Estação Tomás Coelho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Headersupervia.svg
Tomás Coelho
Estação Tomás Coelho, em 2010
Informações
Tomás Coelho está localizado em: Baixada Fluminense e parte da cidade do Rio de Janeiro
Tomás Coelho
Localização da Estação Tomás Coelho
Coordenadas 22° 52' 8.43" S 43° 18' 14.80" O
Administração Logo da SuperVia.svg SuperVia
Uso Atual Estação de trens metropolitanos
Código RJ-1312
Linha Linha Belford Roxo
Estrutura Superfície
Outras Informações
Inauguração 1 de novembro de 1895 (123 anos)
Inauguração da atual edificação c. 1979
Próxima Estação
Sentido Centro
Sv-vpurplelinecontshort.svg
Sv-vpurplestation.svg Pilares
Sv-vpurplestationdis.svg Terra Nova (desativado)
Sv-vpurplestation.svg Tomás Coelho
Sv-vpurplestation.svg Cavalcanti
Sv-vpurplelinecontshort.svg
Sentido Belford Roxo

Tomás Coelho é uma estação de trem do Rio de Janeiro.

História[editar | editar código-fonte]

O apeadeiro de Conselheiro Thomaz Coelho foi aberto junto com o primeiro trecho da Estrada de Ferro Melhoramentos, em 1 de novembro de 1895. [1] Com o crescimento da regão, o apeadeiro foi elevado ao nível de estação em 15 de fevereiro de 1908. Após várias décadas, a ferrovia é assumida pela Rede Ferroviária Federal, que realiza em março de 1976 o edital de tomada de preços 007-TP/76PE, visando a construção de uma nova edificação para a estação.[2] As obras foram iniciadas em 1976, tendo previsão de conclusão para meados de 1979.[3]

Toponímia[editar | editar código-fonte]

Tomás José Coelho de Almeida (1838-1895) foi um proprietário rural, magistrado e político, tendo servido ao Império em diversos cargos como ministro em quatro pastas (Transportes, Agricultura,Guerra e Marinha), senador e conselheiro do imperador. Recém falecido, foi homenageado batizando o apeadeiro recém aberto pela Estrada de Ferro Melhoramentos.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Melhoramentos no Brasil:Inauguração da linha do subúrbio». Gazeta de Notícias, Ano XXI, edição 306, Página 1, Coluna 3/republicado pela Biblioteca Nacional-Hemeroteca Digital Brasileira. 2 de novembro de 1898. Consultado em 10 de junho de 2019 
  2. Rede Ferroviária Federal S/A (10 de março de 1976). «Edital de tomada de preços 007-TP/76PE». Jornal do Brasil, Ano XXXV, edição 333, página 9/republicado pela Biblioteca Nacional-Hemeroteca Digital Brasileira. Consultado em 10 de junho de 2019 
  3. «Linha para Caixas terá este mês 20 trens que vão sair a cada 10 minutos». Jornal do Brasil, Ano LXXXVII, edição 358, seção Cidade, página 8/republicado pela Biblioteca Nacional-Hemeroteca Digital Brasileira. 5 de abril de 1978. Consultado em 10 de junho de 2019 
  4. «Thomaz José Coelho de Almeida». Ministério da Agricultura do Brasil. 26 de setembro de 2016. Consultado em 10 de junho de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia do Rio de Janeiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Estação Tomás Coelho