Varig (2006)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
VRG Linhas Aéreas S/A
IATA RG
ICAO VRG
Indicativo de chamada VRG
Fundada em 2006 (como VRG Linhas Aéreas S.A)
Encerrou atividades em outubro de 2013 (Passou a operar apenas com a marca GOL)
Principais centros
de operações
Outros centros
de operações
Programa de milhagem Smiles
Aliança comercial Ex-membro Star Alliance (como Varig)
Frota 136
Destinos 75 (65 domésticos e 10 internacionais)
Companhia
administradora
VRG Linhas Aéreas S/A, 3% da Delta Airlines
Lounge Classe Comfort
Subsidiária(s) Gol Linhas Aéreas
Slogan É mais que voar.
Sede São Paulo, Brasil
Pessoas importantes
Sítio oficial Site oficial GOL


VRG Linhas Aéreas, também conhecida como Nova Varig, foi uma companhia aérea brasileira que surgiu após o fim das operações da antiga Varig, em 2006, e começou a operar no mesmo ano, correspondendo à parte saudável da Varig, adquirida pela Varig Log. Em abril de 2007, a VRG Linhas Aéreas foi vendida para a Gol Linhas Aéreas, que a manteve como uma empresa separada até o segundo semestre de 2008, quando as marcas Varig e Gol foram unificadas numa única razão social. A partir de então apenas alguns voos utilizaram o nome "VARIG", que foi sendo abandonado progressivamente. Atualmente, a logomarca oficial da companhia aérea em todas as aeronaves é a marca da GOL Linhas Aéreas.[1]

A empresa estava sediada na Praça Comandante Linneu Gomes em São Paulo.

História[editar | editar código-fonte]

A empresa foi fundada em Abril de 2006 após o encerramento das atividades da Varig, correspondendo à parte economicamente saudável da companhia. Se a antiga Varig encerrasse suas operações era possível que a Varig Log também fechasse. E então os ativos foram comprados pelos mesmo grupo de empresários que havia arrematada a Varig Log meses antes.

A Nova Varig iniciou suas operações com apenas duas aeronaves remanescentes, já que as demais se encontravam bloqueadas judicialmente e se fossem utilizadas os donos da companhia poderiam ser presos.

A primeira rota retomada foi a ponte aérea Rio-São Paulo e nos meses seguintes outras rotas nacionais e internacionais foram retomadas. A empresa foi praticamente refeita do zero. Entretanto alguns fornecedores se recusavam a fornecer à nova empresa por causa de débitos que ficaram com a Antiga Varig. Ainda assim a Nova Varig se tornou a campeã em pontualidade.

Meses depois, porém, a situação do caixa se agravava. A saída foi a venda da Nova Varig, senão as duas companhias (Varig Log e Nova Varig) estariam ameaçadas.

Havia propostas de TAM, GOL e LAN pela compra da companhia. Os gestores preferiram vender para a GOL que estava disposta a comprar no ato e as outras propostas, mesmo que maiores, levariam algum tempo para se concretizar.

Sob a gestão da GOL a Varig prosseguiu independente por alguns meses retomando rotas nacionais e internacionais até que em Novembro de 2007 as estruturas das empresas foram unificadas com a Gol incorporando a razão social VRG Linhas Aereas S/A

A Marca Varig ainda pode ser vista até agosto de 2014, quando as últimas aeronaves foram pintadas nas cores da GOL. O motivo foi a crise financeira da GOL após a compra da WebJet.

Frota[editar | editar código-fonte]

A Gol/Varig possuía uma das frotas mais modernas do país, sendo a idade média das aeronaves em operação de 7 anos.

Frota da Varig
Aeronave Total Pedidos Passageiros Rotas Notas
Boeing 737-700 8 - 144 Rotas Domésticas de Curtas e Médias durações
Boeing 737-800 11 - 178/183/184/187/189 Rotas Domésticas e Internacionais de Curtas, Médias e Longas durações
Boeing 787-8 Dreamliner - 9 - Rotas Internacionais de Longas durações Cancelado
Total de aeronaves 19 9 - - -
Frota aposentada da Varig
Aeronave Total Anos de operação
Boeing 737-300 16 2006–2012
Boeing 767-200ER 1 2006-2011
Boeing 767-300ER 7 2006-2011

Compra pela Gol Transportes Aéreos[editar | editar código-fonte]

Em 9 de abril de 2007 a VRG Linhas Aéreas S/A foi comprada pela Gol Transportes Aéreos, por meio de uma subsidiária desta, a GTI S.A. A compra foi feita dessa forma para evitar a transferência das dívidas da Varig para a Gol.

Fim da marca Varig[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2013, foi anunciado que a Gol iria descontinuar a marca até 2014, pintando todos os aviões da marca Varig nas cores da Gol Linhas Aéreas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Obs: A razão social da GOL Linhas Aéreas é VRG Linhas Aéreas S/A