Nijni Novgorod

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Níjni Novgorod)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades contendo este nome, veja Novgorod.
Nijni Novgorod
Нижний Новгород
Flag of Nizhny Novgorod.svg Coat of Arms of Nizhny Novgorod.svg
Collage-of-Nizhny-Novgorod-(2014).png
Imagens da Cidade
País  Rússia
Distrito Volga
Oblast Nijni Novgorod
Prefeito Yelizaveta Solonchenko
Área 466.5 km²
População (2015) 1.267.600 habitantes
Densidade 3,086 hab/km²
Altitude 78 metros
Fuso horário UTC+3
Gentílico Nizhegorodiense
Fundação 1221
Antigos nomes Nijni Novgorod (até Setembro de 1932),Gorki (até 22 de outubro de 1990)
Código telefônico +7 831
Website admgor.nnov.ru
Localização
Localização de Nijni Novgorod 56° 20' N 44° E
Localização de Nijni Novgorod no Oblast de Nijni Novgorod
Cidade da Rússia Rússia

Nijni Novgorod (em russo: Нижний Новгород), encurtada de maneira coloquial para Nijni, é uma cidade na Rússia e o centro administrativo (capital)[1] do Distrito Federal do Volga e Oblast de Nijni Novgorod. De 1932 a 1990, era conhecida como Gorky (Горький),[2] em homenagem ao escritor Máximo Gorki, que nasceu lá. A cidade é um importante centro económico, de transporte, científico,[3] educacional e cultural na Rússia e na vasta Região Econômica Volgo-Viatski, e é o principal centro do turismo fluvial na Rússia. Na parte histórica da cidade há um grande número de universidades, teatros, museus e igrejas. Nijni Novgorod está localizado a cerca de 400 km a leste de Moscou, onde o rio Oka deságua no Volga. Sua população em 2010 foi de 1.250.619, um decréscimo em relação aos dois censos anteriores, 1.311.252 (Censo de 2002) e 1,438,133 (Censo 1989).

A cidade foi fundada em 4 de fevereiro de 1221[4] pelo príncipe Yuri II de Vladimir. Em 1612, Kuzma Minin e o príncipe Dmitry Pozharsky organizaram um exército para a libertação de Moscou dos poloneses. Em 1817, Nijni Novgorod tornou-se um grande centro comercial do Império Russo. Em 1896, em uma feira, foi organizada uma Exposição Toda-Rússia.[5] Durante o período soviético, a cidade se transformou em um importante centro industrial. Em particular, a fábrica de automóveis Gorky foi construída neste período. Em seguida, a cidade recebeu o apelido de "Detroit russa". Durante a Segunda Guerra Mundial, Gorky se tornou o maior fornecedor de equipamentos militares para a Frente Oriental. Devido a isso, a Luftwaffe constantemente bombardeou a cidade do ar. A maioria das bombas alemãs cairam na área da fábrica de automóveis Gorky.[6] Embora quase todos os locais de produção da usina tenham sido completamente destruídos, os cidadãos de Gorky reconstruíram a fábrica após 100 dias.

Após a guerra, Gorky se tornou uma "cidade fechada" e permaneceu assim até a dissolução da União Soviética, em 1990.[2][7] Naquela época, a cidade foi renomeada Nijni Novgorod novamente. Em 1985, o metro foi aberto. O Kremlin - o principal centro da cidade - contém as principais agências governamentais da cidade e do Distrito Federal do Volga.

História[editar | editar código-fonte]

Nijni Novgorod foi fundada pelo príncipe Yuri II de Vladimir em 4 de fevereiro de 1221.[2]

Em 1341, após a morte de Ivan Kalita, Khan Usbeque dividiu os principais territórios do nordeste da Rússia. Parte da terra, que incluía Níjni Novgorod, Gorodets e Unzha, tornou-se propriedade do Príncipe Suzdal Konstantin. Um principado independente de Nijni Novgorod-Suzdal foi formado, que ocupou um vasto território.

No ano de 1377, a Horda Dourada atacou Nijni Novgorod. Na batalha no rio Pyana, o exército russo sofreu uma severa derrota do príncipe Horda Arapsha. Dmitry de Suzdal, que permaneceu sem tropas, fugiu para Suzdal. O exército de Nijni Novgorod fugiu para a vizinha Gorodets. Em 5 de agosto de 1377, o exército da Horda conquistou Nijni Novgorod. A cidade foi queimada. Um ano depois, em 24 de julho de 1378, a cidade foi reconquistada.[8]

Em 1392, Basílio I de Moscou recebeu um jarlig do Principado de Nijni Novgorod-Suzdal e conquistou Nijni Novgorod. A adesão final do principado às possessões de Moscou ocorreu no final da década de 1440.

Após a ocupação moscovita pelos polacas em 1611, os cidadãos organizaram um exército para libertar Moscou, liderados por Kuzma Minin e o príncipe Dmitry Pozharsky. Durante o Império Russo, em 1817, Nijni Novgorod se tornou a principal cidade comercial do país. Em 1896, a cidade sediou a maior exposição All-Rússia. Na era soviética, Nijni Novgorod foi renomeada Gorky, em homenagem ao escritor Máximo Gorki.[2] Então era o centro industrial da União Soviética. Durante a Segunda Guerra Mundial, a cidade enviou para a frente uma enorme quantidade de equipamento militar e munição. Portanto, a aviação alemã bombardeou a cidade por 3 anos. Após a dissolução da União Soviética, a cidade foi renomeada para Nijni Novgorod.[2] Na Rússia, a cidade tornou-se um centro político e a capital do Distrito Federal do Volga. Agora a cidade é o centro da tecnologia da informação e desenvolve o turismo.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Nijny Novgorod está localizada na confluência de duas estradas fluviais principais da parte europeia da Rússia, os rios Volga e Oka. A cidade é dividida pelo Oka em duas partes: a parte alta, a leste, localizada na margem direita do Oka e o rio Volga no extremo noroeste do planalto do Volga, nas montanhas de Dyatlov; e a oeste (ao longo da margem esquerda do Oka e a margem direita do Volga), de baixa altitude. A confluência do Oka é o centro geográfico da Planície europeia oriental.[9]

A área da cidade é de 410,68 km² de acordo com várias fontes,[10][11] ou 466,5 km² de acordo com outras informações.[12] A cidade se estende ao longo do rio Oka 20 km e ao longo do rio Volga a 30 km. Dentro da cidade há 33 lagos e doze rios.[13]

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima na região é continental, especificamente continental úmido (Dfb), e é semelhante ao clima de Moscou, embora mais frio no inverno, que dura do final de novembro até o final de março com uma cobertura permanente de neve. As temperaturas médias variam de +19 °C em julho a −9 °C em janeiro.

Uma temperatura máxima de +38,2 °C foi registrada durante a onda de calor no Hemisfério Norte em 2010.

Dados climatológicos para Nijni Novgorod
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima recorde (°C) 5,7 7,0 17,3 26,3 32,5 36,3 38,2 38,0 31,0 24,2 13,8 8,5 38,2
Temperatura máxima média (°C) -5,9 -5,3 1,2 10,9 18,7 22,6 24,7 22,1 15,6 8,0 -0,5 -4,7 8,9
Temperatura média (°C) -8,9 -8,7 -2,6 6,1 12,9 17,2 19,4 16,9 11,1 4,7 -2,8 -7,4 4,8
Temperatura mínima média (°C) -11,6 -11,7 -5,8 2,1 7,9 12,6 14,8 12,6 7,6 2,1 -4,8 -9,9 1,3
Temperatura mínima recorde (°C) -41,2 -37,2 -28,3 -19,7 -6,9 -1,8 4,6 0,9 -5,5 -16,0 -29,4 -41,4 -41,4
Precipitação (mm) 47 38 37 36 46 76 73 69 61 64 55 55 657
Dias com precipitação 5 4 5 13 17 19 18 18 18 18 10 6 151
Dias com neve 28 24 18 7 1 0,1 0 0 1 8 20 26 133
Umidade relativa (%) 86 81 74 64 60 69 70 74 79 82 87 86 76
Horas de sol 43 79 145 196 275 287 280 238 152 81 38 25 1 839
Fonte: Pogoda.ru.net[14]
Fonte #2: NOAA (sol, 1961–1990)[15]

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

Nijni Novgorod encontra-se geminada com as seguintes cidades:

Esporte[editar | editar código-fonte]

A cidade de Nijni Novgorod é a sede do Estádio Lokomotiv e do FC Lokomotiv Nijni Novgorod, que participou do Campeonato Russo de Futebol.[16] Outros clube da cidade foram o FC Volga Nijni Novgorod, o FC Spartak Nijni Novgorod e o FC Torpedo NN Nijni Novgorod.[17] Existiu outro clube na cidade, o FC Nijni Novgorod, que posteriormente se fundiu com o FC Volga e mandava seus jogos no Estádio do Norte.[18]

Em 2018, a cidade foi uma das sub-sedes da Copa do Mundo de Futebol, o Estádio de Nijni Novgorod recebeu seis partidas no torneio.

Galeria[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nijni Novgorod

Referências

  1. «Нижний Новгород – Столица Поволжья и "карман России" | www.Nischni-Nowgorod.ru». www.nischni-nowgorod.ru (em alemão). Consultado em 31 de julho de 2017. 
  2. a b c d e Decree of October 22, 1990, Article 1
  3. «General information». admgor.nnov.ru (em russo). Consultado em 4 de fevereiro de 2018. 
  4. Владимир Кучин (2018). Десять веков Нижегородского края. 1152—2018. 3. [S.l.]: Издательские решения. ISBN 978-5-4490-6270-3 
  5. «Sobre a feira». O sítio da União Russa de mostras e feiras. Consultado em 6 de fevereiro de 2011.  (em inglês)
  6. Kiryanov, Igor (1971). History of Gorky (em russo). [S.l.]: The Volga-Vyatka Book Publishing House 
  7. Осипов А. В. Органы государственной безопасности Горьковской области в 1953—1990 годах // Из истории Нижегородских спецслужб. — т. 2 — гл. 5
  8. «Spiritual letters of the Moscow princes. Electronic library of the Faculty of History of Moscow State University». www.hist.msu.ru (em russo). Consultado em 26 de julho de 2017. 
  9. Нижний Новгород: 785 вопросов и ответов 3-е изд ed. Nizhni Nóvgorod: Кварц. 2007. pp. 8, 9, 35, 174, 178, 180, 288. ISBN 978-5-903581-08-5 
  10. Федеральная служба государственной регистрации, кадастра и картографии. Доклад О состоянии и использовании земель Нижегородской области в 2010 году. Приложение 10. стр. 136
  11. БД ПМО Нижегородской области. Город Нижний Новгород
  12. Генеральный план города Нижнего Новгорода. Пояснительная записка стр. 4
  13. Г. А. Юлова, А. Г. Охапкин, Н. А. Старцева (2003). «Экологическое состояние малых водных объектов г. Нижнего Новгорода». ННГУ им. Н.И Лобачевского. Consultado em 21 de agosto de 2008.. Cópia arquivada em 21 de agosto de 2011 
  14. «Pogoda.ru.net» (em russo). Weather and Climate (Погода и климат). Consultado em 10 de dezembro de 2015. 
  15. «Gorkij (Nijni Novgorod) Climate Normals 1961-1990». Administração Oceânica e Atmosférica Nacional. Consultado em 8 de abril de 2015. 
  16. http://www.rsssf.com/tablesr/rus92.html
  17. http://www.rsssf.com/tablesr/rus98.html
  18. http://www.rsssf.com/tablesr/rus2012.html