Paço dos Henriques

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Camera-photo.svg
Ajude a melhorar este artigo sobre Arquitetura ilustrando-o com uma imagem. Consulte Política de imagens e Como usar imagens.

O Paço dos Henriques ou Paço Real da Vila, localizado em Alcáçovas, foi a residência real de Portugal no século XIV, onde se realizaram os casamentos dos pais de D. Manuel I de Portugal e da rainha Isabel I de Castela, a Católica. Nele, D. João II de Portugal redigiu o seu testamento a 20 de Setembro de 1495.

O acontecimento que mais marcou este palácio foi a assinatura do Tratado de Alcáçovas a 4 de Setembro de 1479 e que é considerado o primeiro acto de globalização.

Nada resta do original palácio do século XIV, que com o passar do tempo se foi adaptando às suas realidades: Palácio Real; Casa Nobre; Solar dos Henriques e de outras famílias nobres da terra e, finalmente, espaço público.

Após um longo período de degradação, foi reabilitado em 2016-2017.

Está classificado pelo IGESPAR, como Imóvel de Interesse Público desde 1993.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.