consultado em 16 de junho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]