FIFA 18

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
FIFA 18
Capa oficial do jogo, com Cristiano Ronaldo.
Desenvolvedora(s) EA Canada
EA Romênia
Publicadora(s) EA Sports, Electronic Arts
Licença FIFA
Motor Frostbite Engine (Somente para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One)
Plataforma(s) Microsoft Windows
Nintendo Switch
PlayStation 3
PlayStation 4
Xbox 360
Xbox One
Série FIFA
Data(s) de lançamento
  • INT 1 de novembro de 2017
Gênero(s) Esporte/Simulação
Modos de jogo Um jogador, multijogador, Coop, Online
FIFA 17
FIFA 19

FIFA 18 é um jogo eletrônico de futebol desenvolvido e publicado pela EA Sports, que foi lançado mundialmente em 1 de Novembro de 2017. Este é o vigésimo quinto título principal da série FIFA e o segundo a usar o mecanismo de jogo da Frostbite para Xbox One, PS4 e PC.

No dia 30 de Abril de 2018, o jogo ganhou um Pacote de expansão para a Copa do Mundo 2018. Foi a primeira vez que a franquia FIFA Soccer não ganhou um jogo eletrônico exclusivo para a Copa.[1]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Assim como seu antecessor, o jogo destaca um modo de campanha para um jogador intitulado A Jornada (semelhante ao modo MyCareer na série NBA 2K), onde os jogadores assumem a posição de Alex Hunter, um jovem futebolista tentando deixar sua marca na Premier League.[2] O jogador será capaz de selecionar qualquer um dos 20 clubes da Premier League para jogar no início da temporada. O modo de história também apresenta uma roda de diálogo onde as decisões tomadas durante o jogo interferem diretamente na reação dos outros personagens da história.

Desta vez, além de Alex Hunter, será permitido ao player poder jogar este modo com uma futebolista feminina. O jogador assume o controle de Kim Hunter, a jovem meio-irmã norte-americana do protagonista Alex Hunter, em sua estreia na US National Team, a seleção de futebol dos EUA. É a primeira vez que um personagem feminino pode ser controlado nesse tipo de modo.[3]

The Journey - A volta de Hunter[editar | editar código-fonte]

O modo The Journey retorna ao FIFA 18, depois de sua primeira aparição no FIFA 17. O modo ganhou novidades como a customização do personagem e as decisões chaves, que podem alterar o final da história.

A Jornada começa em uma favela do Rio de Janeiro, onde o protagonista Alex Hunter seu melhor amigo Danny Williams jogam uma partida em um campinho. Após o jogo, Hunter retorna à Inglaterra para treinar no time escolhido pelo player no FIFA anterior. Eis então que Alex precisa tomar sua primeira decisão chave. Ele pode dizer à seu assistente, Butler, que está ou não em forma. Se ele responder não, ele terá que fazer uma série de treinos antes de fazer um coletivo. Se ele responder sim, ele irá direto ao coletivo. O time dele então viaja aos Estados Unidos para disputar um torneio de pré-temporada. Ele enfrenta nas semi finais o Real Madrid, no próximo jogo o Bayern ou LA Galaxy, e depois ele disputa um amistoso em Chicago contra a seleção da MLS. Nos EUA ele se reencontra com o pai, Harold Hunter, que ele havia visto pela última vez alguns meses antes, quando Alex tinha sido campeão da FA Cup. Eles reatam e começam a se falar mais.

Voltando para casa, Hunter recebe uma notícia bombástica de seu empresário, Michael Taylor. Ele diz que está negociando uma transferência de Alex com um representante do Real Madrid. O avô do garoto, Jim, encoraja Alex a recusar a proposta, pois ele ainda é muito novo pra jogar em um dos maiores clubes do mundo. O neto insiste e diz que esse é o seu sonho de infância. Junto ao empresário eles fazem um pedido de transferência ao clube. Os jogadores e a torcida ficam sabendo disso e repudiam Hunter, tanto que a torcida o vaia durante uma partida. Chega o último dia da janela de transferências e Alex é surpreendido quando Michael aparece desesperado em sua casa pedindo que entre em seu carro. Hunter então descobre que a negociação com o Real fracassou, pois o tal negociante era na verdade um golpista que enganou Michael. Eles então vão ao clube de Alex e uma mulher chamada Susan explica que o próprio jogador forçou a saída, e se ele continuar na equipe, terá que treinar com os atletas da base. No fim da noite, Alex discute com Michael, que admite ter feito isso pra tentar ficar em evidência, após as falhas na negociação com Gareth Walker. Alex então precisa tomar outra decisão chave. Ele pode demitir Michael (se Alex fizer isso o pai passa a ser o empresário) ou deixá-lo como seu empresário. Alex recebe uma ligação do pai, que está ao lado do jogador Zardes e do assistente técnico Gonzalez, do Galaxy, e eles o convidam para jogar na equipe. Vendo que seria melhor que treinar com os atletas da base, Alex aceita.

Na sua apresentação ao Galaxy, uma menina invade seu vestiário. Ele descobre depois que essa menina é sua irmã, chamada Kim Hunter. Kim joga futebol profissional, e chega a ser convocada pra um amistoso contra a Alemanha, que Alex pode assistir com o ex jogador Henry. As coisas andam bem no Galaxy e o time é campeão da MLS. Nas férias de janeiro, Alex se reencontra com Danny e chegam a jogar em um campo onde jogaram quando criança. Até que seu empresário (seu pai ou Michael) chega com propostas de três grandes equipes: Bayern, Atlético de Madrid e PSG.

Após escolher o time, Hunter se surpreende ao saber que o assistente técnico é "Dino", seu assistente na época que Alex estava na Championship. Hunter recebe a oportunidade de escolher um jogador para fazer uma grande dupla (Pode variar entre Griezmann, Dele Alli, Muller, dentre outros). Alex começa a jogar bem, até que durante uma partida ele tem uma grave lesão no joelho e fica fora de combate durante um tempo. Durante o tempo que Alex está lesionado, o jogador pode escolher jogar com Danny, que está em baixa no seu time. A equipe dele chega a final da Carabao Cup contra o time de Walker. Williams o derrota.

Após retornar de lesão, o time de Alex passa por uma má fase, o que pode custar o cargo de Dino. O último objetivo é ganhar a liga ou a copa. Se isso ocorre, Dino agradece Alex e permanece no cargo. Mas, se a equipe for derrotada, Dino irá ser demitido e se despedirá de Alex. Após o fim da história, Alex está com a família em um restaurante de Los Angeles, quando uma mulher chamada Beatriz o liga perguntando se ele quer jogar no Real Madrid. A cena acaba e o desfecho final da história ocorre no FIFA 19

Elenco de Dublagem The Journey - Brasil

  1. Alex Hunter: Vágner Fagundes
  2. Kim Hunter: Flora Paulita
  3. Danny Williams: Bruno Sangregório
  4. Jim Hunter: Tatá Guarnieri
  5. Howard Hunter: Milton Levy
  6. Catherine Hunter: Suzete Piloto
  7. Michael Taylor: Marcelo Salsicha[4]

Ligas[editar | editar código-fonte]

São as mesmas ligas do FIFA 17, com a única adição da 3. Liga, a terceira divisão da Alemanha.[5]

1Possui apenas 16 equipes; Corinthians, Flamengo, Vasco e Bahia estão ausentes por questões de licenciamento. Pela mesma razão, todos os jogadores possuem nomes fictícios.

Equipes[editar | editar código-fonte]

De novo tivemos a volta do AEK Atenas e do Sparta Praga, além de três novas seleções: Arábia Saudita, Islândia e a volta da Nova Zelândia, no masculino e no feminino de forma inédita no jogo, totalmente licenciadas.[6]

Equipes do resto do mundo[editar | editar código-fonte]

Seleções masculinas[editar | editar código-fonte]

África (CAF)

Ásia (AFC)

Europa (UEFA)

América do Norte, Central e Caribe (CONCACAF)
América do Sul (CONMEBOL)
Oceania (OFC)

Seleções femininas[editar | editar código-fonte]

Estádios[editar | editar código-fonte]

Nesta edição do jogo foi perdida a licença do Mestalla e do Signal Iduna Park, que foram para o PES 2018, porém, temos a adição de quatro novos estádios: Kirklees Stadium, StubHub Center, The AMEX Stadium e o Wanda Metropolitano.[7]

Os estádios em destaque são novos no jogo.

  • Japão Japão
    • Suita City Football Stadium (Gamba Osaka)

1Estádios exclusivos do modo FIFA World Cup.

Estádios fictícios[editar | editar código-fonte]

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora completa do jogo foi anunciada no dia 13 de setembro de 2017.[8]

Pacotes de expansão[editar | editar código-fonte]

EA Sports' FIFA 18 World Cup[editar | editar código-fonte]

EA Sports' FIFA 18 World Cup
Desenvolvedora(s) EA Canada
Publicadora(s) EA Sports
Licença FIFA
Motor Frostbite Engine
Plataforma(s) Microsoft Windows
Nintendo Switch
PlayStation 4
Xbox One
Série FIFA
Data(s) de lançamento 30 de abril de 2018
Gênero(s) Jogo Eletrônico de Esporte (Futebol)
Modos de jogo Um jogador, multijogador, Coop, Online
2014 FIFA World Cup Brazil

No dia 30 de Abril de 2018, o jogo ganhou um Pacote de expansão exclusivo da Copa do Mundo da Russia-2018, intitulado EA Sports' FIFA 18 World Cup[9]. Foi a primeira vez que a franquia FIFA Soccer não ganhou um jogo eletrônico exclusivo para a Copa do Mundo.[10]

Além de trazer todos os estádios e seleções que participam do mundial (e mais 17 que não foram classificadas), o modo conta com um novo Ultimate Team, apenas com atletas das equipes da competição. Assim, o modo da Copa do Mundo conta com seus próprios Desafios de Montagem de Elencos.[10] Porém, conforme os desenvolvedores do game, como não se trata de um jogo novo e sim de um DLC, o jogo preserva os gráficos e a jogabilidade do Fifa 18, sem melhorias.[11] Contudo, essa não foi a sensação dos jogadores, para os quais essa DLC afetou o jogo-base, deixando-o mais lento, diminuindo a efetividade de dribles e passes e aumentando a efetividade dos chutes de longe. Segundo Andrei Lazarescu, um dos produtores do game, há duas razões para essa percepção. A primeira é que os atletas que estão nas seleções do mundial receberam uma atualização de seus atributos, o que pode ter deixado os atletas do mundial mais lentos e com menos potência no passe e drible. A segunda razão apontada por ele é a atmosfera criada pela atualização, diferente do jogo-base, com nova iluminação, projeto gráfico e estádios.[12]

O pacote traz ainda 5 técnicos, a saber: Joachim Löw (Alemanha), Carlos Queiroz (Irã), Stanislav Tchertchesov (Russia), Vahid Halilhodžić (Japão, embora o atual treinador da seleção seja Akira Nishino) e Tite (Brasil). O visual do técnico Tite nesta atualização, acabou virando meme da internet, por ter ficado um tanto quanto estranho e nada parecido com a realidade[13].

O modo adiciona ao jogo as seguintes seleções, classificadas para a Copa mas ausentes no jogo-base:

Além disto, as outras seleções do torneio que possuíam uniformes genéricos no jogo-base (Colômbia, Egito, Peru, Portugal, Rússia, Suíça e Uruguai) passam a trazer os uniformes oficiais.

As 17 seleções extras que não se classificaram para a Copa do Mundo da Russia-2018, mas que estão incluídas neste pacote são[14]:

Referências

  1. techtudo.com.br/ FIFA 18: Copa do Mundo chega hoje; saiba tudo sobre o DLC
  2. «FIFA 17 - The Journey - EA SPORTS - Official Site». www.easports.com. Consultado em 14 de junho de 2016 
  3. espn.uol.com.br/ "FIFA 18" traz pela primeira vez uma personagem feminina controlável em um modo História
  4. «Elenco de dublagem do FIFA 18» (em inglês). Consultado em 28 de novembro de 2018 
  5. «FIFA 18 - All Leagues and Teams». Electronic Arts Inc. EA Sports Official Site. Consultado em 21 de setembro de 2017 
  6. «FIFA 18 - All Leagues and Teams». Electronic Arts Inc. EA Sports Official Site. Consultado em 21 de setembro de 2017 
  7. «FIFA 18 - New Stadiums». Electronic Arts Inc. EA Sports Official Site. Consultado em 21 de setembro de 2017 
  8. «FIFA 18 - SOUNDTRACK». www.easports.com. Consultado em 29 de setembro de 2017 
  9. goal.com/ FIFA 18 World Cup video game: When is it released, how to download for free & Ultimate Team details revealed
  10. a b techtudo.com.br/ FIFA 18: confira dicas para mandar bem no modo Copa do Mundo
  11. gauchazh.clicrbs.com.br/ Novo formato, jogadores históricos e ausência de Geromel: Fifa 18 ganha atualização especial da Copa
  12. espn.com.br/ Jogadores acreditam que atualização do mundial afetou a jogabilidade de FIFA 18
  13. sportv.globo.com/ Fifa 18: visual de Tite no game chama a atenção e vira meme na internet
  14. espn.com.br/ Além dos 32 países classificados, confira quais seleções farão parte da Copa do Mundo de FIFA 18

Ligações externas[editar | editar código-fonte]