Panzer 35(t)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «Panzer 35(t)» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (março de 2016)
Panzerkampfwagen 35(t)
Panzer-35.jpg
Tipo Carro de combate leve
Local de origem  Tchecoslováquia
História operacional
Em serviço 1936-50?
Utilizadores  Alemanha Nazista
 Bulgária
 Eslováquia
 Hungria
Guerras Segunda Guerra Mundial
Histórico de produção
Data de criação 1934-36
Fabricante Škoda Works
Período de
produção
1936-40
Quantidade
produzida
434
Variantes T-11, TACAM R-2
Especificações
Peso 10 500 kg (23 100 lb)
Comprimento 4,90 m (4 900 mm)
Largura 2,06 m (2 060 mm)
Altura 2,37 m (2 370 mm)
Tripulação 4
Blindagem do veículo 35 mm (1,4 in)
Armamento
primário
Canhão de 370 mm (14,6 in)
Armamento
secundário
2 x metralhadoras de 7,92 mm (0,312 in)
Motor Škoda T11/0 de quatro cilindros refrigerado a água
120 hp (89,5 kW)
Peso/potência 11 hp/ton
Transmissão 6x6
Suspensão Suspensão de lâminas
Capacidade de combustível 153 l (40,4 US-gal)
Alcance
Operacional
190 km (118 mi)
Velocidade 34 km/h (21,1 mph)

O Panzerkampfwagen 35(t), geralmente abreviado para Panzer 35(t) ou abreviado como Pz.Kpfw. 35(t), era um tanque leve tchecoslovaco, da série de tanques panzer, usado principalmente pela Alemanha Nazista durante a Segunda Guerra Mundial.

A letra (t) representava tschechisch (alemão: "Tcheco"). No serviço da Checoslováquia teve a designação formal Lehký Tank vzor 35, que traduzido para o português significa "Tanque Leve Modelo 1935", mas era comumente referido como o LT vz. 35 ou LT-35.

Foram construindo apenas 434 unidades, dos quais os alemães apreenderam 244 quando eles ocuparam a Boêmia-Morávia em março 1939 e os eslovacos adquiriram 52 quando eles declararam a independência da Tchecoslováquia, ao mesmo tempo.

Outros foram exportados para a Bulgária e Romênia. Serviu a Alemanha durante os primeiros anos da Segunda Guerra Mundial, como a invasão da Polônia, a Batalha da França e a Invasão da União Soviética, antes de serem aposentados ou vendidos em 1942. Foi utilizado pelo resto da guerra por outros países e, como um tanque de treinamento na Bulgária em 1950.

Ícone de esboço Este artigo sobre Veículos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Segunda Guerra Mundial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.