Tiago Real

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde maio de 2013)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Tiago Real
Informações pessoais
Nome completo Tiago Real do Prado
Data de nasc. 26 de janeiro de 1989 (29 anos)
Local de nasc. Curitiba, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,72 m
Ambidestro
Informações profissionais
Clube atual Ponte Preta
Número TBA
Posição Meio-Campista
Clubes de juventude
20052008 Coritiba
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20092010
20112012
20122017
2013
2014
2015
2016
2017
2018
Coritiba
Joinville (emp.)
Palmeiras
Náutico (emp.)
Goiás (emp.)
Bahia (emp.)
Vitória (emp.)
Coritiba
Ponte Preta
0004 0000(0)
0052 0000(4)
0028 0000(6)
0029 0000(2)
0045 0000(1)
0060 0000(6)
0026 0000(1)
0035 0000(1)
0010 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 21 de maio de 2018.

Tiago Real do Prado, mais conhecido como Tiago Real (Curitiba, 26 de janeiro de 1989) é um futebolista brasileiro. Atua como meio-campista. Atualmente joga pela Ponte Preta.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira no Coritiba, sendo da mesma geração de base que Keirrison, Marlos, Willian Farias e Lucas Mendes. Na equipe principal, foi campeão paranaense e campeão brasileiro da Série B em 2010.

Joinville[editar | editar código-fonte]

Em 2011, foi emprestado ao Joinville, onde foi um dos destaques da equipe, ajudando o clube a conquistar o Campeonato Brasileiro da Série C, e alcançar o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro.

Palmeiras[editar | editar código-fonte]

Após sua boa campanha no ano anterior, em 2012, 50% de seu passe é vendido ao Palmeiras por 1 milhão de reais.

Náutico[editar | editar código-fonte]

Em 2013, foi emprestado ao Náutico.

Goiás[editar | editar código-fonte]

Em 2014, foi emprestado ao Goiás, onde foi vice-campeão goiano.

Bahia[editar | editar código-fonte]

Em 2015, foi emprestado ao Bahia, onde foi campeão baiano e vice-campeão da Copa do Nordeste.

Coritiba[editar | editar código-fonte]

Em 2017, retorna ao Coritiba, seu clube formador e detentor de 50% de seu passe, após seu contrato de 4 anos com o Palmeiras terminar.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Coritiba
Joinville
Bahia
Vitória
Ponte Preta

Referências