Palácio do Conde de Podentes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Palácio do Conde de Podentes
Nomes alternativos Hospício de Podentes
Estilo dominante Barroco
Construção Século XVII
Património Nacional
SIPA 29191
Geografia
País Portugal Portugal
Local Condeixa-a-Nova
Coordenadas 40° 06' 33.8" N 8° 29' 44.6" O
Localização em mapa dinâmico

O Palácio do Conde de Podentes, igualmente conhecido como Hospício de Podentes, é um edifício histórico em Condeixa-a-Nova, no distrito de Coimbra, em Portugal.[1]

Está situado na Rua Dr. Simão da Cunha, em Condeixa-a-Nova.[1][2]

Descrição e história[editar | editar código-fonte]

O imóvel consiste numa casa abastada, conservando ainda traços da sua construção original seiscentista.[1] Integra-se principalmente no estilo barroco.[1] O complexo tem uma planta de forma irregular, composta por vários elementos de um e dois pisos, rodeando um pátio interior.[1] O palácio tem as fachadas pintadas e rebocadas, com cunhais apilastrados nos cantos, sendo os registos divididos por frisos.[1] Na fachada principal abrem-se várias portas e janelas, apresentando vários tipos de molduras, destacando-se as janelas de sacada, cujas varandas apresentam gradeamentos elaborados.[1] As fachadas são rematadas por frisos, cornijamento e beiral.[1] As coberturas são de forma diferenciada, apresentando várias configurações, com duas, três e quatro águas.[1] Destacam-se os painéis de azulejo, tanto no interior do edifício como nos jardins.[3] É um dos vários palácios presentes em Condeixa-a-Nova, testemunhos de um período de instalação de famílias nobres na vila a partir do século XVII, por se encontrar num ponto importante do percurso entre Lisboa e Coimbra.[4]

O edifício foi construído no século XVIII, tendo sido inicialmente um convento de frades antoninos franciscanos, que tinha como principal finalidade acolher religiosos que sofriam de problemas psiquiátricos.[3] Deixou de funcionar como convento em 1834, na sequência do processo da Extinção das ordens religiosas,[1] embora a sua antiga função tenha permanecido na memória popular, sendo conhecido como hospício.[3] Em 1842 o imóvel foi comprado pelo médico liberal Jerónimo Dias Azevedo Vasques de Almeida e Vasconcelos, Conde de Podentes,[3] motivo pelo qual passou a ficar conhecido como Palácio do Conde de Podentes.[1] Após a sua conversão em palácio, foi visitado por membros da família real, incluindo D. Pedro V e D. Luís I.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l MATIAS, Cecília (2010). «Hospício de Podentes / Palácio Conde de Podentes». Sistema de Informação para o Património Arquitectónico. Direcção-Geral do Património Cultural. Consultado em 15 de Maio de 2022 
  2. Localização e imagem no Google Maps
  3. a b c d «Palácio do Conde de Podentes». Palácios. Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova. Consultado em 15 de Maio de 2022 
  4. «Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova». Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra. Consultado em 18 de Maio de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.