Mega Transportes Aéreos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Setembro de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Mega Transportes Aéreos
IATA Não contem
ICAO Não contem
Indicativo de chamada Mega
Fundada em 2005
Principais centros
de operações
Aeroporto Internacional de Manaus
Aeroporto Internacional de Boa Vista
Companhia
administradora
Mega Linhas Aereas
Sede Várzea Grande (Mato Grosso)
Pessoas importantes Sócios: Maria Stella de Castro
Fabio Bastos
Thais Julianne de Castro [1]

A Mega Transportes Aéreos ou Mega Linha Aéreas , é uma empresa aérea brasileira transportes de carga e transportes aéreos regulares de passageiros (sendo que iniciou operações regulares em 2005 e em 2008 iniciou as operações de transporte de carga ate o presente momento).[2]

Locais que já foram atendidos pela Companhia[editar | editar código-fonte]

A Mega Transportes Aéreos iniciou operações regulares em 2005 e chegou a atender as cidades de Alta Floresta, Aripuanã, Colíder, Canarana, Cuiabá, Huara, Juína, Novo Progresso, Santarém, São Félix do Araguaia, Sinop, Sorriso e Vila Rica com uma aeronave Cessna 208 Caravan.[3]

Frota[editar | editar código-fonte]

Aeronave Frota atual Historico Prefixo aeronáutico
Cessna 208 Caravan[4] 0 1 PT-OSG[5]

Acidentes[editar | editar código-fonte]

23 de maio de 2011 : A aeronave de Prefixo aeronáutico PT-OSG decolou às 06h05min do Aeródromo de Barra do Vento (SJQK) com destino ao Aeródromo de Boa Vista (SBBV), tendo a bordo apenas o piloto. Logo após a rotação, já em voo sustentado, o piloto observou uma vibração anormal na aeronave, juntamente com o acendimento da luz “door warning” no painel de alarmes. Diante da situação, o piloto optou por retornar à pista, abortando a decolagem. entretanto, ao retornar à pista, não conseguiu manter a reta, a aeronave subiu novamente e derivou para a direita, saindo da pista. O piloto aplicou o reverso antes de colidir contra uma elevação de terra distante cerca de 50 metros do eixo central da pista.[6]

Registros de Processos e Ações contra a empresa no Tribunal de Jurisprudência[7][editar | editar código-fonte]


A empresa contem cerca de 235 resultados no site de Jurisprudência do Brasil relacionados a mesma, em quase todos ela tem ligação com VASP.[8]

Referências

  1. Endereço de empresas aereas regulares e não regulares, ANAC. Acesso em: 7 de setembro de 2018.
  2. Mega Transportes Aéreos , Portal Aviação do Brasil, 12 de abril de 2011.
  3. Mega Transportes Aéreos, Portal Aviação do Brasil, 12 de abril de 2011.
  4. Mega Transportes Aéreos, Portal Aviação do Brasil, 12 de abril de 2011.
  5. RAB(Registro Aeronáutico Brasileiro), AIS CAVOK, 07 de setembro de 2018.
  6. 'Relatorio final do CENIPA - PT-OSG,SIPAER.'Acessado em: 07 de setembro de 2018.
  7. Busca JusBrasil,Processos conta Mega Linhas Aéreas, Desconhecido.Acesso em: 07 de setembro de 2018.
  8. Busca JusBrasil,JusBrasilProcessos contra Mega Linhas Aéreas, Desconhecido.Acesso em: 07 de setembro de 2018.

Ver também[editar | editar código-fonte]