La Recherche de l'absolu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
La Recherche de l'absolu
Autor (es) Honoré de Balzac
Idioma Francês
País  França
Série Études philosophiques
Ilustrador Adrien Moreau
Editor Charles-Béchet
Lançamento 1834
Cronologia
Massimilla Doni
L'Enfant maudit

La Recherche de l'absolu (em português, A Procura do Absoluto) é um romance de 1834 que integra os "estudos filosóficos" (Études philosophiques) da Comédie humaine do autor francês Honoré de Balzac.

O tema do "pensamento matando o pensador", isto é, uma ideia fixa que se apodera do personagem, perpassa várias obras da Comédia Humana, mormente aquelas colocadas entre os Estudos Filosóficos, como A Obra-Prima Ignorada e Gambara. Neste romance, o químico Baltasar Claes deseja descobrir a matéria mãe de todas as matérias e de tudo que há nos reinos animal, vegetal e mineral. Para isso, ele sacrifica sua família, fortuna, honra e saúde. Balzac estudou Química para escrever o livro, mas chegou a ser acusado de igualar essa ciência à alquimia. Esta crítica não se sustenta, contudo outra sim: apesar de Claes levar a família à bancarrota várias vezes, sua filha sempre consegue repor a fortuna, deixando-a até maior.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.