Digex Cargo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Um dos grupos de carga mais conhecidos do Brasil resolveu lançar sua própria empresa aérea de carga. Di Gregório lançou a Digex em outubro de 1990 com um Boeing 727-44CF para operação na rota Guarulhos – Manaus.

Só o Grupo Di Gregório contava com mais de 1800 funcionários e uma grande experiência no segmento de cargas e logística.

Em 1992 lançou a linha Manaus – Cuiabá – Manaus, pois Cuiabá contava com um hangar para a empresa.

Em 1993 a empresa devolveu o hangar de Cuiabá e deixou de operar naquela cidade, porém iniciou voos entre Porto Velho e Manaus.

Em 1995 a Digex adicionou um Douglas DC-8-62F a frota para atender a crescente demanda de carga.

Em 1996 a empresa já possuía 13% de participação no mercado doméstico de carga.

Em 1997 a Digex começou a operar para Córdoba, na Argentina, além da rota Fortaleza – Manaus, que ganhou através de licitação da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. Porém neste ano, deixou de operar.

Novos Rumos

A partir de 1999 tornou-se uma empresa de manutenção de aeronaves sediada em Guarulhos mudando então seu nome para Digex Aircraft Maintenance como é conhecida atualmente.

As atividades na cidade de São José dos Campos foram iniciadas no ano de 2005 e em 2008 teve seus dois hangares construídos.

Em Setembro de 2010, a empresa foi adquirida pelo Synergy Group, mesmo dono da empresa aérea Avianca.

Estrutura Física[editar | editar código-fonte]

As instalações são compostas:

• Dois hangares (2.500 m² cada) • Salas para clientes e Pilotos (76m²) • Almoxarifado de materiais e ferramentas (525m²) • Oficinas de apoio (416m²): Materiais Compostos, Pintura, Chapeamento, Interiores, Aviônica, NDT, Usinagem e Limpeza técnica • Escritórios (298m²): Administrativo, Compras, Engenharia, Qualidade, Planejamento e TI

Os hangares comportam 16 aeronaves executivas, 4 aeronaves B737- 200/300/400/500, 4 C-130, 2 B727-200, 2 B757-200, 4 A318/319/320 ou combinações destes modelos.

Frota[editar | editar código-fonte]

Frota da Digex Cargo
Aeronave Total Ano de Utilização
Boeing 727-44CF 1 1990-1997
Douglas DC-8-62F 1 1995-1997

Ligações externas[editar | editar código-fonte]